Sobre sorte, trabalho e realização de sonhos

Sentada no sofá da nossa nova casa em Londres, tomando uma xícara de chá e assistindo à BBC News, senti que precisava escrever este post.

Sobre sorte, trabalho e realizacao de sonhos

Poucos dias antes de embarcarmos novamente para cá, João estava conversando com uma prima minha, contando pra ela quais são os nossos planos para essa temporada por aqui, até que ouviu dela:

– Que legal. Tomara que dê tudo certo. Quer dizer, vai dar, porque desde criancinha a Nati (sim, minha família me chama de Nati, não de Nah! 🙂 sempre foi muito sortuda. Tudo que ela quis, aconteceu.

Quando ele me contou isso, parei para pensar. “Será mesmo que sou tão sortuda assim? Nunca pensei que fosse.”

É que pra mim, o fato de eu ter conquistado várias coisas bacanas até aqui, não é, nem de longe, fruto de sorte.

Claro que a sorte é uma aliada, mas ela jamais trabalhou sozinha…

Nunca ganhei na loteria. Jogava bingo na casa da minha vó com meus primos e irmãos e não completava a cartela com mais frequência que eles. Nunca ganhei uma viagem ou liquidificador em sorteio. Cadê a sorte, minha gente? haha.

Mas eu tive um programa de rádio quando era criança. Eu consegui os telefones de TODAS as atrizes de Chiquititas (e passei a falar com elas com frequência). Eu fui pra Buenos Aires visitar meus ídolos da infância (graças aos meus pais, que sempre apoiaram minhas “loucuras”. haha. #valeuDads #valeuMamadi). Eu trabalhei na Disney. Eu realizei meu sonho de morar em Londres (em quatro oportunidades diferentes). Minha carreira me levou para o lado do empreendedorismo, abri minha empresa e hoje sou muito feliz trabalhando no esquema home office, atendendo várias empresas suuuperbacanas e tendo o mundo como quintal. Eu me casei com o amor da minha vida. 🙂

Mas em todas essas vitórias (e em várias outras), a sorte foi apenas um fator complementar ao que considero o verdadeiro motivo para tudo isso ter acontecido: minha dedicação.

Para conseguir os telefones das Chiquititas, liguei um milhão de vezes (desculpa pelas elevadas contas telefônicas, mamadi! =/) na redação de vááárias revistas que entrevistavam as atrizes e os atores mirins que eu tanto amava. Certa vez, cansada daquela vozinha irritante do outro lado da linha, uma repórter resolveu me ajudar (ou se livrar de mim, talvez…) e me passou o telefone do estúdio em Buenos Aires em que a novela era gravada. Sem falar espanhol (eu tinha 11 anos, gente!), liguei pra lá umas 365 mil vezes até conseguir falar com a Mariane Oliva (que interpretava a Marian). Ela me passou o telefone da casa dela, eu liguei e a sua mãe me passou um por um os telefones das outras Chiquititas e Chiquititos. 🙂 – Depois disso, a conta de telefone subiu ainda mais. Soooorry, mamadiii! =//

Para ter um programa de rádio aos 12 anos, eu tive que pedir pra minha mãe ser a roteirista (sempre ela. Obrigaaaada, mamadi! hihi), encontrar uma emissora que aceitasse nossa ideia maluca, desenhar como seria a uma hora semanal que passaríamos AO VIVO e fazer as coisas acontecerem durante um ano de sábados dedicados ao programa Rádio Mania (Ow, saudade!). Era trabalho levado a sério! E eu não me arrependo por ter feito essa escolha!

Para trabalhar na Disney, estudei o processo seletivo, fui atrás de histórias de brasileiros que já tinham vivido a experiência (e descobri o que precisava fazer e o que não podia fazer para conquistar minha vaga), mostrei nas entrevistas que esse era um grande sonho e conquistei uma merecida vaga!

