8 dicas para lidar com a depressão pós-Londres

Natasha versão 2005 - foi aí que eu soube da existência dessa doença chamada depressão pós-Londres
Natasha versão 2005 – ainda saudável, pobre menina nem sabia o que a aguardava. Muaaaaaháhááá

Sempre que me perguntam como meu amor por Londres começou eu conto essa história…

Minha primeira ida a Londres aconteceu em 2005. Fui pra lá passar dois meses e meio estudando inglês e morando em uma casa de família. Detalhe: no inverno – entre dezembro e fevereiro, mais precisamente. Mas o frio e os dias curtos não me deixaram depressiva; muito pelo contrário, apresentaram uma realidade completamente diferente que me encantou.

E aí, meu amigo/minha amiga, quando eu voltei pra boa e velha Curitiba eu passei os mesmos dois meses e meio chorando dia após dia. Pois é, vivi uma forte depressão pós-Londres.

Como curar a depressão pós-Londres?

Há alguns dias, minha amiga de infância e leitora fiel do blog Priscila Bastos deixou um comentário falando que depois de passar alguns dias na Europa (em Londres, inclusive) tinha voltado pra casa e estava sentindo sintomas desse mal e me perguntou o que fazer para curá-lo.

Difícil, meus caros, mas não impossível.

Inspirada no comentário da Pri resolvi reunir aqui os remédios que eu tomo contra essa doença. Parece-me que ela é doença incurável, mas dá pra amainar a dor com a ajuda deles… 🙂

Assim, obrigada pelo comentário inspirador, Pri! 😉

1) Câmeras ao vivo em Londres

Não sei se você sabe, mas há em Londres diversas câmeras espalhadas mostrando em tempo real a vida na cidade. 🙂

E eu as amo. Vivo assistindo a Tower Bridge, a Abbey Road, o trânsito na cidade (alouca. haha) e sonhando em estar de volta lá.

Que tal fazer o mesmo?

Infelizmente não consigo disponibilizar um vídeo aqui, mas clicando nos links ali de cima você assiste às câmeras citadas anteriormente e clicando aqui você confere uma lista de outras várias câmeras espalhadas pela cidade. Alguns links estão quebrados, mas vale a pena clicar e fuçar pra achar vistas lindas da cidade para admirar… <3

Ah, e pra quem curte a Tower Bridge e quer saber quando ela vai levantar para abrir passagem para grandes navios, este é o link para se programar!

2) Filmes

Cantinho de Londres que foi cenário de filme. Sabe de qual? Tempooooo!
Cantinho de Londres que foi cenário de filme. Sabe de qual? Tempooooo!

Outro remédio que ajuda a combater a depressão pós-Londres são os filmes que se passam na cidade. E são muuuitos, né?

Tem Notting Hill, Match Point, Sherlock Holmes, O Discurso do Rei, A Rainha, V de Vingança, O Diário de Bridget Jones, Jean Charles, Mary Poppins (assisti esses dias, gente, tão lindo… <3), etc. etc. etc.

Qual seu preferido?

Porque eu amo Anna Scott e William Thacker, minha gente! 🙂

3) Livros

Há alguns dias comprei este livro pela capa:

charlotte street

Pois é, nem me preocupei muito com a história (se bem que parece legal, conto o que achar em breve), mas poutz, esse Parlamento todo lindão precisava vir pra minha estante não apenas pela imagem, mas justamente por se passar na minha cidade preferida, e porque acredito muito que os livros são a melhor forma de viajar sem sair do lugar.

E também existe um montão de livro bacana que se passa lá. Entre eles: série Becky Bloom, Anjo Mecânico, Oliver Twist (<3), A probabilidade estatística do amor à primeira vista (li recentemente e amei! :), Sherlock Holmes, Uma ponte para Londres (já falei dele, lembra?) etc.

Vale a pena viajar para Londres na companhia de personagens literários bacanas. 😉

Aliás, já que estamos falando em livros, pergunto: o que você acha de eu fazer resenhas dos livros que leio que se passam em Londres? Se gostar da ideia deixa um comentário que eu me programo. 😉

4) Músicas sobre a cidade ou de cantores locais

Aaaaah, o british accent! Ouvir uma musiquinha gostosa cantada por um cantor britânico é bom demais, né? 🙂 A gente já falou da Eliza Doolittle e da Kate Nash, mas tem muitos outros, como The Beatles (<3), Coldplay, Adele, Amy Winehouse, Lily Allen, Florence and the machine, Iron Maiden, The Clash, Kasabian, Mick Jager e por aí vai.

