Um café em Londres em que as grandes estrelas são os gatinhos

Um dos maiores pontos negativos de estar em Londres pra nós é ficar longe do Pivair, nosso gato, que está em Curitiba sendo mimado pelos “avós”. Se você tem um gato, cachorro ou qualquer outro companheirinho sabe a dor que é ficar longe.

piva

Mas, por sorte, na loucura de Londres, há de tudo um pouco: inclusive um cat cafe. Sim, um café em que o melhor não é o latte, o machiatto ou o mocha, mas os felinos.

O Lady Dinah’s Cat Emporium abriu suas portas em Shoreditch, no efervescente leste londrino, em 2013, através de um crowdfunding (financiamento coletivo) que arrecadou mais de 100 mil libras! A missão da casa é “prover um lugar calmo, quieto e relaxado em uma cidade que vive correndo em que as pessoas podem ser pessoas e gatos serem gatos”. A gente foi até lá pra matar um pouco da saudades do Piva e ver, na prática, como um estabelecimento tão incomum funciona.

O que fazer em Shoreditch e região

lady dinah cat cafe london-7 (Copy)

Logo na entrada há quadros com fotos, nome e descrição sobre cada gato.

lady dinah cat cafe - london (Copy)

O ambiente é todo pensado para os gatos serem gatos. Quantos você enxerga na foto?

lady dinah cat cafe london

nah

Se você é daqueles que não gosta de gatos e/ou está pensando que é nojento ter gatos passeando na sua mesa enquanto come, fique tranquilo. O nível de higiene da casa é máximo. E os gatos não são do tipo que vão querer uma mordida do seu croissant, acredite.  

Durante os 90 minutos em que ficamos lá (esse é o tempo máximo permitido), alguns dos gatinhos estavam dormindo, outros cumprindo bem seu papel de ignorar humanos, mas existiam os menos tímidos que gostavam de um chamego e de brincar. São cerca de 12 gatos residentes. No site (fim do post) você pode ver fotos de cada um deles e ler um pouco sobre os bichanos.

cat cafe em londres cat cafe em londres cat cafe em londres

cat cafe em londres

Dicas sobre o comportamento dos gatos estão espalhadas pelo café

O lugar é muito legal, especialmente pra quem ama esses animais incríveis. Você vai querer pegar todos no colo, mas já fica o alerta que isso é proibido, bem como fazer carinho enquanto eles dormem. Justo, né?

cat cafe em londres

posição vip observando a rua

cat cafe em londres

Camas pra todos os gostos

No site,  a lady Dinah dá a dica: “Sua experiência vai depender de como os gatos se sentem. Sua natureza independente é o que os torna tão maravilhosos e é o que faz os deliciosos momentos de amizade com eles serem ainda mais especiais. O mais importante é lembrar que se você estiver relaxado, os gatos estarão relaxados, e você vai se divertir muito mais com eles”.

cat cafe em londres

Se até então você está refletindo sobre se vale a pena ou não conhecer o Lady Dinah’s, meu conselho é que você avalie o seu grau de loucura por gatos. Se você é como a gente e não resiste a um prrrrr, não deixe de ir. Agora, se você não dá muita bola para gatos, pode pular. Você certamente achará coisas mais “a sua cara” pra fazer em Londres.

Uma dica extra é combinar sua ida ao café com uma visita a Brick Lane, ao Columbia Flower Market e/ou ao Spitalfields Market, passear pelas ruas de Shoreditch, curtir as artes de rua e tudo que um bom bairro hipster tem a oferecer. Uma cerveja na BrewDog é lei sempre que vamos pra lá.

lady dinah cat cafe - london

A reação das pessoas quando veem os gatinhos da janela é impagável

lady dinah cat cafe - london lady dinah cat cafe - london

Eu confesso que até a Nah resgatar o Piva da rua e trazer ele pra casa eu não era um grande fã dos felinos, mas bastou 24h para me apaixonar. Gatos são animais incríveis, aventureiros, carinhosos e super companheiros, ao contrário do que muita gente pensa.