Pra vir a Londres, trocamos uma conta recheada de reais (na visão de dois jovens jornalistas, claro. hehe) por uma conversão cruel, “trouxemos na mala” todos os clientes que temos no Brasil (neste post, que o João escreveu antes de virmos pra cá em 2013, ele contou sobre nosso trabalho home office, que hoje está popularizado com o termo “nômades digitais”. Vale a pena ler!), tivemos que investir um pouco mais na nossa empresa para poder contar com o apoio de outros profissionais enquanto estamos “ausentes”, estudamos possibilidades, fizemos contas e mais contas e resolvemos arriscar. Porque sem tentativa, não há realização. E como sempre dizemos: na pior das hipóteses, se tudo der errado, ainda assim teremos passado mais um tempo na cidade mais incrível do mundo (pelo menos pra gente! :).

O dinheiro perdido a gente recupera, mas tempo perdido não volta nunca mais!

E assim por diante.

Ou seja, nenhuma dessas enormes conquistas (que podem parecer pequenas para quem não sonhou com elas) veio apenas com a ajudinha do destino e da sorte. Teve muito trabalho por trás. Eu batalhei, eu sofri, eu tive dor de estômago, mas eu conquistei!

Para alguns, essa dedicação toda pode parecer desnecessária, mas para mim, significava a garantia do pote de ouro no fim do arco-íris, então por que não correr atrás, certo?

E eu tenho muito orgulho de todo esse tesouro acumulado em 27 anos de vida. E estou sempre em busca do próximo. Pra mim, esse é o barato da vida!

E aí que chegamos a Londres dessa vez com mais um monte de projetos em mente e muitos sonhos a realizar (logo contaremos tudo!). Se eles irão dar certo, só o futuro dirá. Mas o que eu sei é que seguirei a mesma receita que deu certo até aqui: vou me doar por inteiro, lutar pelos meus objetivos, trabalhar até altas horas e me esforçar pra fazer acontecer.

Nem sempre vai ser fácil. Nem sempre vamos poder sair curtir a cidade do jeito que gostaríamos, porque vai ter um post esperando para ser escrito, trabalhos de clientes esperando para serem entregues, fotos e vídeos para editar, etc. etc. etc. Mas é isso que garantirá mais uma vitória (ou várias). E é por isso que o universo conspira a nosso favor.

O que eu quis dizer com tudo isso é simples: você também pode fazer o universo conspirar a seu favor. Aliás, essa é a melhor dica que eu poderia dar pra alguém. Lutar pelos sonhos e saber para onde se está indo é a “fórmula secreta”. Até aqui, pra gente tem funcionado. Por isso mesmo, vou ali terminar uma matéria que estou escrevendo para um cliente e volto logo mais, ok? 😉

Beijo,

Nah!

PS: Desculpae o texto motivacional, mas às vezes é importante trazer um toque de realidade a tanto sonho que esse blog apresenta! 😉

PS2: Se quiser saber mais sobre o que fazemos na LondonPress, a nossa empresa, deixa um comentário. Se eu perceber que o interesse é grande, escrevo um post contando tuudo! 🙂

Parceiros

Booking.com

Siga-nos

55 thoughts on “Sobre sorte, trabalho e realização de sonhos

  1. Pois é Nah… O esforço por trás dos sonhos ninguém percebe. Estou batalhando pra ir fazer um intercâmbio em Londres em janeiro de 2016, desde o ano passado junto a grana, passo horas atrás de promoções de voos, pq moro em João Pessoa-PB e sai muuuuito caro daqui, estou vendo várias maneiras de baratear os custos pq a libra aqui já está em R$ 5,05. Também vejo empresas de intercâmbio, quartos pra alugar na casa do povo e gumtree, massss quando eu conseguir realizar esse sonho garanto que tudo que vou ouvir é que eu sou rica e que vou pra Londres esbanjar. É o peso da coragem de ser feliz!

    1. Adorei seu comentário, Patricia. É isso mesmo!
      E quando o sonho é vir pra Londres, só nós que o vivemos sabemos o quaaaanto a questão financeira é difícil quando não nascemos em berço de ouro. Mas para desistir de um sonho, é preciso antes ter se esforçado para fazê-lo acontecer. E só isso já costuma trazer grandes alegrias. Então sempre recomendo que o primeiro passo seja dado. O resto é consequência! 🙂
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      Volte sempre.