Tem ainda as músicas que falam sobre Londres. Reunimos algumas neste post, dois leitores acrescentaram outras duas e deve haver ainda mais outras tantas. Qual você acrescenta?

Minha preferida:

5) Ler blogs sobre Londres

Foto espontânea deste casal de blogueiros que te ama. hihi
“Foto espontânea” deste casal de blogueiros que te ama. hihi

Tem coisa melhor do que ouvir histórias de quem vive em Londres? Tem não! Fico feliz que você leia o Pra Ver em Londres, mas acho que você deveria ler (e curtir no Facebook, seguir no Twitter) também:

Sério, são todos incríveis e merecem sua visita. Vão ajudá-lo a sonhar ainda mais com a cidade. Lê-los é um remédio e tanto contra a depressão pós-Londres, eu agarantio! =D

6) Fazer outras viagens, nem que sejam menores

Tango Show!
Mi Buenos Aires querido

Pois é, minha gente, em tempos de libra nas alturas e passagens para Londres com preços elevados uma boa saída pra quem curte viajar é procurar destinos mais baratenhos. A gente fez isso em 2011. Tentamos curar nossa depressão pós-Londres com uma temporada de três meses em Buenos Aires (estamos reunindo os posts de lá aqui). Não curou, mas ajudou bastante. #ficadica

7) Planejar a próxima ida

Quando você define uma meta e começa a correr atrás dela o universo conspira a seu favor (já diria Sandy Leah). Estabeleça a data da sua próxima ida a Londres, comece a economizar, fique de olho no Melhores Destinos para conseguir uma passagem com preço bom (aliás, tá rolando promo! Clique aqui para ver) e se organize. A viagem vai sair do papel! 😉

8) Assumir a doença e falar sobre Londres

Por último, uma tática muito utilizada por esta blogueira que vos fala: sair falando sobre Londres com todo mundo que sofre do mesmo mal que você. Aqui em casa isso é fácil, porque eu tenho um marido tão doente quanto eu, mas se você não tem alguém dentro da sua casa que vive essa realidade não precisa se desesperar. O Pra Ver em Londres pode ser sede do “Viciados em Londres Anônimos” com o maior prazer. haha

Comente com seu nome, idade e cidade e bora reunir a galera pra uns debates sobre o tema. Que tal? hihihi.

Bom, essa aí e a nossa receita contra a depressão pós-Londres. O que você achou da lista? Acrescentaria algo? Contaê qual o seu remédio e ajude doentes a melhorarem sua qualidade de vida! 😉

Beijobeijo e até o próximo post,
Nah.

Gostou deste post e quer ficar por dentro das novidades do Pra Ver em Londres sempre que possível? Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter e receba novidades!

Digite seu nome e e-mail. Você receberá um pedido para efetivar o cadastro. =)







Compartilhe nas redes:

Veja também

188
Deixe um comentário

avatar
92 Comentários do tópico
96 Respostas do tópico
0 Seguidores
 
Comentários mais recentes
Tópico de comentário em alta
83 Comentário do autor
NahRosaneSCHALINE CORRÊAO que fazer em Londres em outubro | Pra Ver Em LondresPri Bastos Recent comment authors
  Inscrever-se  
Notificação de
Adi Loose
Visitante

Nah, acredita q eu comprei o livro pelo mesmo motivo?!! Viciadinhas hahaha ótimas dicas!! 🙂

Heloisa Righetto (@HeloRighetto)
Visitante

aaah adorei estar nesse post! tenho mais dicas literárias: os livros do Nick Hornby!!!

Heloisa Righetto (@HeloRighetto)
Visitante

aaah adorei estar nesse post! tenho mais dicas literárias: os livros do Nick Hornby!!!

Fernanda Scafi
Visitante

hahahaha AMEI esse post, acabei de compartilhar no fb do meu blog rs Aliás, estou postando sobre lá esses dias, então estou bem nessa de falar sobre a cidade com todo mundo rs Mas meu blog não é só sobre Londres não, é sobre viagens em geral.

