Fotos de Londres: o cotidiano da cidade

Quando escrevi esse post com fotos da vida seguindo em Londres muita gente gostou e pediu para que rolasse mais um na mesma linha. Hoje volto pra cumprir a promessa.

Tem fotos que estão aqui que até já foram publicadas em posts anteriores, mas como são alguns dos meus registros preferidos, seja em razão do ângulo, luz, cena retratada ou momento vivido, reuni todas junto com uma breve história ou reflexão sobre cada foto, bem como fiz no primeiro post dessa série.

No que depender de mim, vez ou outra voltarei com novos “episódios”. Depois de ver as fotos e legendas você me diz se devo manter essa ideia ou não, fechou?

O rio, a ponte, o relógio, o ônibus vermelho, a chuva, o pub, o jornal, o metrô, a igreja, o teatro, as cores, o alto, a rua e a linha do céu

Thames Clippers - transporte público em londres

Uma das coisas mais incríveis de Londres é como os espaços são bem ocupados para o transporte público. O Tâmisa, que um dia já foi a maior avenida de Londres, permanece como modal para as pessoas se locomoverem.

big ben e red bus - fotos de londres

O Big Ben anuncia a hora. 1h30 da manhã. Sob frio e chuva, esperamos o ônibus pra voltar pra casa após uma noite de jazz no Royal Albert Hall.

pubs de londres -  guia de pubs

A placa ao centro resume a dica que em breve estará em nosso guia de pubs: “Nós somos a única casa de ale + cidra de Londres a vender somente produtos de pequenos produtores do Reino Unido”.

fotos de londres - saída do metrô

Algo que nunca cansamos de comentar. A força dos jornais impressos que circulam no metrô de Londres é a prova de que o Jornalismo impresso respira. Me pergunto se (e quando) chegará o dia em que o London Evening Standard, o Metro, o City A.M deixarão de circular. Palpites? Esse post é já tem quase cinco anos, mas conta um pouco disso tudo.

fotos de londres - metrô de londres

Essa foto está aqui não pelo ângulo, luz, cena ou momento, mas pelo personagem. Aliás, proponho um desafio: quem topa criar uma história a partir da foto? Deixa um comentário que eu prometo enviar um cartão postal em agradecimento. É sério, hein?! =)

fotos de londres - st paul's

O resultado da foto no iPad está em nosso Instagram. Aproveita e segue a gente por lá: https://instagram.com/p/f7cJ3NwYX3/

fotos de londres - shakespeares's globe

No dia que fizemos o tour do Shakespeare’s Globe os atores ensaiavam.

fotos de londres - hackney wick

O antes abandonado, agora colorido e ‘ocupado’ por artistas. Algo que Londres costuma fazer bem. Temos um post que fala sobre Hackney Wick. Adianto que há ótimos motivos pra você conhecer. Ainda mais se você é chegado em uma cerveja artesanal e em um bom café.

fotos de londres - pubs de londres

Nada como o balcão de um pub, não?

Fotos de londres -  pra ver londres do alto

Uma das vistas mais incríveis de Londres, em minha modesta opinião. Revelamos tudo sobre esse restaurante aqui.

fotos de londres - regent street

Segue o dia na Regent Street, uma das boas opções para fazer compras em Londres e observar o cotidiano da cidade.

fotos de londres - chuva em londres

Cena clássica. Ainda mais em dias de festa nas ruas, como esse em que fomos cobrir a festa da tomada de posse da prefeita da City of London Se a chuva faz parte da sua vida, encare-a de frente!

fotos de londres -  landscape

Pra encerrar, uma foto que mostra alguns dos contrastes de Londres. Já prometi a mim mesmo que faria um quadro para por em casa, mas tô me devendo essa.

Lembra do desafio?

Comenta aí contando sua história (pode até ser uma legenda) pra foto da menina carregando uma mala na estação de Sloane Square que eu prometo te enviar um cartão postal direto de Londres. Combinado? 

Aproveita e diz aí: mantenho a série de fotos de Londres ou paramos por aqui e segue o baile?

João

Fotojornalismo em Londres: o cotidiano londrino em imagens

Dia desses fomos ver a exposição Genesis, de Sebastião Salgado, um dos mais belos e impactantes ensaios já produzidos no fotojornalismo. É aquela arte que cativa, perturba, inspira e e te faz pensar por dias… “Minhas fotografias são um vetor entre o que acontece no mundo e as pessoas que não têm como presenciar o que acontece. Espero que a pessoa que entrar numa exposição minha não saia a mesma”, diz o criador do Instituto Terra.

No que depender de mim, sua missão está cumprida, Sebastião. 😉

Você sabia que o Terra plantou mais de dois milhões de árvores de 300 espécies diferentes em 15 anos de atividade? A ONG fez renascer uma área do Vale do Rio Doce, entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Uma região que antes era completamente árida, hoje é verde. Pássaros e animais diversos que há décadas não eram vistos na região voltaram e ganharam sua casa de volta. É um projeto realmente espetacular. No fim do post tem um link se você quiser saber mais.

“Cada árvore plantada alivia um pouquinho nossas preocupações a respeito do futuro do planeta”, dizem Salgado e sua esposa Lélia Deluiz Wanick, idealizadores do Instituto Terra, em um texto na exposição.

Durante a faculdade de Jornalismo não era raro professores diversos citarem a obra de Salgado. Ele ia além das aulas de fotojornalismo. Seguramente um cara que me inspirou e continua me inspirando a buscar novos ângulos e contar histórias através de imagens com a fotografia, mas também a sonhar com viagens incríveis, ser uma pessoa melhor e acreditar num futuro melhor.

Registros do cotidiano de Londres

E foi aí que, influenciado pela exposição e por lembranças acadêmicas, decidi vasculhar meus arquivos de fotos de Londres para encontrar imagens que captam a essência do fotojornalismo. Encontrei um pouco de tudo. São fotos da rua, da vida acontecendo, do metrô de Londres, do céu azul, do pub, do parque, do inesperado…cenas clássicas ou nem tanto do cotidiano londrino.

O fotojornalismo sempre foi uma das minhas maiores paixões desde mesmo antes da universidade. Poder praticá-lo em Londres é pra mim não menos do que extraordinário. Espero que goste do post e das fotos tanto como eu curti fazê-lo.

Se você gosta de foto esse é outro post fotográfico com imagens de ícones de Londres.