      Beeijo!

  2. Oie. Realmente, nada nessa vida é fácil mas é claro, quando temos um sonho temos que correr atrás. Esse “correr” atrás muitas vezes se torna cansativo porém gratificante. Tenho muita vontade de morar na Inglaterra, estamos batalhando para isso mas vai demorar mais um pouco. No mais é isso. Bjus

  3. Poooxa, Nah. Não sabia desse programa de rádio, que DEMAIS! Sério, eu sou muito fã de vocês. Eu diria até que mais que sorte, dedicação, destino, o que eu vejo que faz a maior diferença e que vocês mais depositam no trabalho é o AMOR. E essa é a força mais inexplicável e mais forte que existe no mundo. Eu sim tenho muita sorte de estar ao lado de vocês e poder compartilhar essa trajetória linda. Que muitos e muitos sonhos se realizem para vocês, ou melhor, por causa de vocês ^^ Beijooo <3

    1. Ohnnn, sua linda. <3 <3
      Pow, pensando bem, você ter entrado no nosso caminho foi sorte! hehe
      Mas uma sorte que hoje a gente aproveita com dedicação, né? 🙂
      Tenho certeza que, juntos, ainda realizaremos muitos sonhos - nossos e dos outros, de alguma forma - seja nos conteúdos dos clientes da London ou aqui!
      Obrigada pela parceria de sempre.
      Tamo junto!
      Beeijo

  4. Oi Nah, bom dia! Muito bacana sua história e eu penso exatamente como você! A nossa dedicação e o fato de saber o que queremos é um grande passo rumo a um futuro de sucesso! Tenho um grande sonho de morar em Londres também, por enquanto estou investindo na minha formação e carreira e creio que em um futuro próximo esse sonho se tornará realidade! Pra animar mais vou passar 10 dias em Londres com meu marido, que tem o mesmo sonho, e estamos muito ansiosos, é a segunda vez dele, mas a minha em Londres, é a primeira vez que visito essa maravilha! Mais um sonho sendo realizado! Gostaria muito de saber mais sobre sua empresa, vai que você arruma trabalho pra gente aí! Rsrsrs…. Adoro o site e leio os posts sempre, ainda mais agora que vamos em dezembro. Aliás, gostaria de ver um belo post com roteiro pra visitar Londres em dezembro e passar o Ano Novo na London Eye!!!!! Parabéns pelo site! Grande beijo!

    1. Oi, Bruna! Tudo bem?

      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber!

      Opa, que legal que você e o marido estão planejando vir pra cá logo mais. Espero que nossos posts sejam úteis no planejamento da viagem de vocês! 🙂

      hahaha
      Falarei sobre a LondonPress em breve, então, mas já adianto que de uma maneira simplista, trabalhamos com Marketing de Conteúdo (fazemos revistas, blogs, gerenciamento de redes sociais, newsletters, e-mails marketing, etc.). Em que área vocês atuam?
      Hoje, estamos João e eu em Londres e mais a Fran aqui também. Em Curitiba, temos um casal de jornalista que também colabora na nossa produção de conteúdo e designers que fazem freelas sempre que precisamos desse tipo de serviço. 🙂

      Sobre Londres em dezembro, okok, anotei no caderninho de pautas. hehe
      Mas já deixo aqui os posts que fizemos sobre o tema no ano passado:
      http://praveremlondres.com.br/2014/12/21/natal-em-londres/
      http://praveremlondres.com.br/2014/12/27/ano-novo-em-londres/
      Espero que goste! 🙂

      Obrigada pela visita. Volte sempre! 😉

      Beijos

  5. Nossa, que incrível! Parabéns, vocês merecem tudo o que conquistaram, eu sou uma leitora desde 2010 quando também estava fazendo o meu intercâmbio em Londres e desde aquela época torço muito pelo sucesso de vocês!