Thalita Uba
Visitante

Depressão pós-Europa é algo completamente inevitável, fato. Acho que a única solução definitiva é ficar rico e voltar todo ano (ou mês 😛 ).

Ju
Visitante
Ju

Eu sofro dessa doença também 🙂
depois de minha primeira viagem internacional que foi para Londres, nunca mais pensei em outra coisa se não Londres.
Amo tudo, fotos, filmes, blogs, vlogs, posts de tudo que é tipo 🙂
Durmo e acordo pensando em Londres.
Penso que sou louca as vezes mas, é uma doença amar assim? eu estou doente desde 2010 🙂

Patricia Perez
Visitante
Patricia Perez

hauhauha tenho o livro tb, nao consegui passar do segundo capítulo, mas vou tentar terminar… é o jeito é planejar a próxima o/ Adorei o post

Taluana
Visitante
Taluana

Quando fui pra Disney em 97, nos meus 15 anos, passei por uma deprê bem intensa de uns 6 meses. Adolescente né… Mas quando sai de Londres, ainda em Heatrow começou minha deprê. Vim chorando no avião de lá até São Paulo. Foi muito intenso. Sonhei a vida inteira em ir pra lá. E ir, em lua de mel, sentir aquele cheiro, ver aquilo tudo… Foi incrivelmente bom. Preciso de mais, MUITO mais. Curo os sintomas da minha deprê com várias coisinhas: filmes, livros, fish and chips caseiro, Oystershell lindas que comprei pela internet… E acompanhando desesperada pra saber quando… Read more »

@Line_23
Visitante

Natasha, confesso que tem um tempinho que não venho por aqui, mas continuo te acompanhando no Twitter. Aliás, às vezes que a depressão pós-Londres bateu eu sempre passava por aqui e por alguns blogs que vc citou. Pra quem ficou apenas 4 dias corridos, é caso de vida ou morte não é nem depressão hahahaha Preciso voltar e já decidi que vai ser ano que vem, porque esse ano já tenho viagens programadas. Escreva sim sobre os livros que você leu! Assim, todos que sofremos de depressão pós-Londres agradecemos 🙂 Bjo Bjo

Pri Bastos
Visitante
Pri Bastos

É muito amor assistir ao vivo a movimentação de lá, sério Nati, to impressionada! haha Sherlock Holmes e Sherlock Holmes, acho o máximo <3 Ah, o sotaque britânico, como não amar Amy, Adele, Kate Nash, Florence? <3 Ouça esta, curto demaais, além da música ser super engraçada haha http://www.youtube.com/watch?v=8mgT8PDkTsA Pra ver em Londres é favorito aqui, preciso conhecer os outros \o/ Planejar a próxima ida, a nossa próxima ida está sendo uma das ideias mais loucas das nossas vidas, mas sei que tudo que eu preciso está aqui no blog e nas mil conversas que vamos ter Nati, desculpa, mas… Read more »

Mariana
Visitante

Guria, adorei esse post! Apesar de ter ficado um mês em Londres e dois em Viena, minha depressão é pós NY, que fiquei apenas 10 dias. hehehehe Eu sou totalmente obcecada por falar de NY. E qualquer coisa eu falo “nossa, mas que caro isso, é o mesmo preço de uma passagem pra NY” ou algo do tipo. Hehehe. Gostei de ver o link com a sua seleção sobre as músicas de Londres porque eu tô preparando um desse pra postar no Finestrino. Eu já fiz um com músicas de NY e o próximo será Londres, então vou linkar vocês… Read more »

Mirella (@mikix10)
Visitante

AMEI!!!! Sei como é essas depressões pós viagem!!!

Junior Kadeshi
Visitante

Gente! Eu pensava que era só eu. Tive a alegria de estar 3 vezes em Londres e todas as vezes que a deixei pra trás foi chorando. Passei a lua-de-mel lá, e acabei por contagiar a Juliana, depressiva-pós-Londres junto comigo até hoje! A gente foi pra Paris, depois Bariloche… mas Londres é a nossa paixão!