Cada foto tem uma breve legenda pra contextualizar ou contar um pouco do momento registrado.

fotojornalismo em londres - bigben
Essa imagem renderia um bom início para um romance literário, não?
O metrô é sempre  uma ótima forma de eternizar o cotidiano.  Vidas acontecendo e pessoas indo e vindo
O metrô de Londres é sempre uma ótima forma de eternizar o cotidiano. Vidas acontecendo e pessoas indo e vindo
Na capa do tabloide: Londres é cinza
Na capa do tablóide: Mais um dia cinza na capital
fotojornalismo em londres
Hora do almoço no Regent’s Park
jornal de londres
Nah, com seu Standard na mão, que acabara de sair do forno, esperando eu fazer a foto pra entrar na estação de Charing Cross. Nesse post contamos um pouco sobre o jornal que diariamente é lido por milhares no metrô de Londres
fotojornalismo em londres
Açougue gaúcho não é o que você pode imaginar ver em Londres. Se procurar acha! Aqui contamos onde fica o da foto
A Cecil's Court é o pote de ouro no fim do arco íris para os amantes da literatura. Lojas diversas que vendem obras raras. Até Harry Potter autografado por J.K. Rowling você encontra lá
A Cecil Court é o pote de ouro no fim do arco íris para os amantes da literatura.  A ruela reúne lojas diversas que vendem obras raras. Até Harry Potter autografado por J.K. Rowling você encontra lá, só pra citar um
Na British Library, um dos lugares mais incríveis de Londres, muita gente frequenta para estudar. A inspiração que vem do plano de fundo  ajuda, não?
Na British Library, um dos lugares mais incríveis de Londres, que muita gente frequenta para estudar. A inspiração que vem do plano de fundo ajuda, não? Já escrevemos sobre  B.L aqui
A chuva fica muito mais legal com um guarda chuva transparente
A chuva fica muito mais legal com um guarda-chuva transparente
Alguns costumem não se perdem
Alguns costumem não se perdem
Uma caminhada que não  se cansa de repetir
Uma caminhada que ninguém cansa de repetir
metrô de londres
O metrô de londres, sempre ele, mostrando a vida acontecer
O outro lado da rua da fachada de um pub é um outro ótimo ponto para registrar o cotidiano londrino
O outro lado da rua da fachada de um pub é outro ótimo ponto para registrar o cotidiano londrino
trafalgar square - londres
Quer mais um clássico? As escadarias da National Gallery (post aqui!) e o visual impagável da Trafalgar Square
Pra encerrar, um registro feiro em uma noite de inverno qualquer em Greenwich
Pra encerrar, um registro feito em uma noite de inverno qualquer em Greenwich

Eu tenho mais algumas dezenas de fotos feitas em situações gerais, sem um objetivo maior do que registrar um instante. Se você curtiu a ideia de ampliar o fotojornalismo por aqui me diz aí nos comentários que preparo mais um post, pode ser?

Ah, como prometido esse é o site do Instituto Terra, do Sebastião Salgado.

A neve em Londres em fotos

Inverno em Londres não é, necessariamente, sinônimo de neve. Muito pelo contrário. Os dias branquiiiinhos são raros na cidade. Tanto é que costuma-se dizer que Londres tem “O” dia da neve anualmente!

Que a terça-feira 03/02/2015 será o único dia de neve na cidade este ano não dá para garantir, mas que os poucos floquinhos que caíram na terrinha ontem renderam boas fotos, aaah, isso eu posso assegurar. 🙂

Vendo que a galera estava animada com a nova cor que a cidade ganhou, decidi convidar nossos leitores espalhados pelas redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter) para enviarem suas fotos do (primeiro) dia da neve em Londres em 2015.

O resultado foi uma enxurraaaada de imagens lindas. Agradecemos de coração todo mundo que participou.

Curioso pra ver as fotos? Calma, calma, antes dá o play na trilha sonora escolhida para o post. 😉

Agora sim, vamos lá! 🙂

Pra Ver a neve em Londres

Muiiiito amor por essa foto enviada pela Kayte Bernardo. Foi tirada em Clapham e é a cara da musiquinha que selecionei para a trilha sonora do post, não acha? :)
Muiiiito amor por essa foto enviada pela Kayte Bernardo. Foi tirada em Clapham e é a cara da musiquinha que selecionei para a trilha sonora do post, não acha? 🙂
A Regina Cocito registrou a neve em Battersea. Adoramos o registro!
A Regina Cocito registrou a neve em Battersea. Adoramos o registro!
Bancos espalhados pela cidade ficaram vazios hoje. A foto da Priscila Fernandes Badra, feita em Chiswick, é uma prova disso! :)
Bancos espalhados pela cidade ficaram vazios ontem. A foto da Priscila Fernandes Badra, feita em Chiswick, é uma prova disso! 🙂
A Mi R Vieira fotografou a neve em um dos nossos lugares preferidos em Londres: Richmond.
A Mi R Vieira fotografou a neve em um dos nossos lugares preferidos em Londres: Richmond.

Quer saber por que Richmond é um dos nossos lugares preferidos em Londres? Lê o post que tá aqui

E aí, prefere Richmond coloriiiida ou branquinha? :)
E aí, prefere Richmond coloriiiido ou branquinho? 🙂
A Carmem Almeida enviou uma foto feita pela sua companheira Ana Maria Oliveira no inverno de 2009. Muito legal o contraste do branco da neve com o verde da grama.
A Carmem Almeida enviou uma foto feita pela sua companheira Ana Maria Oliveira no inverno de 2009. Muito legal o contraste do branco da neve com o verde da grama.
Curtir a neve caindo lá fora, no quentinho de uma sala gostosa, é uma boa ideia, né? :) Foi o que o Everton Lucas de Oliveira fez em Shoreditch.
Curtir a neve caindo lá fora, no quentinho de uma sala gostosa, é uma boa ideia, né? 🙂 Foi o que o Everton Lucas de Oliveira fez em Shoreditch.

Olha a foto que a Lia, do Instituto Gourmet, mandou pra gente no Instagram:

Por lá, também recebemos o registro do casal Fran e Roy, do blog Casei Mudei:

E, ainda, esta imagem enviada pela Monica Ballvé O’May, que é guia na cidade (o site dela está aqui):

neve em London, London! da janela do meu quarto. @praveremlondres #neve #chaminé #marypoppins #tudobranquinho #passeiosguiadoslondred

A photo posted by Monica Ballvé O’May (@monicalondonlondon) on

Fotos bonitas, né? 🙂 E tem muito mais! O Rafael Maciel, que também é blogueiro (Tchê in London), aceitou o convite da Anna, de Frozen, brincou na neve e fez um boneco:

Bom trabalho, Rafa. hehe
Bom trabalho, Rafa. hehe

Ah, e o Rafa também mostrou como ficou a rua dele (em Shooter’s Hill). Ó: Rafael Maciel - Shooters Hill

Nem todo mundo curtiu a neve em Londres. O buda da Ana Carolina Taylor foi um deles. :)
Nem todo mundo curtiu a neve em Londres. O buda da Ana Carolina Taylor foi um deles. 🙂

Quem se divertiu bastante com os floquinhos que caíram na cidade ontem foi o casal Kelter Caye e Keicy Matos Caye. Direto de Finsbury Park, os dois mandaram estas fotos: kelter na neve em Londres Além da imagem que selecionamos para usar no nosso Instagram:

Muito obrigada pela contribuição, gente! 😉

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter e receba novidades!