    Pode ter certeza que muita gente ainda vai ser ajudada pelo ótimo trabalho que vocês exercem! Um grande abraço 😉

    1. Flávia, querida, que delícia de comentário! 🙂 🙂
      Obrigada pelo carinho e por nos acompanhar deeeesde 2010!
      É isso aí, este é outro dos nossos grandes sonhos: ajudar quem pretende visitar Londres – ou morar aqui. Sempre que descobrimos que ajudamos uma pessoazinha sequer ficamos meeega felizes. hehe
      Vamos ver se nos encontramos por aqui em breve, né? Avise quando estiver na área.
      Beijo!

  6. Bem, é sempre assim, temos que dar explicações, quase que diariamente sobre COMO CONSEGUIMOS VIAJAR TANTO…
    Seu relato foi perfeito. A sorte é sinônimo de dedicação e persistência. A não ser, é claro, para as pessoas que recebem heranças financeiras, mas mesmo assim, se não souberem o que fazer com essa herança, não conseguirão nada alem de dinheiro.
    Sou professora e trabalho e economizo o ano inteiro, traço prioridades, e também escuto que tenho sorte.

    Amo Londres!

    Parabéns e sucesso!!!!!

    1. Oi, Conceição. Tudo bem?

      Você usou a palavra certa no seu comentário: METAS!
      Quando a gente define exatamente o que quer, pra quando quer, como que atingir essa meta e assim por diante, fica muito mais fácil transformar os sonhos em realidade. 🙂

      Que bom que ama Londres. Está no lugar certo, então. hehe
      Espero que o blog a ajude a curtir a cidade sempre que der vontade.

      Volte sempre!

      Abraços

    1. Sabemos que você faz parte desse time, Ledi. João e eu admiramos muito sua dedicação, e os resultados do Curitidoce em tão pouco tempo são prova de que o caminho é esse mesmo, né?
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Bom vê-la por aqui! 🙂
      Beijo

  7. Casal querido!
    Que delícia ler esse post! Me senti vingada! hahahaha
    Assim como você, Nah, já cansei de ouvir o quanto tenho “sorte”. “Nossa, passou em vários processos seletivos, nossa, vai morar em Portugal, nossa, já é editora, nossa, funcionária pública uau, nossa, Londres DE NOVO? Que sortuda”

    Só eu sei como foi conquistar essa “sorte” aí, né? Planejamento, planejamento e mais um pouquinho de planejamento. Tô certa ou tô errada??? (balance suas pulseiras freneticamente)

    Queridos, a gente só se viu numa única e exclusiva oportunidade nessa vida, mas ó, já estão aqui no meu coração. Viver com vocês um pouquinho me trouxe aquela sensação maravilhosa de “só tenho amigos foda”. Muito orgulho e torcendo muito, muito, muito pra que vocês só voltem de Londres SE QUISEREM, porque eu tenho certeza de que tudo, tudo mesmo vai dar muito certo. ~~Porque vocês são muitos sortudos~~

    Um beijão imenso e um super abraço de urso!

    1. Marrrrlitcha, minha querida, seus comentários são sempre incríveis. <3 <3 <3

      Tá mais do que certa, my luv. E pode ter certeza que a recíproca da admiração e da amizade é a meeeeixma! <3

      Beeeijo! <3 <3

      (Nossa, enchi de corações essa resposta. hahaha)

  8. Porra Ná!!!! Sempre soube que vc é uma mulher batalhadora e determinada, mas nossa… Fiquei lendo aqui cheia de orgulho! É tão bom ver alguém que a gente quer bem se dar bem! Lendo tudo isso vejo cada vez mais o quanto você é guerreira e como merece todo o sucesso que vem tendo (junto do seu amado João, of course)!
    Sorte nunca é demais, mas agora eu te desejo força e mais força para sempre seguir em frente e conquistar cada cm de dos os seus sonhos!
    Beijocas amora!