Malu
Visitante
Malu

Eu não conheço Londres… assim não tenho a depressão pós-Londres… mas lendo o post fiquei com depressão por não conhecer Londres. Assim, projeto de vida: quero conhecer Londres!!

Rosana
Visitante
Rosana

Ai, pessoal, eu sofro da mesma doença… Morei lá por dois anos e nunca me conformei em ter voltado… Graças a Deus passado por lá novamente em setembro!

Aldo Flores
Visitante
Aldo Flores

Olá Natasha, Minha primeira ida à Londres tbm foi em 2005, fiquei la por 5 meses estudando e trabalhando (fui garçom no Royal Albert Hall, em corrida de greyhounds, em um hotel em Chelsea Harbor, diversas festas de fim de ano de empresas diferentes, no estádio do Fulham FC etc…) e quando voltei pra casa, passei um bom tempo me lamentando por ter saído de la. Enfim, desde entao ja retornei a Londres 7 vezes e sempre me apaixono mais e mais. Na hora de voltar pra casa é uma depressao enorme! Nao tem jeito! O que me resta é… Read more »

Sylvia
Visitante
Sylvia

Oi Natasha! Adoro o blog e ainda estou passando por essa depressão!
Em dezembro passado fiz um intercambio pra Londres, fiquei 3 semanas apenas, mas foi o suficiente! Eu já era apaixonada pela cidade e depois da viagem fiquei mais ainda!
Quando voltei pro Rio, chorava todos os dias, não saía de dentro do quarto, nao parava de ver as fotos!
Já estou programando minha volta! haha

Beijo

bruna
Visitante

Oi, guria!!

To pra conhecer uma pessoa que não sofra desse mal!! Apesar de eu gostar mais da Escócia, tbm gosto muuuuito de Londres. Tanto q no tempo em que morei em Edimburgo fui 9 fds pra Londres!! E ano passado voltei por mais alguns dias.

Tudo q vc citou amenizam os sintomas, mas pra curar mesmo, só se mudando pra lá de “mala e cuia”!!

* sabe q tbm baixei esse livro no kindle esses dias pelo mesmo motivo?? Vi a capa e pensei: cenario em Londres, ruim nao deve ser hehe

Renata Solon
Visitante

Eu trouxe na bagagem, uma tonelada(rsss) de chá inglês, porque eu sabia que ia fazer falta. Todo dia de manhã, minha hostess fazia o chá inglês e eu adorava.
Estou sentindo uma imensa saudades da minha host Family. Não me apeguei ao meu curso de inglês, mas me apeguei a cultura do país!
Eu me vejo postando fotos e mais fotos no Facebook e vão me achar uma doida ou metida…
Uma semana vai fazer no sábado que cheguei da Inglaterra e no domingo estou indo para Bento Gonçalves, quem sabe mata esta saudade de ficar “secando ” o U.K.
Gostei do post! Abraços!

Luciana Rodrigues
Visitante

Acho que meu caso é muito grave (e incurável): outro dia a Helô Righetto do Aprendiz de Viajante fez um post sobre Londres… me fez lembrar de um dia lindo que passei em Holland Park com o marido e, simplesmente, comecei a chorarrrrrr na frente do computador. Sério!

Não me fale da cam de Abbey Road porque é lá que eu vivo (graças a uma hospedagem 0800) quando vou para Londres. Se vejo imagens de St Johns Wood, sou capaz de ter um infarto na frente do PC.

Será que psicanálise resolve?

Beijos, Lu

Natália Farkatt
Visitante
Natália Farkatt

Faz dois anos desde a primeira vez que fui a Londres e até hoje sofro dessa depressão hahahaha Outro livro que também fala bastante sobre londres é “One Day” do David Nicholls (e ainda tem o filme com Anne maravilhosa Hathaway e Jim maravilhoso Sturgess)

o blog de vocês é sensacional, parabéns!

Mari Arakaki
Visitante
Mari Arakaki

Eu não quero nem pensar no dia que irei me ver nessa situação!!! Eu fico 1 mês de férias no Brasil e já volto achando tudo encantador como da primeira vez! Londres é apaixonante, então acho que todos deveriam seguir todas suas dicas! Mas o que eu mais amo são os blogs! Ahh esses blogs que falam de Londres (<3) desde sempre fazendo eu me apaixonar mais e mais por Londres!
E em relação aos livros, 200% apoiada!!! Adoraria ler resenhas! Estou sempre procurando um bom livro pra ler!