Digite seu nome e e-mail. Você receberá um pedido para efetivar o cadastro. =)







Onde mais nossos leitores curtiram a neve em Londres?

Ih, em vários lugares…

A Thaís Kramer Marques, do blog My Look of London, deixou suas pegadas em Notting Hill...
A Thaís Kramer Marques, do blog My Look of London, deixou suas pegadas em Notting Hill…
A Camila Mariano flagrou a empolgação de uma tal Sophia em Fulham...
A Camila Mariano flagrou a empolgação de uma tal Sophia em Fulham…
O registro da Jaque Gonçalves veio de Greenford...
O registro da Jaque Gonçalves veio de Greenford…
Às 6h15, a Verônica Veka fotografou a cena que viu em  Winchmore Hill (North London). Imagiiiina o frio. Brrr!
Às 6h15, a Verônica Veka fotografou a cena que viu em Winchmore Hill (North London). Imagiiiina o frio. Brrr!
A Lila Bressan mandou uma foto lá de Stevenage. E, por mostrar uma criança feliiiz curtindo a neve, fez a gente sorrir! :)
A Lila Bressan mandou uma foto lá de Stevenage. E, por mostrar uma criança feliiiz curtindo a neve, fez a gente sorrir! 🙂
A Thaís Lima (mais conhecida como "Thaís em Londres" :) viu tudo branquinho em Whetstone
A Thaís Lima (mais conhecida como “Thaís em Londres” 🙂 viu tudo branquinho em Whetstone
Vem de Haringey a foto da Victoria Bozzetto Closs. O dia ainda nem tinha clareado e ela já estava a postos pra curtir a neve. Booooa, Victoria! :)
Vem de Haringey a foto da Victoria Bozzetto Closs. O dia ainda nem tinha clareado e ela já estava a postos pra curtir a neve. Booooa, Victoria! 🙂
Tudo branquiiiinho no registro da Tamires Caboatan.
Tudo branquiiiinho no registro da Tamires Caboatan.
Muito legal ver tantos brasileiros mandando fotos desse dia inesquecível para eles em Londres aqui para o blog! :) Valeeeu, gente!
Muito legal ver tantos brasileiros mandando fotos desse dia inesquecível para eles em Londres aqui para o blog! 🙂 Valeeeu, gente!
:)
🙂
E pra fechar, a selfie do Vinicius Alves, que está em Carterton (Oxfordshire). Porque a felicidade dele representa bem a ideia desse post: o frio pode ser intenso, mas pra "brincar na neve" vale a pena encarar os dias gelados! :)
E pra fechar, a selfie do Vinicius Alves, que está em Carterton (Oxfordshire). Porque a felicidade dele representa bem a ideia desse post: o frio pode ser intenso, mas pra “brincar na neve” vale a pena encarar os dias gelados! 🙂

Mais uma vez, agradecemos a participação de todos. Foi muito legal acompanhar o (primeiro) dia de neve em Londres pelos olhos de vocês. O Pra Ver em Londres não é só “da Nah e do João”, é de todo mundo que visita a cidade, mora na cidade ou sonha conhecê-la. 🙂 Por isso esse post é tão especial para nós. Ele transforma em realidade a nossa mentalidade: um blog feito por nós, para vocês e com a ajuda de vocês. 😉

Que venham os próximos dias de neve (ou não), e que todo mundo possa curtir muito Londres, do jeito que ela quiser que seja. 😉

Quer boas sugestões do que fazer em Londres nos próximos dias? Dá uma olhada neste post. Ele reúne tudo que já escrevemos sobre a cidade. 

Beijo, abraço,

Nah e João!

–> PS: Fizemos um álbum no Google+ com todas as fotos que estão aqui. Se você quiser incluir a sua lá, deixa um comentário abaixo que a gente entra em contato contigo para tornar isso possível!

Grandes ícones de Londres em belas fotos

O acervo de fotos do Pra Ver Em Londres é um dos nossos maiores tesouros. São dezenas de milhares de registros feitos ao longo de (quase) cinco anos de blog.

Uma quantidade nada desprezível de fotos já foi publicada ao longo da nossa jornada de contar aqui o melhor pra (você) ver em Londres. =) Mas, naturalmente, muitas acabam ficando “guardadas” aqui com a gente.

Fotografar é um dos meus maiores pequenos grandes prazeres. E quando se trata de fotografar Londres…

Organizar, rever e editar essas fotos é praticamente uma missão de vida dada a quantidade de fotos. Há algum tempo comecei a organizar em uma pasta as minhas favoritas. Já tenho 200. E contando!

E foi ontem, entre uma cerveja e outra, que tivemos a ideia de criar uma série de posts com fotos para mostrar diferentes perspectivas de Londres. Serão ensaios temáticos de lugares e elementos da cidade.

A estreia é hoje com uma seleção de ícones de Londres. Reuni aqui apenas fotos que mostram grandes clássicos da cidade.

Ah, enquanto editava as fotos e escrevia o texto Beatles rolou solto o tempo todo. Se me permitir a intromissão na sua leitura, dá o play na lista abaixo enquanto lê o post.

1 – A Tower Bridge

Gosto desta foto porque ela mostra um daqueles cantos mágicos que Londres tem aos montes.

No dia que fiz o registro a gente estava passeando de bike com a Carol, do blog Mochilão Trips, enquanto ela fazia sua volta ao mundo. Ela estava passando uns dias lá em casa e saímos pra pedalar pelo Tâmisa. Um programa perfeito, aliás!

A estátua Girl with a Dolphin, que disputa o cenário com a Tower Bridge, a mais linda das pontes, foi produzida em 1973 pelo artista londrino David Wynne (1926/2014).

pra ver em londres - melhores fotos de londres - tower bridge

2 – O metrô de Londres

Uma imagem das pessoas voltando para suas casas após um dia normal de trabalho no metrô de Londres. Entre smarpthones, fones de ouvido, livros e conversas, a vida segue. Estava em dúvida se essa foto entraria aqui ou num post futuro com os “retratos do cotidiano de Londres”.

Acho que ela fica bem encaixada em qualquer um dos dois, certo?