    1. Ohn, Maricota, obrigada pelo carinho e pela força. Ter você como nossa leitora desde 2010 sempre foi um combustível extra pra gente seguir adiante com esse bloguinho que lá no começo era visto só por você e pela nossa família. hahaha
      Sobre o Pra Ver em Londres, uma coisa é inegável: tem dias em que as forças se esgotam e que a gente se pergunta se tanto esforço vale a pena (já que ele HOJE não é nossa verdadeira fonte de renda, mas estamos trabalhando para ser também! hehe), mas aí logo percebemos que recompensas como e-mails dizendo que nossos posts ajudaram pessoas a realizarem sonhos e comentários de quem nos lê há tempos dizendo que tal texto a inspirou, mostram que há coisas que valem muito mais do que uma conta cheia. E a gente segue em frente, feliz da vida e trabalhando muito para que as recompensas não-financeiras sejam cada vez mais frequentes! 🙂
      Valeuzão por estar sempre com a gente!
      Beeijo e até logo mais! =D

  9. Nesse exato momento estou vivenciando isso! Em plenos 41 anos, planejo uma mudança de vida e recomeçar do zero será meu maior desafio. Sonho, sorte, determinação, fé.. Todos esses ingredientes juntos e misturados serão o tempero que me ajudará a trilhar esse novo caminho. E que Deus esteja comigo, sempre!

    1. Que legal, Elisangela! Desejo que tudo flua bem e que esse seu novo caminho seja tranquiiiilo, feliz e cheio de conquistas!

      Espero que, de alguma forma, nossos textos a inspirem a seguir adiante!

      Agradeço a visita e o comentário.

      Abraço!

  10. THIS! Vontade de copiar o link e mandar esse post toda vez que alguem me vem com “ai Thais mas tu eh muito sortuda, eu num consigo XYZ”. Cansa a beleza de qualquer um! ahahah

    Tenho certeza que o futuro so guarda coisas otimas pra voces, quando as coisas sao feitas com tanto amor e empenho como voces fazem nao tem como dar errado.

    Bjsss e espero ve-los em breve! ;*

    1. <3 Que bom que gostou, Thaizitcha! :)

      Obrigada pelo carinho. Pode ter certeza que a gente deseja o mesmo pra você, menina arretada. hehe

      Siiiiim, marcaremos algo loguinho. Só deixa a poeira baixar (chegamos no ritmo 220v e ainda não demos conta de viver! haha).

      Beeijo

  11. Bah que belo relato Nah!
    Foi um puxão de orelha pra mim também porque às vezes me considero de sorte por estar fazendo algo que eu amo nessa cidade que eu amo a cada dia. Mas parando pra pensar realmente envolveu esforço desde o Ensino Médio, quando sem condições de pagar um curso de inglês meus tios me ajudaram e dividiram entre eles. O primeiro passinho que serviu de base pra onde estou hoje.
    Realmente inspirador.
    Tô vendo que a gente precisa se encontrar pra uma(s) pint(s) hein! Sei que tão na corrida mas avisem quando tiverem a fim.
    Beijo, casal!

    1. Que bom que gostou, Rafa! Fico feliz em saber que meu texto fez você valorizar mais suas conquistas. Isso é bem importante na caminhada como um todo. 🙂

      Opa, com certeza vamos tomar umas logo mais. Essa semana tá realmente imposSílvio, mas logo, logo a gente se ajeita e marca essa nem tão gelada, mas muitoooo saborosa!

      Cheers!

  12. Sua linda! Estou muito feliz com a volta de vocês, e de acompanhar esse sonho virar realidade. Eu também acredito que quase tudo que a gente quer de verdade, faz acontecer. Não é fácil e dificilmente s;o a sorte determina a nossa vida. E que dê tudo certo no caminho londrino desse casal amado!

    1. É isso aí, amore. 🙂 Tamo junto na batalha por essa vida louca e linda. <3

      Mas no fim das contas, o importante mesmo é curtir o caminho, e acho que a gente é mestre nisso! 😉

      Eeee, daqui a pouco tem brinde! =D

      Beeijo!

  13. Parabens Natasha e Joao. Que vcs consigam tudo que se propuseram a fazer. O site é otimo e espero que um dia vcs lancem o livro do Pra Ver em Londres para quem viaja para Londres pois falam de tudo que é preciso saber.Good lucK!!!