lady dinah cat cafe - london lady dinah cat cafe - london

O que você vai comer

O grande motivo de visitar o Lady Dinah’s é ver os gatinhos e curtir uma experiência não muito convencional. Até por isso, não espere muito do cardápio. Além de chás e cafés, rolam croissants, scones, etc. Não há muita variedade. Mas você pode investir 36 libras (já com as 6 libras de entrada inclusas) e curtir um high tea, que inclui champagne, chá e comidinhas. No site (link no fim do post) tem detalhes.

lady dinah cat cafe - london lady dinah cat cafe - london

O que você precisa saber

  • Não arrisque ir até lá sem antes fazer uma reserva, que deve ser feita pelo site e custa £6.
  • Existem regras, como: não encostar nos gatos enquanto eles dormem ou comem; não alimentá-los; não pegá-los no colo.
  • Antes de entrar, você receberá instruções dos atendentes sobre o que mais pode ou não fazer.
  • Além do café, eles oferecem aulas semanais de Yoga e de primeiros socorros para pets que são conduzidas no mesmo ambiente em que os gatos estão.

lady dinah cat cafe - london-3 (Copy)

Outros cat cafes em Londres

A Thais, do blog Sete Mil KM, escreveu um post super legal sobre o London Cat Village, que também fica em Shoreditch a uns 15 minutos de caminhada do Lady Dinah’s. E pelo que ela escreveu, agendar horário não é regra. Ah, vale dizer que a Thais, dog person declarada, adorou!

Ao que tudo indica, James Bowen, autor do livro Um gato de rua chamado Bob, que conta a história de como Bob o ajudou a se livrar das drogas, vai inaugurar o seu cat cafe. Ele acabou de bater uma meta em um financiamento coletivo que levantou (até então) £158.000. Ficaremos de olhos em novidades!

lady dinah cat cafe london-6.5 (Copy)

Onde fica

  • 152 Bethnal Green Rd, E2 6DG
  • Como chegar: Descer na estação Shoreditch High Street e caminhar cinco minutos.
  • Mais detalhes no site.

lady dinah cat cafe london

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter e receba novidades!

Digite seu nome e e-mail. Você receberá um pedido para efetivar o cadastro. =)







Dê vida ao Pra Ver no Mundo. Comente!

Written by

Jornalista, 31 anos. Vivendo na Itália. Autor do Pra Ver no Mundo e sócio da London, agência de marketing de conteúdo. Vejo o home office e a vida de viajante como um estilo de vida.

Latest comments
  • Olá Dr. João,
    Adorei os gatinhos, só acho que O bigode deles, estão um pouco grande, dizem que por
    falta de um grito, se perde uma boiada, não custa nada pedir O dono do café pra ele cor-
    tar um pouco O bigode dos gatinhos, que na minha opinião, está um pouco grande, em –
    tempos deficies, uma maneira inteligente de sentir á felicidade de perto, é brincar com os
    animais, e se possivel, viver mais proxímo possivel perto da natureza. Obrigado mais uma
    vez Dr. João, quando tiver mais alguma novidade, lembre-se de mim. A.P.L. = 23/11/2015
    CHALLON

  • Johnny, que show.
    Eu sou totally a dog person, mas minha irmã adotou a Mel recentemente e comecei a gostar mais e me entender melhor com os felinos (mas eu sempre gostei deles também rs).
    Agora que sou papai do Lupin, tô totalmente voltado pro mundo canino, criei até a categoria Viajar com Pets no blog (http://thewaytravel.com.br/category/viajar-com-pets/). Quando for escrever sobre, essa dica vai pra lá creditando vocês, claro. ;)
    Agora me explica isso. Piva não tá aí com vocês??? Eu tava aqui, co meu coração tranquilo achando que ele tava numa vida de lorde… poxa!!!!!!! Leva ele! :)
    Bjão pra você e pra Nah!

  • Muito fofo!!! Miau

  • Nhom <3 Deu vontade de também ir conhecer o Lady Dinah's!

  • Olá, João. Seu post realmente trouxe leveza em tempos difíceis. Os gatos transmitem paz e serenidade, tornando o ambiente aconchegante – foi o que percebi ao observar o semblante das pessoas nas fotos. Londres sempre surpreendendo! Abraços, José Júnior.

  • Ai que máximoooo! Não sabia que tinha em Londres!
    No Japão eles estão por tudo quanto é canto né.. escrevi sobre um de Tóquio também <3

DEIXE UM COMENTÁRIO