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - underground

3 – O Walkie Talkie

O prédio é mais um dos novos clássicos recentes da cidade. Gosto desse registro porque ele mostra bem o contraste entre o velho e o novo que tanto se vê em Londres. Mas, também, porque preserva a lembrança do prédio derretedor de carros.

Aquela manta que cobre parte do prédio estava lá quando fiz a foto para evitar que a luz do sol refletida no prédio queimasse os carros estacionados em frente a ele. Bizarro, mas isso realmente acontecia. Agora o Walkie Talkie foi revestido com uma camada extra para filtrar o sol e evitar o “raio derretedor”.

O arquiteto uruguaio Rafael Viñoly, responsável pelo projeto admitiu ao The Guardian “que não esperava que isso pudesse acontecer”. A estimativa era de que a temperatura do sol refletido chegasse a 36º C, mas atingiu 72º C. Teve até gente fritando ovo na calçada.

pra ver em londres - melhores fotos de londres - walkie talkie

4 – O Big Ben e o red bus

Fiz essa foto num fim de noite chuvoso em que a gente voltava de um festival de jazz no Royal Albert Hall. Como era perto de 1h da manhã, o metrô já havia fechado.

Tínhamos que encarar uma longa jornada de quatro ônibus pra chegar em casa. Chovia daquele jeito de ter que apertar os olhos pra enxergar, e sair debaixo do guarda-chuva não era uma boa opção.

Mas quando vi o ônibus vindo sob aquele cenário frio e sombrio com o Big Ben de fundo corri pra tirar a câmera da bolsa e fotografar. Não consegui pegar o ângulo que queria, mas essa é aquela foto sofrida de fazer. E, de quebra, combina dois ícones em uma imagem.

Não tinha como não estar aqui, não acha?

pra ver em londres - melhores fotos de londres - big ben e red bus

5 – A mão inglesa

Taí algo que é punk de se acostumar quando você chega em Londres. Pra quem nunca esteve em solo britânico, lembrar o cérebro de pedestre de que agora tudo é o contrário é um desafio e tanto. Divertido, vale dizer. Mas cuidado por onde anda. Na dúvida, vale lembrar da mãe ensinando a “olhar para os dois lados antes de atravessar a rua”.

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - mão inglesa

6 – O Cutty Sark

O clássico museu/veleiro encravado em Greenwich às margens do Tâmisa é um dos ponto altos do skyline da região. “Ela” (o barco), como os marinheiros chamam suas máquinas, cumpriu sua vida viajando para a China nos tempos áureos do comércio de chá entre os orientais e os britânicos no século XVIII.

Hoje é um museu incrível que nas próximas semanas vai ganhar um post detalhado aqui.

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - cutty sark

7 – O The Shard

O The Shard (tem post aqui) é praticamente onipresente, já que em boa parte de Londres você consegue avistá-lo. E seja lá do alto dos seus 74 andares, ou de algum lugar com vista para o prédio mais alto da Europa, ele é um cara muito fotogênico.

Essa foto eu fiz quase em frente à Tower of London, no lado norte do rio. Aprendi com o professor Giovanni nas aulas de fotografia quando estudava Jornalismo a usar galhos de árvores para fazer molduras em fotografias. Desde então, gosto de brincar com isso.

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - the shard

8 – A London Eye

Essa foto teria ficado melhor se eu tivesse um tripé na ocasião. Eu queria fazer uma longa exposição para absorver maior quantidade de luz, mas sem o tripé tive que improvisar apoiando-a no parapeito da Westminster Bridge. Ou, um tripé de luxo, se preferir. =) Foram seis segundos de exposição para chegar a esse resultado.

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - london eye

9 – O Undergound, placas de rua e Covent Garden

Essa entrou aqui porque é a que reúne a maior quantidade de ícones de Londres em uma só foto: a marca do underground, a estação de Covent Garden e uma das tradicionais placas de rua.

pra ver em londres - melhores fotos de londres - covent garden

10 – A King’s Cross

A estação de King’s Cross é uma das minhas favoritas por vários motivos. O prédio, visto de fora, é lindo. Por dentro é incrível. A circulação de gente com mala por todos os lados é inspiradora. É de lá que sai o trem para Hogwarts. É por lá que você pode viajar para várias cidades e países sensacionais sobre trilhos. E, recentemente, por esse teto que tem um detalhe registrado na foto. Ele foi colocado em uma reforma feita em 2012. É impressionante.

Sugiro googlear umas fotos caso não conheça.

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - kings cross

11 – O Skyline de Londres

Essa foto foi um achado. Ela foi feita em Kidbrooke, bairro na região de Greenwich (sudeste de Londres), que era perto de onde morávamos. Num domingo qualquer subimos a Shooters Hill, avenida que cruza o bairro, em busca de um lugar pra ver o por do sol. Encontramos, vale dizer! Qualquer dia desses a foto surge aqui. =) Mas, na volta, nos deparamos com esse visual.

Quase todo o skyline de Londres no horizonte a partir de um ângulo inesperado.

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - skyline de londres
Quais prédios clássicos você identifica?

12 – O Tâmisa

Pra encerrar, uma foto que mostra uma cortina se fechando em frente dele, o Tâmisa. Afinal, o rio que preserva tantas histórias e que um dia já foi a maior avenida da cidade merecia estar aqui, não? O registro foi feito em Richmond, um dos nossos lugares favoritos na cidade.

pra ver em londres - melhores fotos de londres  - richmond upon thames

Ainda temos muitas, muitas, muitas outras fotos legais que registram ícones da cidade. Minha ideia é trazer uma post como esse por mês. Gosta da ideia? Alguma sugestão de tema para o próximo ensaio?

Londres: semana em fotos

Chegamos em Londres há exatamente uma semana (e um dia, porque queria ter postado ontem, mas dormi. Malzae). Nestes sete dias nossa principal missão foi buscar um lar, coisa que conseguimos terça-feira (#todascomemora!). Nosso “hub” nos primeiros seis dias foi a casa da leitora mais linda desse mundo, conhecida pelos comentários como “Mari Arakaki”, que nos recebeu (junto com seu marido Fernando) muitíssimo bem. Obrigada, amigos! 🙂

E aí que entre uma visita e outra a flats e quartos espalhados pela cidade (aigente, outra hora falamos sobre isso; a busca foi complicadérrima, vimos cada coisa!), tiramos algumas fotos para registrar os primeiros momentos.