    1. Muito obrigada pela força, Sonja. Esse livro aí é um dos nossos grandes sonhos. Mas sabemos que precisamos trabalhar muuito (digo: explorar muito Londres – trabalho difícil, né? hehe) para realizá-lo. Teremos tempo para isso! 🙂

      Logo, logo marcamos nosso cafezinho, ok? Só precisamos chegar de verdade – ainda tem bastante coisa pendente. hehe

      Beijo!

  14. Amei, realmente nada cai do céu, sonhos se ficarmos parados não acontecem, temos que arriscar, correr atrás. PARABÉNS !!! Você sabe o que quer, e concordo com você Londres é a cidade mais incrível do mundo. Bj

  15. Olá Natasha! Conhece aquele antigo ditado, “Deus ajuda a quem cedo madruga?” Pois li o seu post pensando justamente nele… as pessoas que conseguem ser vitoriosas na vida oferecem muito de si para a conquista de seus objetivos, o que pode ser traduzido pela batalha incansável do dia a dia, persistência, foco, determinação, além da possibilidade de contar com os melhores amigos que temos nessa vida, que são os nossos pais. Você e João desfrutam dessa conquista por mérito próprio! Parabéns por um dos frutos mais especiais desse trabalho de vocês, que é o Pra Ver em Londres. abraços, José Júnior.

    1. Obrigada pelo carinho de sempre, José! Estamos na luta e assim vamos continuar até ficarmos beeem velhinhos. hehe
      E que o Pra Ver em Londres ajude cada vez mais pessoas, e que possamos conquistar mais leitores-amigos como você. Isso é bom demais!
      Abração

  16. Belo post Nah! Parabéns! Acredito que buscar novos desafios em prol da realização de sonhos é o que faz a vida valer apena! Se acomodar e seguir a boiada é sempre mais fácil. são raras as pessoas que nascem com um dom evidente, geralmente é o trabalho, dedicação e persistência que fazem a diferença. Por isso, desejo sorte ao casal na nova empreitada, porque o resto eu sei que vcs tem de sobra! Abraço!

    1. É isso aí, João. Pra mim, uma vida sem sonhos é muito triste.
      Lembro que depois que viemos pra cá em 2010, achei que finalmente tinha realizado o sonho da minha vida e me bateu um desespero. Tipo: “E agora? Já realizei meu sonho!”. Mas assim que chegamos em Curitiba vi um monte de novos sonhos se despertarem – casar, ter um gatinho, viajar mais, fazer nossa empresa crescer, etc. – e fiquei aliviada. haha
      Porque eu prefiro a pressão de correr atrás dos sonhos e das metas do que ficar acomodada vivendo na rotina sem fim.

      Tamo junto! Você e a Carol são pessoas muito importante para nós. Queremos vocês muito bem! 🙂

      Beeijo!

  17. Oi Nah e Joao,
    Enquanto vcs perambulam por aqui tenho algumas sugestoes que vc talvez nao tenha visto (ou passou batido nas mihas leituras). A estacao de metro de Leytonstone (Central line) onde nasceu Hitchcock é toda decorada com mosaicos que retratam seus filmes. Um lanche rapido no Leadenhall Market que tem uma arquitetura linda e o Horniman Museum em Forest Hill.
    Grande abraco.

  18. Nati!

    Caramba, que saudade que eu estava do blog. Estou a mil por hora, mudanças imensas na vida nesse último ano e acabou que o tempo ficou curto para ver coisas bacanas como o Pra ver em Londres!
    Quando vi que vocês estariam indo mais uma vez para Londres me deu uma felicidade tão grande, porque é nítido o esforço que você e o João fazem pra conquistar os objetivos. É incrível e inspirador como vocês realmente FAZEM ACONTECER.
    Quando vi o título deste post, não consegui me segurar, precisava tirar um tempinho para lê-lo e olha, no momento atual, precisava ler isso!
    Quando eu crescer quero ser igual à você! hahaha

    Sucesso nessa nova temporada, que essa vontade de vencer e realizar os sonhos se renove a cada dia de vossas vidas.