Beijo beijo ;D

norma
Visitante
norma

Passei 5 anos la, fiz coisas inesquecíveis, casei, viajei, trabalhei, fiz tantos amigos, conheci muita gente. Ver coisas de lá pode deprimir mais ainda, o que os olhos nao veem o coraçao nao sente.

Fábio reis
Visitante
Fábio reis

Olá, adorei ter entrado nesse link!!!
Fui pra Londres em 2001 e voltei em 2008 e posso afirmar que desde que voltei não passo se quer um dia sem lembrar de Londres. Voltei fazem 5 anos e ainda não consigo nem rever fotos. Acho que meu caso não tem cura.
Bjao

norma
Visitante
norma

Natasha, estou na mesma que o Fábio, uma coisa é vc visitar, passar uns meses e rever fotos, isso é bom, mas é terrível vc ter passado parte da vida la, construir uma história e voltar, acho que pra isso nao tem cura, vc nao se encaixa mais, como dizia Einstein “A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original” . O jeito é tentar se readaptar e manter a mente longe de comparaçoes e lembranças… Caso contrário vc pode passar o resto da vida no passado…

Jessica Brito
Visitante
Jessica Brito

Oi Naty, Simplesmente amei a sua iniciativa de ter compartilhado um tema que faça a nossa dor amenizar! Meu nome é Jessica e tenho 22 anos, voltei de Londres à duas semana e meu coração dói imensamente por estar longe do lugar que chamo de “my home away from home”. A cidade é fascinante e por incrível que pareça foggy and raining days sempre me trazem boas lembranças, principalmente da minha infância. Tenho familiares britânicos na Cidade, e a maneira mais fácil de deixar a tristeza de lado é manter contato constante com eles, além de, é claro , sempre… Read more »

Alisson Pirola
Visitante
Alisson Pirola

Sabe quando vc passeava por London e escutava algumas “músicas de fundo”? Pois é… hoje eu dia é só eu ouvir tais músicas meus olhos já ficam marejados… O único mês que fiquei em London (recentemente, onde fui dia 20 de dez e voltei dia 21 de jan desse ano) foi o suficiente pra fazer essa ~~doença~~ gritar aqui “dentro do meu peito” (Sandy feelings) kkk Planejei a minha ida por anos… E cultivava a ideia London na cabeça desde que me conheço por gente que começou a amar a cultura britânica. Eu sinto tanta falta de lá… mas tanta… Read more »

Priscila
Visitante
Priscila

Apesar de nunca ter comentado dos posts.. acho q já li quase todos e hj me senti na necessidade de falar.. rsrs Em um dos seus posts, vc comentou q quem era “apaixonado” por alguém ou alguma coisa de verdade procura saber tudo sobre tal coisa.. E eu sou assim por Londres! E cada vez q acho alguma coisa interessante, algum detalhe, uma curiosidade q eu não sabia, me deixa ainda mais revoltada por não estar mais la! A vontade de voltar pra aquela cidade e’ imensa, e não vejo a hora desse da chegar. Porem, pra mim, ver vídeos,… Read more »

Priscila
Visitante
Priscila

Apesar de nunca ter comentado dos posts.. acho q já li quase todos e hj me senti na necessidade de falar.. rsrs Em um dos seus posts, vc comentou q quem era “apaixonado” por alguém ou alguma coisa de verdade procura saber tudo sobre tal coisa.. E eu sou assim por Londres! E cada vez q acho alguma coisa interessante, algum detalhe, uma curiosidade q eu não sabia, me deixa ainda mais revoltada por não estar mais la! A vontade de voltar pra aquela cidade e’ imensa, e não vejo a hora desse da chegar. Porem, pra mim, ver vídeos,… Read more »

Flávia Ximenes
Visitante
Flávia Ximenes

Olá, eu acabei de chegar de Londres. Acabei mesmo, tipo, 1h atrás… E realmente já estou na depressão pós Londres. E olha que não é a primeira vez que fui. Bem, a intenção não era falar sobre minhas viagens. Vi o tópico sobre livros e, por pura coincidência – coincidência mesmo, eu juro -, durante o vôo de ida comecei a ler um livro que se passava na Londres dos anos 60. Havia baixado uma porção de livros para ler o tablet e esse foi um deles. E ontem eu terminei o livro, enquanto estava no hotel, fazendo nada, esperando… Read more »

Silvia Bug.
Visitante
Silvia Bug.