Quem nos segue no Instagram (vai lá!) já viu parte delas, mas a seleção que apresento agora é maiorzinha. 🙂

O objetivo é mostrar um pouco do que vimos e pedir pra você observar uma coisinha: o céu. É pra parar de acreditar naquela história de que em Londres só chove. Estamos no outono, tá calor ainda (em alguns dias fez 20 e poucos graus) e só pegamos garoa (fina e grossinha) por umas 3 horas. Pra quem morou boa parte da vida em Curitiba isso nem chuva é. Garanto!

Mas, ok, papinho inicial concluído vamos às fotos…

Quando estávamos por aqui em 2010 testamos em primeira mão as bikes de aluguel da cidade, lembra? Hoje, vemos felizes que tem muuuita gente pedalando e que há muito mais pistas exclusivas para ciclistas - na foto, por exemplo, a faixa azul "do outro lado da rua" é uma ciclofaixa em cima da calçada - super segura!
Quando estávamos por aqui em 2010 testamos em primeira mão as bikes de aluguel da cidade, lembra? Hoje, vemos felizes que tem muuuita gente pedalando e que há muito mais pistas exclusivas para ciclistas – na foto, por exemplo, a faixa azul “do outro lado da rua” é uma ciclofaixa em cima da calçada – super segura!
No mesmo dia da primeira foto vimos este painel. O que foi mais engraçado é que era 04/10 e o painel registrava a história de uma batalha dos londoners contra o fascismo que aconteceu também em um dia 04/10. Louco, não?
No mesmo dia da primeira foto vimos este painel. O que foi mais engraçado é que era 04/10 e o painel registrava a história de uma batalha dos londoners contra o fascismo que aconteceu também em um dia 04/10. Louco, não?

*Talvez eu  faça um post contando um pouco dessa história, porque achei realmente bem interessante, mas se você não quiser esperar para entender do que se trata sugiro que leia isso, isso e isso.

Olha só o que caiu do céu e atingiu um black cab em Londres! =O ahaha. A ideia era promover a "Mega Sena" deles. Esta reportagem conta sobre a travessia que as bolas fizeram sobre o Tâmisa. Curtimos! (Mas o João criticou minha foto porque ela não mostra o lado mais amassado do carro. Sorry, guys =/)
Olha só o que caiu do céu e atingiu um black cab em Londres! =O ahaha. A ideia era promover a “Mega Sena” deles. Esta reportagem conta sobre a travessia que as bolas fizeram sobre o Tâmisa. Curtimos! (Mas o João criticou minha foto porque ela não mostra o lado mais amassado do carro. Sorry, guys =/)
Fim de tarde de um dia abafado de outono. Céu lindão (fez sol o dia todo, mas tinha bastante nuvens!)
Fim de tarde de um dia abafado de outono. Céu lindão (fez sol o dia todo, mas tinha bastante nuvens!).
Nos primeiros dias fomos MUITO a Greenwich - achamos um pub que estava sempre vazio e virou nosso escritório e aproveitamos para passear pela região (que é incrível).
Nos primeiros dias fomos MUITO a Greenwich – achamos um pub que estava sempre vazio e virou nosso escritório e aproveitamos para passear pela região (que é incrível).
Foi em Greenwich que saboreamos o delicioso hamburguer do Byron. Querem post?
Foi em Greenwich que saboreamos o delicioso hamburguer do Byron. Querem post? =D
Ontem fomos dar um rolê no centro e, quando passamos pela Trafalgar Square, flagramos essa cena. Pra você ver que a limpeza e a organização da cidade precisam de uma mãozinha. :)
Na terça-feira fomos dar um rolê no centro e, quando passamos pela Trafalgar Square, flagramos essa cena. Pra você ver que a limpeza e a organização da cidade precisam de uma mãozinha. 🙂
Como ainda não tínhamos feito os roteiros turistóides basicones, resolvemos aproveitar a manhã linda que fez ontem para dar esse rolê. Começamos pela London Eye...
Como ainda não tínhamos feito os roteiros turistóides basicones, resolvemos aproveitar a manhã linda que fez ontem para dar esse rolê. Começamos pela London Eye…
Na continuação da caminhada, ele apareceu. Foi nosso batismo. :) Esse cara é muito f* (com o perdão do palavrão subentendido); tanto é que já fizemos post em homenagem a ele, lembra?
Na continuação da caminhada, ele apareceu. Foi nosso batismo. 🙂 Esse cara é muito f* (com o perdão do palavrão subentendido); tanto é que já fizemos post em homenagem a ele, lembra?
E, bem, tivemos que fotografá-lo de vários ângulos. :)
E, bem, tivemos que fotografá-lo de vários ângulos. 🙂
aham, VÁRIOS ângulos. =D E desse daí dá pra ver que a história de que ele tá inclinando é verdade. Tomara que não caia, né? #drama haha
aham, VÁRIOS ângulos. =D E desse daí dá pra ver que a história de que ele tá inclinando é verdade. Tomara que não caia, né? #drama haha
E depois desse passeio gostooooso finalmente fizemos nossa mudança pra casa que será nossa pelos próximos meses. :) Quer ver? Prepare-se que vem aí mais um episódio da série "Por dentro de uma verdadeira casa britânica". Que tal? :)
E depois desse passeio gostooooso finalmente fizemos nossa mudança pra casa que será nossa pelos próximos meses. 🙂 Quer conhecer ela por dentro? Aguarde! Vem aí mais um episódio da série campeã de audiência “Por dentro de uma verdadeira casa britânica”. Que tal? 🙂

Agora me diz, deu ou não vontade de entrar no primeiro avião, trem, ônibus e vir pra cá? Estamos te esperando, hein?

Da nossa primeira semana faltou ainda foto com a Mari e com o Fernando (passamos 5 dias lá e não tiramos NENHUMA; só queríamos saber de conversar. haha), do encontrinho com a Helô e com o Martin (que também ficou sem foto – que vergonha!), do rolê por Camden, das mil vezes que fizemos de um café nosso escritório… enfim, foram só sete dias, mas já aconteceram muitas coisas e várias delas vão render posts. Você não perde por esperar. #há

Aliás, se ainda não curtiu nossa página no Facebook, não nos segue no Twitter e no Instagram, que tal fazer isso já? Garanto pra você que por lá as atualizações são mais constantes. 😉

Tem ainda nossa newsletter, que você pode assinar preenchendo o formulário abaixo. Assina aí!

[mc4wp-form]

Nos vemos por aí!

Beijobeijo,

Nah.

Um ensaio fotográfico em Londres

Não sei se você lembra, mas no mês de maio promovemos um concurso cultural para dar a um de nossos leitores um ensaio fotográfico em Londres. Pois é, e recebemos tantas respostas bacanérrimas que foi super difícil escolher uma vencedora. Como não sou boba, deixei a decisão final a cargo do fotógrafo Fernando Augusto (aliás, aproveita e clica aqui para curtir a página dele!), que depois de selecionar três finalistas acabou escolhendo a Jéssica Parizotto, uma paulistana de 22 anos que foi pra Londres passar uma temporada de 5 meses estudando inglês.