    Grande abraço!

    1. Priiii, sua linda, que saudade dos seus comentários! 🙂 🙂
      Que bom que arranjou um tempinho para ler esse post e que gostou do que leu. Fico feliiiiz em saber. <3
      Obrigada pelas palavras carinhosas. E bora correr atrás dos nossos sonhos porque são eles que movem a nossa vida, nénão?
      Volte mais, volte sempre, venha nos ver! hehe
      Beijão!

  19. Troque a palavra sorte e destino por família e pais presentes e que acreditaram em vc. Essas sim são sortes que muita gente precisa e não tem pra chegar onde vc chegou tão cedo! Parabéns e continue brilhando por aí!

  20. Hey, que bacana saber que estão passando mais uma temporada por aqui! É isso mesmo, quem vai atrás e tem fé em si já tem muuuuuuuito caminho andado… viver em Londres é longe de ser fácil mesmo, mas obviamente N A D A nesse mundo paga as oportunidades que temos em vários aspectos. É aquela coisa: não se pode ter tudo, né? 😉

    Também vivo escutando essas coisas estilo “nooooooooossa, mas isso só acontece contigo” etc, mas cara… é só ir atrás, mas ir atrás de verdade. Conheci meu cantor favorito duas vezes em dois países em dois anos seguidos, porque simplesmente levantei a bunda em ambas ocasiões e usei todas as minhas fontes nesse mundo para tal (exemplo bem comédia I know, mas é um dos que mais me dá satisfação nessa história de correr atrás e fazer acontecer).

    Enfim, lhes desejo muito sucesso nesse regresso londrino e espero ver muitos posts pessoais por aqui. É uma categoria que adoro e que já não é tão presente no feed como nos velhos tempos. 😉

    Bj bj! xxx

    1. Oioi, guria. Tudo bem?

      Que legal essa sua história do cantor favorito. É isso aí, quando a gente quer, batalha e tem ajuda de pessoas que podem dar um empurrãozinho extra, fica mais fácil realizar sonhos. 🙂

      Obrigada pelos votos. Desejo o mesmo pra você!

      Prometo me esforçar para escrever posts pessoais. Confesso que não são os meus preferidos, porque sempre acho que tenho que dar dicas práticas (haha), mas sei que eles também podem ser úteis, então vou deixá-los na listinha de posts importantes a escrever! 😉

      Vamos ver se dessa vez conseguimos tomar uns bons drinks, né? hehe

      Obrigada pela visita!

      Beeijo!

      1. Poxa, põe na listinha mesmo! Acho que pela repercussão desse aqui dá para ver que não sou só eu que aaaaamo esse tipo de post hahah 😉 #bombou

        Bora ver se rola mesmo! Adoraria conhecer vocês! Tô indo pro Brasil essa semana passar poucos dias, então na volta seria bacana organizar algo pra valer! Anyway, aproveitem Londres loucamente! Bj! xxx

        1. hahaha
          Verdade. 🙂

          Dê notícias quando voltar que a gente marca. Boa viagem. Aproveite bem a terrinha.

          Pode deixar que por aqui curtiremos muito essa cidade incrível!

          Beeijo

  21. Ótimo post, Nah! Sou leitora nova e gostaria de fazer uma sugestão de post, se for possível, claro. É difícil encontrar posts falando sobre os bairros de Londres. Eu, meu marido e filho temos planos, ou melhor, sonhos, de um dia comprarmos um imóvel em Londres, mas para quem é turista, saber quais os melhores bairros residenciais são, é um pouco difícil, então gostaria de saber quais bairros-família você recomendaria. Uma área tranquila, com parques, verde, que pode ser nas recondezas de Londres, fugindo de zona 1, ou seja, com preços mais realistas para se ter um estilo de vida assim tranquilão. Adoraria sua opinião e sugestões. Muito obrigada e parabéns pelo blog!