Eu li este livro ” A ultima carta de amor”, e realmente é muito fofo..dá vontade de saber o que irá acontecer na pagina seguinte. Esta autoria tem outros livros que são ótimos tb!
Qto a Londres..ahhhh London! Fui 3 x..e é realmente inesquecível, sempre tem algo novo. A gente não se cansa de ver as meninas com aquelas mini saias com um vento lascado e elas nem aí pro frio. Ou então os rapazes com seus cabelos milimetricamente penteados e o vento sem desarrumar um fiozinho sequer! hauhauahuh O clima da cidade é único. Bons tempos!

Amanda
Visitante

Morei em Londres por 1 ano e pouco. Confesso que nenhuma dessas dicas funcionou comigo. Eu só quero chorar quando vejo fotos de Londres, e evito ver os filmes. Agora fazer viagens, e coisas diferentes ameniza a saudade.
Tenho até receio de voltar lá e não querer voltar. hehe

Norleide
Visitante
Norleide

É a primeira vez q visito seu blog. Amei… Meu filho único vai pra Londres em setembro e eu pretendo visitá-lo (ops pretendo não,EU VOU rsrsrs). Interessante o q vc escreveu pq nas nossas conversas pré-Londres ele se diz mais preocupado c a volta,ou seja,o pós-Londres!!!!!Então acho bom a gente ir se preparando pra uma bela depressão pós-Londres né?? Bjinhos

Lorena Nogaroli
Visitante
Lorena Nogaroli

Nah, que ótimo o seu post. Pensei que só eu sofresse desse mal. Mas a minha depressão só passa quando eu volto pra lá…

Claudine
Visitante
Claudine

Nossa, me identifiquei total! Preciso de um anônimos de Londres!

PS: comprei o livro pelo mesmo motivo mas a história é fraca, com uma idéia boa

Claudine
Visitante
Claudine

Nossa, me identifiquei total! Preciso de um anônimos de Londres!

PS: comprei o livro pelo mesmo motivo mas a história é fraca, com uma idéia boa

Bruno José
Visitante
Bruno José

Ahh meu deus! Eu sofro de depressão pós Londres com antecedência! Minha primeira ida a cidade esta marcada para janeiro e eu não vejo a hora de chegar la! Adoraria ver resenhas sobre os livros que se passam na cidade! Ja estou viciado no seu blog 🙂

Andreza
Visitante
Andreza

Natasha parabéns! Simplesmente adorei. Passei 3 meses em Londres fui o ano passado, e faz exatamente um ano que voltei daquele paraíso.Meus primeiros meses de volta a Sampa foram terríveis e sinto saudades todos os dias!!! Por isso super apoio a idéia do Viciados em Londres Anônimos estou dentro!! Bjs!

halini
Visitante
halini

Ameeeei o post! a minha depre é crônica já, sem cura! hahahaha
tres vezes de férias em Londres, tres anos numa constante inquietação querendo voltar e sonhando diariamente.
OBS: Eu também comprei o livro pela capa! hahahaha to lendo ele agora, é bem legal 😀

Juliana
Visitante
Juliana

Uma amiga comentou sobre esse post e, claro, como uma London lover.. devorei! rs… Morei em Londres durante 1 ano, entre 2003 e 2004. Voltei por alguns dias em 2008.
E gente… posso falar? A paixão não passa: até hoje, sinto vontade de voltar e morar lá. Posso dizer que aprendi a viver com essa deprêzinha… rs… Mas a paixão… nossa! Morei na Bélgica e nào foi a mesma coisa. Londres é realmente apaixonante!

ERIC NUNES
Visitante
ERIC NUNES

adorei apesar de nao funcionar bem pra mim pois me da mais saudades …..