Bati um papo com a Jéssica por Skype esses dias e me convenci de que o Fernando escolheu bem. Êta menina gente boa, viu? 🙂

Na nossa conversa, ela me contou animada como eles combinaram como seria o ensaio… “Primeiro a gente combinou de se encontrar para bater um papo e decidir onde tiraríamos as fotos. Foi super legal porque fomos a um pub e pudemos nos conhecer bem. Ali, resolvemos que iríamos a Camden Town, Brick Lane e a alguns pontos turísticos da cidade como Big Ben e London Eye”.

Não dá pra negar que são cantinhos de Londres bem fotogênicos, né? 🙂

Assim eles decidiram as locações, o Fernando tirou um dia para conhecê-las e ver se realmente seriam boas opções para uma sessão de fotos (aquelas coisas de luz que são super importantes pra fotografia, sabe?). Segundo ele, “chegar para fotografar em um lugar que você não conhece pode não dar certo”. Achei isso o máximo.

Tá bom, eu sei que você não quer blábláblá, quer logo ver as fotos. Então pausa para admirar nossa modelete e já voltamos com mais historinha. hihi

Londres-Camden-Lock

Londres-Camden-Lock-

Londres-underground

Esse aí é o hostel em que o Fernando se hospedou em Londres. Levanta a mão quem quer ver post sobre ele!! \o/
Esse aí é o hostel em que o Fernando se hospedou em Londres. Levanta a mão quem quer ver post sobre ele!! \o/

Muito gata essa nossa leitora, hein, gente? =D

Admirando as fotos resolvi perguntar como eles decidiriam figurino e maquiagem, e a Jéssica respondeu assim… “Eu selecionei algumas peças de roupa que gosto e a Lilian, namorada do Fernando que estava nos acompanhando na sessão, me ajudou com a maquiagem”.

Estão de parabéns, meninas. A produção do ensaio ficou linda! 😉

Londres-Amy

Londres-bricklane-

Londres-street-art-

E sabe o que eu achei mais legal? A Jéssica me contando dos perrengues durante o dia. Sim, durante o dia, porque eles terminaram o ensaio perto de meia-noite, gente! =O

Mas, enfim, isso não vem ao caso. Fato é que teve chuva (que fez com que eles não conseguissem fotografar em todos os lugares que  queriam) e um louco achando que eles estavam zombando dele sendo que o Fernando só tinha feito uma pergunta. Sério, eles quase tiveram que sair correndo do cara. hahaha

Além disso, teve esta foto aqui, ó:

Londres-brick-lane

Não é montagem não, gente. A Jéssica me contou que esses caras acharam que ela era UHU uma super top model e quiseram tirar essa foto. hahaha. Adorei!

Ai, gente, o que é essa foto? Mais um motivo pra colocar o Regent's Canal na programação de Londres: ele é fotogênico! (leia o nosso post sobre ele e veja os outros. #jabá)
Ai, gente, o que é essa foto? Mais um motivo pra colocar o Regent’s Canal na programação de Londres: ele é fotogênico! (leia o nosso post sobre ele e veja os outros. #jabá)

Ah, e já esquecendo outra história… a Jéssica também contou que eles estavam felizes e faceiros tirando foto em um dos barcos quando o dono chegou e… falou pra eles ficarem à vontade, que estava adorando ver a casa dele como cenário do ensaio. Gotta love british people! <3

Mas, olha, o Canal rendeu muita foto bonita, viu? Fica até difícil escolher as que vão entrar aqui. Tó mais umas:

Londres-Canal-

Londres-Canal-1

Londres-Canal-2

Londres-Canal-3

Os dois saíram super satisfeitos do ensaio. Além de se divertirem e explorarem Londres juntos (com a namo do Fernando de parceira, claro), enquanto por um lado para a Jé foi um presentão, para o Fernando foi uma experiência e tanto… “Tudo foi super bacana pra mim; desde a escolha de quem ganharia a sessão até a expectativa da Jéssica para ver as fotos que eu tinha escolhido para esse post. A gente acaba ficando próximo das pessoas e compartilhando toda essa expectativa”, disse ele.

No fim das contas, na verdade não foram só eles que ficaram satisfeitos. A gente ficou feliz da vida também em poder fazer parte dessa experiência inesquecível para os dois. Foi o primeiro grande presente que demos aqui no blog (já tínhamos sorteado uns mimos, lembra?) e me deixou muuuito feliz. Espero que possamos ter vários outros como esse!

Londres-Camden-Bus

Londres-street-art

Londres-Jessica-Parizotto
Eieiei, aproveito essa foto lindona pra contar que as bolsas que o Fernando e a Jéssica utilizaram no ensaio foram gentilmente cedidas pelo “Bolsas Dom Zé“. 😉 A gente agradece a parceria!
Minha preferida! :)
Minha preferida! 🙂

E olha só, não tô recebendo pra isso, mas queria recomendar o trabalho do Fernando pra quem for afim de fazer um book, hein? Ele é gaúcho, mas se você quiser pode fotografá-lo aí na sua cidade. 😉 Não deixe de curtir a página dele para ficar de olho no trabalho e se empolgar para fazer o seu ensaio.

E é isso aí. Espero que você tenha gostado do resultado tanto quanto eu e que se inspire a sair posando por Londres pra ter no seu arquivo fotos tão bonitas como estas. Estamos combinados? =D

Porque, assim, claro que um fotógrafo bom faz toda a diferença, mas o cenário ajuda e você mesmo pode fazer um super ensaio fotográfico até com seu celular, né? =D
Porque, assim, claro que um fotógrafo bom faz toda a diferença, mas o cenário ajuda e você mesmo pode fazer um super ensaio fotográfico até com seu celular, né? =D
Londres-regents-canal
É, amigão, e esses são apenas dois cantinhos fotogênicos da cidade. Pensa você aí, em Notting Hill, na frente do Big Ben, da London Eye, no Hampstead Heath… iiiih, opção de onde fotografar não falta! 😉 #ficadica

Até a próxima!

Beijobeijo,

Nah.