    1. Oi, Fernanda! Tudo bem?

      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber. 🙂
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Temos muita vontade de mapear vááários bairros e fazer um bom guia falando sobre quais são bons e quais não são para quem pretende morar, mas esse será um trabalho trabalhoso (eita! hehe), então não será pra já.
      Momentaneamente, o que posso dizer é que, com base na nossa experiência, o Southeast de Londres (sudeste, regiões com código postal SE) tem muitos bairros bacanas para quem vem morar. A gente morou em Blackheath (zona 3) e agora estamos em Woolwich Arsenal (zona 4), ambos para esses lados (Borough of Greenwich), e gostamos muito!
      No leste, moramos em Clapton (Borough of Hackney) e achamos piorzinho…
      Por enquanto, é desses lugares que posso falar com propriedade, porque já morei e conheço melhor. Mas pode deixar que nos esforçaremos para descobrir outras regiões bacanas. E assim que der prepararemos um material sobre isso, ok? 🙂

      Obrigada pelo elogio ao blog e pela visita. Volte sempre! 🙂

      Beijo!

  22. Oi,eu e meu marido queremos ir para Londres em abril para trabalhar mais ta um pouco confuso sou cabeleireira e meu marido é segurança com curso completo será q conseguimos um trabalho ai??e também estou um pouco enrolada por conta dos vistos pois não queremos morar em Londres ilegais.Gostaria de uma luz pois estou muito confusa.Obg.Bjus.

    1. Olá, Thalliane. Tudo bem?
      Você precisa ter em mente que para trabalhar legalmente aqui é preciso ter vistos específicos – por exemplo: ter passaporte europeu (ou ser casada com alguém que tenha), conseguir um emprego por uma empresa daqui ANTES de sair do Brasil ou então vir para fazer faculdade, pós, mestrado, etc. – e ter direito a algumas horas de trabalho por semana.
      Nosso mais recente post tem mais informações sobre vistos: http://praveremlondres.com.br/2015/10/08/imigracao-em-londres-dicas-para-diferentes-viajantes/
      E o pessoal da LondonHelp4u pode lhe dar uma orientação melhor a respeito do assunto. Entra em contato com eles (https://londonhelp4u.co.uk) e diz que foi indicada por nós que eles lhe atenderão com carinho. 🙂
      Boa sorte!
      Beijo

  23. Estava pesquisando sobre cafeterias, e de repente me deparo com um post super bacana, sincero, inspirador, motivador. Precisava ler isso, pois estou em uma fase da minha vida de busca de encontros e coragem. Sua história me motivou muito, pois tenho tantos sonhos, e muitas vezes o meu medo me impede de luta por eles.

    Gratidão, gratidão! Que sua vida seja repleta de luz, prosperidade e muitos sonhos.

    1. Poxa, Tâmara, você não tem noção do quanto seu comentário me fez feliz. O blog anda abandonadinho por causa de vários dos motivos citados neste post (a empresa tá indo superbem e a gente tá bem feliz com isso), mas ele é um xodó nosso, e cada vez que alguém dá um feedback como o seu a vontade de voltar a incluí-lo com mais frequência na nossa rotina vai lá no teto. 🙂
      Fico feliz por você ter caído por aqui ao acaso e ter gostado do que leu. Espero muito que sua motivação só cresça daqui em diante e que você tenha a força necessária para lutar por todos os seus sonhos. <3
      Obrigada pelos votos. Desejo o mesmo pra você!
      Beijão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recentes

Primeiros dias em Bolonha em fotos e relatos

Nossos primeiros 15 dias em Bolonha nos fizeram entender por que a cidade é chamada de “a gorda, a vermelha e a erudita” e também serviram para a gente se encantar por diversos aspectos desse tesouro italiano. Vem descobrir do que eu tô falando!

Leia mais

NATASHA & JOÃO

Em 2010 fomos fazer um intercâmbio em Londres e lá nasceu o blog. De lá pra cá muita coisa mudou, menos a nossa vontade de explorar o mundo.

Assine nossa newsletter e receba dicas em primeira mão!