EDITORIAS
Boas histórias de viagem por um casal de jornalistas
 

O início de um sonho no sul da Itália

 lambrettaEmbarcamos para a velho e querido mundo em agosto de 2012 com três grandes missões:

  • Curtir nossa lua de de mel;
  • Dar continuidade ao meu processo de cidadania italiana;
  • Pôr em prática uma das filosofias da nossa empresa (LondonPress): trabalhar de forma remota com a mesma entrega e comprometimento de sempre e e aproveitar os insights criativos que somente uma viagem dessas é capaz de proporcionar.

Após três dias muito bem curtidos em Milão, pegamos um trem rumo ao desconhecido sul, mais precisamente para Reggio di Calabria.

Após uma deliciosa viagem de quase 10h, desembarcamos na capital da Calábria, cidade com pouco mais de 200 mil habitantes. Eu estava ansioso para provar o que eu imaginava que seria a melhor porção de calabresa do mundo.

Grande decepção constatar que a calabresa acebolada é coisa de boteco brasileiro e ponto final. Por lá, “só” mesmo a pimenta e algumas “singelas” iguarias gastronômica, em sua maioria vindas do mar mediterrâneo.

O que você vai ver no sul da Itáila

Muito sol (mesmo), temperaturas raramente abaixo dos 30º (no verão), lindas praias de pedra com águas mornas e cristalinas, vilarejos históricos, uma gente boa demais e comida italiana em sua melhor forma e sabor. Pra quê mais?

Hoje, damos início a série de posts sobre nossa aventura de 30 dias na “nem tão gigante que só dorme” Reggio Calabria, na paradisíaca Scilla e algumas outras preciosidades como Tropea, Capo Vaticano, Gioiosa Ionica e Taormina, esta na Sicilia.

pes

Alguns números sobre o turismo na Itália

A curiosidade jornalística me “convidou” a buscar alguns dados que pudessem comprovar o que eu imaginava: a pouca atenção que a Calábria recebe pelos gringos.

A Itália é o quinto país que mais recebe turistas no mundo. Os dados mais recentes foram divulgados pela World Tourism Barometer (UNWTO) em junho de 2012 e apontam que mais de 43 milhões de terráqueos pisaram em solo italiano em 2010.

Destes, míseros 0,47% tiveram a Calábria como destino. A região é a 17ª do top 20 do país no ranking de visitação. Pouco mais de 200 mil pessoas estiveram lá em 2010. A líder é Vêneto, puxada por Veneza.

É difícil de acreditar que tão pouca gente conheça esse paraíso inexplorado.

É difícil de acreditar que tão pouca gente conheça esse paraíso

Mas sejamos justos

Concorrer com Roma, Veneza, Firenze, etc, etc, etc, é um páreo duríssimo. Sorte sua que está aqui. Vai conhecer lugares que vão certamente entrar na sua lista de “pra ver antes de morrer”.

O roteiro que sugerimos contempla quatro praias nas costas leste e oeste da Calábria e um vilarejo com vista para o Etna na Sicília.

Você vai nadar com peixinhos e fugir das águas-vivas, comer deliciosos cornetos (croissants) no café da manhã, se esbaldar com os tradicionalíssimos mariscos, peixes-espada, lagostas e outros pratos da gastronomia local. Além de beber muito vino e se encantar por um povo muito foda que não vê razão para não sorrir para os privilegiados viajantes que põem os pés em sua terra.

Isso existe, acredite!

Isso existe, acredite!

No próximo post vamos falar mais sobre Scilla, uma praia situada há meia hora de carro de Reggio Calabria. Passamos alguns dos melhores dias de nossas vidas nesse paraíso.

Até lá!

Se você quiser ver mais números sobre o turismo na Itália acesse o site da Agenzia Nazionale del Turismo.

Dê vida ao Pra Ver em Londres. Comente!

Written by

Jornalista, autor do Pra Ver Em Londres e empreendedor digital. Vejo o home office como um estilo de vida, faço parte da revolução da bicicleta e acredito que morar em países diferentes de tempos em tempos é fundamental.

Latest comments
  • Parabéns!! Que post bacana, deu até vontade de ir!!!

    • Obrigada, Flávia. :)
      O objetivo é esse mesmo. Deixar todo mundo morreeeendo de vontade de ir. hehe

      Beijoo

  • Estou ansiosa para esta série de postossss!!! Bjos ao casal!!

    • Ebaeba. Bom saber que vai acompanhar, amiga. :)
      Espero que consigamos despertar em você e no Manoel a vontade de conhecer esse canto lindão da Itália.

      Beeijo

  • Ok, tico e teco estao lentos – li o post mas nao vi o nome do lugar da ultima foto. Voces ainda vao falar dele, eh isso? Porque tenho perguntas, muitas: a agua eh gelada? essa moca toda fit eh voce, Nah? onde fica esse lugar? Preciso colocar na lista das proximas viagens de verao da familia.

    • hahahaha
      É Scilla, amore. Vamos falar muuuito de Scilla nos próximos posts e prometemos responder tooodas as perguntas. :)
      Poderia até reuni-las aqui já procê, mas num quero dar spoiler e quero garantir sua companhia nos próximos posts. De acordo?

      Well, a moça sou eu sim. Aliás, tô morrendo de vergonha por estar toda exposta desse jeito aqui (porque acredito que o “fit” são seus olhos. hehe), mas é que precisávamos mostrar que mergulhar com peixinhos lá é bom demaaaaais. ;)

      Sisisi, trate de colocar na programação. Vale MUITO a pena. :)

      Beijobeijo

LEAVE A COMMENT