PS: Muito obrigada pela parceria, Fernando. Quando alguém faz meus leitores felizes, me faz feliz. 🙂

PS2: Jéssica, querida, foi um prazer bater aquele papinho com você. Nos vemos em outubro! 😉

Que tal ganhar um ensaio fotográfico em Londres?! =D

Há alguns dias, recebemos um convite super especial de um leitor. O Fernando Augusto é fotógrafo e estará em Londres entre os dias 15 e 23 do mês que vem (junho!). Ele perguntou se a gente topava ser fotografado por ele em lugares bacanas da cidade, para divulgar o trabalho dele e, é claro, fazer um agradinho pra esses blogueiros. hehe

Só que, como você sabe, a gente ainda não voltou pra Londres. E aí que tivemos que recusar essa proposta super legal. Mas, conversa vai, conversa vem, Fernando e eu tivemos uma ideia: por que não dar esse ensaio para um dos nossos queridos leitores que moram (ou estarão) na cidade nesse período?

Será que eu me sairia bem como modelete em Londres? hihi
Será que eu me sairia bem como modelete em Londres? hihi

AHAM. É isso mesmo. VOCÊ pode ganhar um ensaio de 4 horas com o Fernando em Londres! =D E, melhor: caso você tenha namorado(a), marido/esposa, peguete fixo (haha), ele pode participar do ensaio também. Delícia, nénão? 🙂

*Cabe aqui ressaltar: Isso não é um publieditorial. Não fomos pagos para organizar a promoção. Estamos fazendo porque achamos que é um prêmio legal para oferecer para você, que nos acompanha. 🙂

Como concorrer

O Fernando curte produzir seus trabalhos sempre buscando as melhores referência da moda, música e cinema. Então, a ideia é a seguinte: se você tem interesse em ganhar esse presentão, deixe um comentário aqui contando pra gente:

  • Qual é sua banda preferida (ou cantor/cantora);
  • Qual filme você mais gosta e assistiria um milhão de vezes;
  • Se você é mais “casual” ou “fashion”;
  • Por que você ama Londres.

Mas não leve isso muito a sério. Criatividade também conta pontos. 🙂

Iremos (Fernando, João e eu) analisar as respostas que chegarem e escolher o grande vencedor (ou vencedora!).

10

02
As fotos do Fernando já são lindonas. Imagina em Londres, como ficarão incríveis!

Os detalhes do ensaio vocês (sim, VOCÊS – esse prêmio vai ser seu, não vai? 🙂 acertarão juntos e, é claro, depois faremos um post por aqui contando como foi essa experiência e postando algumas das fotos.

Não é legal? Eu fiquei SUPER animada com essa possibilidade. Espero que vocês também. Vamos esperar vários comentários, hein?

Para participar, você pode deixar seu comentário até dia 30/05. Assim dá tempo de organizar tudo e planejar um ensaio incrível – que será produzido entre os dias 16 e 21 de junho.

Que tal? 🙂 🙂 🙂

09

Não vai estar em Londres, mas conhece alguém que estará? Manda esse post pra ele/ela. Um prêmio que quem pode, precisa concorrer, né? 🙂

Foi dada a largada. Comente e concorra!

PS: Para participar, você não precisa obrigatoriamente curtir a página do Fernando no Facebook. Mas tenho certeza que você vai querer – as fotos são lindonas (como você deve ter percebido. :). Então, clique aqui, curta e fique por dentro das novidades do trabalho dele. 😉

Aliás, ele também deixou o e-mail à disposição. Se tiver qualquer dúvida, pode escrever para contato@fernandoaugusto.com.br.

Como você já está careca de saber, o nosso e-mail também está sempre aberto pra você. Qualquer coisa, chama lá: contato@praveremlondres.com.br

Ps2: Que tal aproveitar a oportunidade para curtir a nossa página no Facebook também? Estamos fazendo um trabalho diferente por lá. Clique aqui, curta e entenda do que estou falando.

PS3 (último, juro! hihi): Também estamos no Twitter. Publicamos em média 20 boas dicas POR DIA lá. Segue a gente! 

Springfield Park: a rotina de Londres que pouco se percebe

welcome
welcome

Em 2010, na nossa primeira temporada em Londres, moramos entre uma infinidade de judeus ortodoxos, africanos de diversas nações, muçulmanos, turcos e sabe-se lá mais o quê em Clapton, Hackney.

Perto de nós e dessa galera toda fica um parque que gostamos muito.

O Springfield Park estava a 5 minutos de caminhada da nossa casa. Era lá que a gente jogava tênis e corria sempre que sobrava um tempinho. 🙂

Durante os dias de semana há pouco movimento no Springfield Park. Não faltam mamães passeando com seus bebês, mas o silêncio é quase absoluto.

Clapton está longe de ser um dos melhores bairros de Londres, mas ainda assim acolhe um parque tão cuidado e preservado quanto o St James’s ou o Hyde.

E são coisas como essa que tornam Londres uma cidade tão única, cativante, acolhedora…e verde!

O objetivo deste post é mostrar este lado da rotina de Londres que pouco se percebe. Espero que goste!

going green for London
going green for London
autumn
autumn
lunchtime
lunchtime
could be a better place to have lunch?
lunchtime 2
lunchtime 3
lunchtime 3
could be a better place to have lunch?
could be a better place to have lunch?
vintage stroller
vintage stroller
evolution
evolution
very nice nannies
very nice nannies
always/everywhere
always/everywhere
run, forrest. Run!
run, forrest. Run!

mom

 

Um ensaio sobre o Big Ben

O Big Ben é um daqueles monumentos que você cresce vendo na tevê, em fotos e filmes. É a identidade suprema de Londres. O maior símbolo inglês. Representa a ordem, a realeza, o chá das cinco, o parlamento.

São poucas as cidades que têm o privilégio de ter em suas raízes algo capaz de transmitir sua própria identidade de forma tão singular. Quando você chega perto dele pela primeira vez tudo isso que descrevi e muito mais fazem perfeito sentido.

O que senti foi como se ele estivesse lá esperando por mim por todos esses anos. Não é tão alto quanto eu imaginava, ms seu charme, beleza, imponência e magia são indescritíveis. Ver o Big Ben pela primeira vez é como se fosse seu batizado londrino.

Não só por ele! Mas pelo Tâmisa que o banha, a London Eye que o observa, a placa do underground que parece ter nascido junto com ele e, indo além, pela Londres que o protege em seu colo tão bem quanto acolhe a todos que pra cá vem.

Esse post não tem outro objetivo senão ser uma dedicatória a um dos mais belos cartões-postais do mundo.

reinando absoluto
reinando absoluto
cartão-postal da mamãe
cartão-postal da mamãe
visto do SeaLife
visto do SeaLife
enquanto a arte acontece
enquanto a arte acontece
a tal placa
a tal placa
eternos companheiros
eternos companheiros
ruas praticamente vazias, Visão inesquecível!
ruas praticamente vazias, Visão inesquecível!
essa foi uma das primeiras imagens que vimos do Big Ben
essa foi uma das primeiras imagens que vimos do Big Ben

 

Relatos e retratos do cotidiano londrino

Sempre me interessei pelos assuntos corriqueiros do dia a dia. De observar a vida que passa, de dar atenção as coisas sem importância e reparar nas cenas que constroem o cotidiano.

