Hampstead Heath para curtir o verão em Londres

O fim de semana que terminou ontem foi lindo aqui em Londres. Solzão, calor digno de Brasil e dias quase que intermináveis (até 21h30 ainda está claro e 4h da matina já tem sol). Por isso, abandonamos vocês e curtimos um dos programas preferidos dos ingleses (e nosso): o dia no parque.

Peço desculpas pelo abandono, mas, como vocês vão ver, o passeio que fizemos ontem valeu muito a pena, e serve como dica para quem vem para cá. Antes mesmo de ler o texto, saiba: o Hampstead Heath é demais! =)

Bike + sol + parque = domingão feliz

Há alguns dias, o João escreveu para o nosso “landlord” (o dono da casa) perguntando se poderíamos usar as bikes dele enquanto ele não estiver em Londres (o cara mora na Espanha e só vem pra cá de vez em quando). Depois de dias, ele respondeu dizendo que elas eram nossas sempre que ele estiver em terras espanholas! =D

A alegria do casal foi tanta que decidimos na mesma hora que vamos começar a ir de bike pra escola (economizamos uma graninha e ainda queimamos umas calorias… maldita Nutella!), passear de bike… fazer tuudo de bike. E, para começar bem nossas aventuras sobre duas rodas, adoramos o convite da amiga Lara para passar o dia em Hampstead Heath, um parque que, segunda ela, todo mundo dizia que era maravilhoso.

Aperitivo... Pra você ter uma pequena ideia do que é o Hampstead Heath
Aperitivo… Pra você ter uma pequena ideia do que é o Hampstead Heath

 

Curtindo a cidade

Entramos no Google Maps (salve, salve), anotamos os 17 passos do trajeto da nossa casa até o parque (aproximadamente 10 quilômetros), pegamos as bikes e lá fomos nós.

Sério, andar de bike por Londres é muito bom. A cidade não é cheia de subidas e descidas (o que facilita para os novatos) e tem paisagens de tirar o fôlego OTEMPOTODO. Andamos por uma rua que parecia MUITO estar daquele jeito desde a Idade Média. Muito legal!

(Só que né, sem fotos do trajeto – segurança, né, peeps? 🙂

Além disso, as ruas são muito bem sinalizadas e o Google Maps acertou o caminho; em mais ou menos 30 minutos estávamos no tal do Hampstead Heath.

O parque

Quando entramos no parque e começamos a andar pelos gramadões, eu olhei para o João e disse: ah, é bonito, mas normal, né?

Só que a gente tinha visto muuuito pouco. Aos poucos o verdadeiro Hampstead Heath foi se revelando… e ele é sensacional! Tem quadras de tênis (quero uma raquete já!), pista de corrida, campo pra jogar qualquer esporte que quiser, uma piscina para a galera se jogar na água (as piscinas públicas aqui cobram pequenas taxas de manutenção), parquinho para as crianças e algo que eu nunca tinha visto antes: lagos de banho separados por sexo. Ou seja, tem lago pra mulher, lago pra homem e, é claro, lago misto. Impossível você não achar o melhor jeito para curtir o verão na cidade.

Mas o que impressiona mesmo é a vista. Dá pra ver boa parte de Londres estando lá. Com os amigos, comentamos que até dá a sensação de que a cidade nem é tão grande assim, já que vimos London Eye, St. Paul’s Cathedral, Pepinão (o tal prédio comercial que parece um pepino) tudo meio juntinho! =)

Na chegada, já vimos parte de uma deslumbrante vista, mas o melhor estava por vir... =)
Na chegada já vimos parte de uma deslumbrante vista, mas o melhor estava por vir… =)
Londoners e turistas curtem tudo o que o Hampstead Heath tem a oferecer em um dia lindo como o de ontem
Londoners e turistas curtem tudo o que o Hampstead Heath tem a oferecer em um dia lindo como o de ontem
boa
Boas companhias, sol, violão, caolor, parque, Londres. Não tinha como ser melhor!

E o melhor de tudo é que esse domingo delicioso é um tanto quanto econômico. A gente se divertiu com boas companhias, um violãozinho e alguns quitutes. Ou seja, você só gasta com os quitutes pro piquenique e, no máximo, com transporte – o que pra gente saiu de graça (viva as bikes!).

Fica a dica! 😉

Um beijo e até o próximo post,

Nah.

Como chegar

Metrô: Hampstead Underground Station (0.9 km) – Northern Line (preta)

Trem/Overground: Hampstead Station (0.9 km)

Parceiros

Booking.com

Siga-nos

5 thoughts on “Hampstead Heath para curtir o verão em Londres

  1. Q delícia Natasha! Adoro essa relação que os europeus tem com a bicicleta. Acho uma pena o Rio ainda não ter uma boa malha de ciclovias, mas quem sabe um dia de para fazer um passeio desses aqui com essa tranquilidade, ne?
    Abs

    1. Oi, Jéssica, pois é, sabe que em Curitiba eu também não me sinto segura e tranquila pedalando? Uma pena. O marido é bem ciclista e faz quase tudo de bike, mas pra mim as ciclovias em lugares “esquisitos”, o desrespeito dos motoristas e o clima da cidade (quem diz que em Londres só chove nunca passou uns dias em Curitiba. haha) fazem com que eu opte por sair menos de magrela do que gostaria. Uma pena. 🙁

      Tomara que a situação mude aqui e também aí no Rio. Com certeza pedalar é uma delícia, ainda mais quando é possível fazer isso de forma segura e tranquila.

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Beijo,
      Nah.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recentes

Primeiros dias em Bolonha em fotos e relatos

Nossos primeiros 15 dias em Bolonha nos fizeram entender por que a cidade é chamada de “a gorda, a vermelha e a erudita” e também serviram para a gente se encantar por diversos aspectos desse tesouro italiano. Vem descobrir do que eu tô falando!

Leia mais

NATASHA & JOÃO

Em 2010 fomos fazer um intercâmbio em Londres e lá nasceu o blog. De lá pra cá muita coisa mudou, menos a nossa vontade de explorar o mundo.

Assine nossa newsletter e receba dicas em primeira mão!