Quem é o turista brasileiro no Reino Unido?

Dia desses estava pensando sobre como seriam os números do turismo brasileiro no Reino Unido. Como jornalista curioso que sou fui atrás de dados oficiais sobre o perfil do viajante que sai de nosso país pra desbravar o país que é a razão deste blog existir.

Dei sorte! Encontrei um vasto material no site do Visit Britain, órgão de turismo oficial da Ilha.

Pausa pra um desafabo jornalístico.

O site deles é o sonho de consumo dos ratos da notícia. Há muitos, muitos dados, números, relatórios, gráficos. Tudo o que os jornaleiros sonham quando saem pra apurar suas pautas.

Abaixo, trago um resumão das infos que mais me chamaram a atenção.

Números

undergroundNos últimos cinco anos o Brasil ganhou 15 posições no ranking global de turistas no Reino Unido. Em 2007 ocupávamos a 37ª posição e hoje chegamos a 22ª. O crescimento no número de visitas foi de 97%. Nada mal, hã?

O UK é hoje o 8º país mais visitado por nós. Em 2012, dos 7,4 milhões de brasileiros que viajaram para o exterior 260 mil foram para a terra da Rainha.

Correspondemos a humildes 0,8% de todos os turistas que desembarcaram em solo britânico em 2012. Parece pouco, mas pra quem vê o copo meio cheio, o potencial de fazer esse número crescer é imenso. Os últimos anos deixam isso evidente.

E como apaixonados por Londres e toda a magia do Reino Unido que somos, suamos a camisa pra defender nosso lema que diz que todas as pessoas do mundo deveriam ir pra Londres pelo menos uma vez na vida. É sério! =)

 As cidades mais visitadas no Reino Unido

A grande maioria (60%) vai a Londres, claro. Mas Edinburgh, Oxford, Cambridge e Brighton & Hove completam o top five dos brazucas.

Liverpool não está na lista, mas é parada obrigatória. Ainda mais se você curte os Beatles
Liverpool não está na lista, mas é parada obrigatória. Ainda mais se você curte os Beatles

Perfil do turista brasileiro no Reino Unido

  • Os visitantes são predominantemente jovens e bem distribuídos entre homens e mulheres
  • Metade viaja em casal
  • A maioria está indo para o Reino Unido pela primeira vez
  • Seis em cada 10 viajantes dizem que se sentem extramemente propensos a recomendar o Reino Unido como um destino de férias
  • Em média 55% dos brasileiros dizem que irão visitar pubs. Well done!
  • Museus, galerias de arte e construções históricas despertam grande interesse
  • Fazer compras é a atividade favorita dos brasileiros

DSC_0057-2

Os maiores ícones britânicos para os brasileiros

  • Ônibus vermelhos
  • Castelo nas Highlands escocesas
  • A Rainha
  • Casas de pedra medievais (cottages)
  • Cabine telefônica
  • A bandeira britânica (Union Jack)
  • London Eye
  • Jogo de futebol
  • O interior verdejante
  • Chá
O litoral do UK é surpreendente
O litoral do UK é surpreendente

Lembro que todos esses dados são do Visit Britain. O site deles é um verdadeiro tesouro pra quem está buscando informações mercadológicas sobre o turismo no Reino Unido.

Você concorda? Diz aí o que você pensa a respeito dos ícones britânicos. Essa lista faz sentido pra você ou sentiu falta de algo? Estranhei demais o Big Ben não estar ali.

E a respeito do perfil, ele bate com o seu ?

DSC_0882-2

Queremos te conhecer mais

E já que estamos nesse papo sobre o perfil do viajante bolamos uma pesquisa pra saber mais sobre você. Afinal, esse blog só existe porque você nos lê.

É bem rapidinho, juro. Clique aqui para responder.

 

Parceiros

Booking.com

Siga-nos

14 thoughts on “Quem é o turista brasileiro no Reino Unido?

  1. Estranho mesmo o Big Ben nao estar ali. E a St Paul’s Cathedral. E o tamisa? O simbolo do metro? Acho que tem muito icone… Pra ser sincera, soh “reparei” no interior verdejante depois que ja estava aqui e passei a viajar mais de onibus e carro, mas antes de vir, nunca foi um “icone”. Alias, eu nem sabia que tinha tanto verde aqui (uma surpresa positiva).

    Fazer compras eh a atividade favorita do brasileiro em qualquer lugar do mundo, ne? hahaha Mas eu prefiro deixar isso pra uma viagem aos EUA (soh porque acho que tem TANTA coisa legal pra fazer aqui, que parece meio perda de tempo ficar pulando de loja em loja). Super interessante o estudo e varias perguntas me vem a cabeca…

    1. Acho que é justamente pela quantidade de ícones que a gente sente falta de tanta coisa, né, Chris? 🙂

      Mas, você tem razão, o interior eu só fui descobrir quando estávamos aí. Nem imaginava que fosse tão incrível. Mas depois da primeira viagem fiquei looouca para sair explorando tudo. É muita beleza, minha gente!

      Pow, nem me fale. Não entendo como fazer compras por aí pode ser mais interessante do que bater perna, por exemplo. haha
      Não sei se é porque EU não sou nada consumista, mas, gente, ir pra Londres e passar horas em shoppings? No comprendo!

      QUe bom que gostou de ver isso por aqui. Estamos pensando em trazer mais dados mais pra frente. 😉

      Beijones!

    1. Valeu, Pri! Tem tanta informação legal naqueles relatórios. É como falei no texto…esses dados são tudo o que um jornalista quer! Hehehe. Certamente vamos produzir mais posts com os dados do Visit Britain! =)

  2. Ótimo Post João, como sempre arrasando!
    Morei em Bournemouth, visitei Bath, Brighton, Southampton, fui a Londres algumas vezes e amo todos os ícones citados! Tanto a cosmopolita capital como a doçura do interior me encantam!
    Só fiquei triste em saber que compras é o passatempo preferido dos brasileiros… nossa, são tantas atrações pra ver e sentir ou simplesmente sentar na Trafalgar Square e admirar o dia-dia como disse a Helô Righetto… Se for pra comprar que seja nos markets, na Portobello Road ou em Camden Town, que são por si só uma experiência incrível!
    Adoro o blog!
    Abraços fraternos para toda nossa irmandade UK! rsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recentes

Primeiros dias em Bolonha em fotos e relatos

Nossos primeiros 15 dias em Bolonha nos fizeram entender por que a cidade é chamada de “a gorda, a vermelha e a erudita” e também serviram para a gente se encantar por diversos aspectos desse tesouro italiano. Vem descobrir do que eu tô falando!

Leia mais

NATASHA & JOÃO

Em 2010 fomos fazer um intercâmbio em Londres e lá nasceu o blog. De lá pra cá muita coisa mudou, menos a nossa vontade de explorar o mundo.

Assine nossa newsletter e receba dicas em primeira mão!