Todo jornalista é assim. Se não é, deveria ser. É como se estivéssemos buscando assuntos para escrever 24 horas por dia.

É por isso que tenho uma pasta de fotos chamada “Aleatórias”. Nela, guardo registros do cotidiano e cenas não tão relevantes, mas que fizeram parte da minha vida. Era assim em Curitiba e é assim em Londres.

Hoje vou falar um pouco sobre isso.

Os jornais gratuitos

Londres conta com dois jornais diários gratuitos. Em uma cidade completamente 3G, em que quase não se vê outros celulares senão Blackberries e iPhones, é interessante como a cultura da leitura analógica ainda é muito forte. Difícil imaginar a cidade sem os companheiros das viagens no underground.

O Metro sai pela manhã e está disponível em todas as estações de trem e metrô. "Você precisa ser rápido", diz o texto. De fato, após às 9 da manhã é difícil encontrá-lo.
O Metro sai pela manhã e está disponível em todas as estações de trem e metrô. “Você precisa ser rápido”, diz o texto. De fato, após às 9 da manhã é difícil encontrá-lo.

 

O London Evening Standard sai após o meio dia e é distribuído nas entradas das estações centrais por uns caras que exclamam "Free Standard". A polidez britânica faz com que eles agradeçam a todos que aceitam.
O London Evening Standard sai após o meio dia e é distribuído nas entradas das estações centrais por uns caras que exclamam “Free Standard”. A polidez britânica faz com que eles agradeçam a todos que aceitam.

O metrô

O underground, aliás, é um episódio à parte. Local perfeito para se fazer um estudo antropológico sobre os “londoners” e os gringos que a cidade adota com tanto carinho.

O que mais se vê – além dos leitores de jornais – são pessoas lendo livros, jogando no iPhone, escrevendo mensagens de texto e ouvindo música no estilo que os otorrinos e as mães adoram.

Uns dias atrás uma senhora pediu para que eu abaixasse o volume do iPod. Pedi desculpas e abaixei. Poucos minutos depois ela pediu o mesmo para um cara que estava sentado ao lado dela. Justo.

Cachorros (e bicicletas) são figuras constantes no dia a dia do underground.
Cachorros (e bicicletas) são figuras constantes no dia a dia do underground.

Em clima de Copa

Há poucos dias do início da Copa os ingleses respiram futebol. Os pubs convidam a torcida, os supermercados liquidam cerveja, o patriotismo toma conta dos lares e algumas promoções inusitadas surgem. A Toshiba, por exemplo, está prometendo devolver o dinheiro de quem comprar uma televisão ou um notebook caso a Inglaterra vença o mundial.

várias casas estão assim
várias casas estão assim

 

A vitrine da loja da Nike na Oxford Street exibiu essa vitrine por vários dias.
A vitrine da loja da Nike na Oxford Street exibiu essa vitrine por vários dias.

Algumas estações de metrô têm características próprias. A “Holborn Station”, por exemplo, dá acesso ao British Museum. Ela tem imagens de algumas obras estampadas nas paredes. A foto abaixo é da “Baker Street Station”, principal acesso ao Sherlock Holmes Museum.

elementar
elementar

Os pubs

Entrar em qualquer pub é respirar história. Quando você para e pensa que a maioria deles tem mais (em algumas vezes muito mais) do que 100 anos a mente vai longe. Já imaginou aqueles figurões de roupas exóticas da realeza tomando uma Guinness?

Os professores da escola costumam dizer que o pub é o lugar em que você pode vivenciar de perto toda a riqueza da cultura inglesa – beber, brigar e vomitar. =D

Brincadeiras à parte, os pubs são incríveis. Não só pelas cervejas espetaculares que você pode tomar, mas por tudo que caracteriza a instituição PUB.

Domingo, meio dia: cerveja, futebol e leitura matinal
Domingo, meio dia: cerveja, futebol e leitura matinal
Fish and chips com cerveja: autoridade suprema da gastronomia "pubiana".
Fish and chips com cerveja: autoridade suprema da gastronomia “pubiana”.

A diversidade cultural

Essa é uma das coisas que mais impressionam. Não sei se existe lugar no mundo com tanta gente de tanto lugar diferente como aqui. Nosso bairro, por exemplo, está repleto de afro-descendentes, turcos, indianos, judeus (com direito ao traje completo) e muçulmanos/muçulminas… daquelas que só mostram um pedacinho do olho.

Mas não para por aí. Andar pelas ruas é passear pelo mundo. São restaurantes típicos de centenas de países e sotaques esquisitos para todos os lado. Não é difícil, também, se deparar com uma roda de capoeira à beira do Tâmisa.

paranauê
paranauê
Queijos e salames italianos no mercado de Borough.
Queijos e salames italianos no mercado de Borough.

O problema dos ratos e os simpáticos esquilos

Os esquilos estão para os parques assim como os ratos estão para os metrôs. São milhares!

A prefeitura tem lutado para diminuir a população dos primos do Mickey Mouse do undergound – a explicação para a imensa quantidade de camundongos vem das obras que estão sendo feitas para as Olimpíadas de 2012. Existem canteiros em todos os cantos da cidade e a prefeitura já admitiu que não é possível evitar a superpopulação.

Já os esquilos vivem aos montes em todos os parques, são adorados por todos e estão sempre comendo um amendoinzinho.

Os "primos ricos" dos ratos são quase um patrimônio dos parques.
Os “primos ricos” dos ratos são quase um patrimônio dos parques.

Por falar em parques…

Um dos programas preferidos dos habitantes de Londres é deitar na grama. Não importa se é num grande parque ou numa área verde de 2×2. Eles estão sempre lá lendo, fazendo um picnic ou apenas lagarteando no sol.

E há de se concordar que fazer isso é deveras agradável. Ainda mais em um fim de tarde de um dia quente e ensolarado.

habitat natural
habitat natural
precisa de legenda? Regent's Park!
precisa de legenda? Regent’s Park!

 

Essas pequenas flores cujo nome eu não faço ideia são verdadeiras pragas - estão em todo os lugares.
Essas pequenas flores cujo nome eu não faço ideia são verdadeiras pragas – estão em todo os lugares.

Por hoje é só. Prometo fazer mais textos do cotidiano como esses. Acredito que seja uma boa forma de transmitir como as coisas são por aqui sem usar aquele olhar de turista.