EDITORIAS
 

Bastidores do Cycle Hire: o projeto das bicicletas como alternativa ao caos urbano

Pedale e seja mais feliz

Pedale e seja mais feliz

Há alguns dias falamos sobre o Barclays Cycle Hire, projeto que visa fazer de Londres uma cidade cycle-friendly. Os detalhes do programa estão no artigo (tem vídeo também).

Estou voltando a falar sobre o assunto porque ontem, enquanto andávamos pela região do Soho, vimos operários trabalhando na montagem de uma das 400 docking stations (estacionamento das bikes). Fizemos um vídeo pra mostrar pra vocês como será. O sistema é muito simples e eficaz.

Update com informações interessantes

É hoje! Mais milhares de bicicletas nas ruas de Londres, por uma cidade mais verde, mais agradável, menos caótica. No entanto, o projeto “bikes do Boris”, como está sendo chamado o sistema de aluguel de bicicletas criado pelo ciclista-político Boris Johnson, não vai chegar perfeito à capital inglesa. Pelo menos foi isso que admitiu ontem o próprio Johnson em uma declaração dada à imprensa local.

De acordo com o prefeito, aproximadamente 1.300 bikes (das 6.000 prometidas) não estarão disponíveis hoje, lançamento do projeto. Além disso, mais ou menos 3.00 dos 10.200 pontos para retirada e devolução de bikes também não ficaram pronto em tempo. Quem imginaria que isso aconteceria aqui? =/

Mas, de qualquer forma, Johnson afirmou que até o começo da semana que vem tudo estará devidamente instalado e funcionando!

A animação dos Londoners

Nos primeiros dias do novo projeto de Londres, apenas as pessoas que fizeram cadastro antecipado na internet poderão utilizar as bikes do prefeito. Até ontem, de acordo com o jornal London Evening Standard, cerca de 10.410 pessoas tinham solicitado suas chaves de acesso. No entanto, o jornal alerta que de nada adianta apenas se cadastrar; é preciso completar o processo ativando sua chave – também pela internet -, o que apenas 4.026 pessoas tinham feito até o fechamento do jornal.

Apps para Iphone, Blackberry e celulares Android

E já tem uns espertinhos querendo ganhar dinheiro com a ideia do prefeito londrino. Eles estão desenvolvendo aplicativos para Iphone, Blackberry e smartphones com sistema operacional Android para que os ciclistas tenham em suas mãos os mapas com todos os pontos da cidade em que é possível alugar e devolver uma bike, já que durante o período de testes muita gente reclamou que era difícil encontrar as estações, uma vez que elas quase sempre não estão nas principais ruas, mas nas que as cercam. Bacana, né?

Dê vida ao Pra Ver em Londres. Comente!

Written by

Jornalista, 31 anos. Vivendo na Itália. Autor do Pra Ver no Mundo e sócio da London, agência de marketing de conteúdo. Vejo o home office e a vida de viajante como um estilo de vida.

Latest comments
  • Desejo de ter isso aqui no Brasil! No entanto, me parece inviável :S

    • Todos queremos, Karla… Quem sabe um dia, né?!

      Enquanto isso, vamos aprendendo para que quando adaptarmos a ideia para terras tupiniquins ela seja ainda mais eficiente. (Pra sonhar não paga imposto, paga? hehe).

  • Da última vez que estive em Sampa, implantaram um sistema de ciclovia parecido com de Paris, acho que já é um começo. Quanto maior as opções de locomoção, melhor para o trânsito, ainda mais para uma cidade grande como São Paulo.

    Massas os posts! continuem…

    Abraço

  • Em SP além da burocracia o que mais impede uma cidade amiga-das-bikes é a topografia e a grande distancia que quase todos os moradores percorrem todos os dias para estudar e trabalhar.

    Foram feitos alguns estudos e bike ainda é uma solução, mas longe de ser a definitiva.

    Acho que uma saída é combinar metro+bike rotativa, aá grandes distancias vamos de metro (a qualidade é excelente apesar da malha-estações serem poucas) e pequenas distancias pedalando.

    • Olá, Fabio!

      Essa ideia de metro + bike rotativa me parece perfeita, e é mais ou menos a ideia deles por aqui – já que pedaladas de até 30 min saem de graça. Só podia ter um preço combinado do uso de bike + metro, né?!

      Acho que esse tipo de discussão é muito importante para conseguirmos implementar novas políticas de transporte – e até mesmo de saúde – no nosso Brasilzão.

      Você é de Sampa mesmo?
      Em Curitiba, tem uma ideia nova surgindo a favor das bikes; ela está definida no site http://www.votolivre.org/
      Dá uma conferida quando tiver um tempinho! ;)

      Obrigada pelo seu comentário.

      Natasha.

LEAVE A COMMENT