Jeferson
Visitante

Adorei as Dicas apesar que adoro td sobre Londres, quando vejo fotos meu coração bate com mais intensidade, Vamos manter aqui o contato e falar um pouco das experiencias, trabalhos baladinhas hummm td de bom, ja pensou em encontrarmos aqui pessoas em comum? seria muito bom abraços

Marcinho
Visitante
Marcinho

Natasha, não sei em q período vc ficou em Londres, porém estou pra ir em Dez, na semana do Reveillon, porem varios sites que li me informaram que sera a maior furada, primeiro pq estarei sozinho e depois q sera mto lotado, mto frio e a condução pra voltar sera pessima, e agora, o que fazer??? Estou num dilema horrivel!!! Obrigado!!!

Fábia
Visitante
Fábia

Olá,Natasha…. Amei seu post e o blog todo,é muito bom encontrar outras pessoas que têm em comum esse amor por Londres,não é todo mundo que pode compreender esse sentimento por uma cidade estrangeira,que não faz parte do nosso país.Estou sofrendo demais da conhecida depressão pós-Londres,fui recentemente a esta cidade apaixonante e passei apenas 6 dias,mas foi suficiente para eu ficar completamente ENCANTADA e DEPRESSIVA por ter de voltar à dura realidade no Brasil.Estive em Londres especialmente para assistir a 3 concertos do meu ídolo,Mark Knopfler,no Royal Albert Hall(fiquei do dia 26/05 a 01/06),só pelos shows eu já sabia que Londres… Read more »

Caroline
Visitante
Caroline

Como todo viciado em Londres deve ter suas loucuras, uma das que mais faço é ficar passeando pelas ruas com o google map, como se estivesse lá. rs,,

Tonico
Visitante
Tonico

Dei uma pausa no trabalho, só pra te mandar um beijo.
O pai gosta muito!!!

Thais Lima
Visitante

Oi Natasha,

muito legal o seu post! Moro em Londres de 2005 mas em 2010 eu tive que passar 1 ano no Brasil e foi o suficiente pra eu pirar de saudades de Londres. Amo essa cidade e adotei como minha. Na minha volta do Brasil em 2011 acabei decidindo também fazer um blog sobre Londres e minhas percepções da cidade. Se tiver um tempinho passa la: http://www.thaisemlondres.com
Beijos

Thais Lima
Visitante

Oi Natasha,

muito legal o seu post! Moro em Londres de 2005 mas em 2010 eu tive que passar 1 ano no Brasil e foi o suficiente pra eu pirar de saudades de Londres. Amo essa cidade e adotei como minha. Na minha volta do Brasil em 2011 acabei decidindo também fazer um blog sobre Londres e minhas percepções da cidade. Se tiver um tempinho passa la: http://www.thaisemlondres.com
Beijos

Jessica
Visitante

Acabei de descobrir o blog! Estou amando mas pausa pra esse post: vc esteve em Londres pela primeira vez ao mesmo tempo que eu! Peguei aquele inverno todo e tb não me abalei! Foi a coisa mais linda do mundo! Esse livro eu comprei em dezembro, mas até hoje não consegui ler… estou morando na França desde janeiro e trouxe o livro mas estou estudando tanto que deixei o coitadinho de lado!!! Depois de 2005 eu voltei em 2009, e semana que vem estarei indo novamente! Estou de ferias do trabalho e minha mae vem me visitar e sera a… Read more »

Diego
Visitante
Diego

Maneirissimo….depre pós londres foi tudo….é complicado mesmo, estou para ir com minha esposa ano que vem (2014) ficar 1 ano, já estive na europa…tudo é lindo…espero não passar por isso…rsrsrs….dificil né?! eu sei….

Bryan Nege
Visitante
Bryan Nege

Adorei o post… leio sempre para matar as saudades de Londres. Estou no Brasil há 5 anos, depois de 10 anos na Europa, inclusive Londres ! Um outra dica super legal que uso é ouvir rádios de Londres… Capital FM London é o que mais ouço e mato saudades… fecho os olhos e me sinto lá… Obrigado pelas dicas… Abraços com sabor de Oxford Street ! 🙂

Natasha & João

Somos um casal de jornalistas que viaja em busca de boas histórias para compartilhar com você desde 2010. Nosso objetivo não é apenas dar dicas de viagem sobre esse ou aquele destino, mas promover reflexões e inspirar.

nej_rodape

Assine nossa newsletter e receba dicas em primeira mão!