EDITORIAS
Boas histórias de viagem por um casal de jornalistas
 

Londres a pé: Roteiro em Greenwich, um dos melhores bairros de Londres

Greenwich é, em minha modesta opinião, um dos melhores bairros de Londres. Fiz questão de preparar esse post porque percebo muita gente deixando a região de lado quando visita a cidade, talvez pela falta de uma estação de metrô.

Tenho uma teoria! Posso estar errado, mas pensa comigo: o fato de o mapa do metrô de Londres ser absurdamente completo e abrangente faz com que Greenwich transmita a impressão de que fica longe demais. Um universo paralelo. Dia desses, ouvi alguém dizer que ia para Londres e Greenwich. Hehe

Só que isso não é verdade, nem de perto. Chegar em Greenwich é fácil, fácil. E ,mais do que isso, altamente recomendável. Espero, de verdade, que após ler este post você inclua o bairro em sua lista pra ver em Londres. ;) Garanto que vai passar um dia perfeito. Quem sabe dois, três… Atrações para isso não faltam.

bairros de londres - greenwich - meridiano

A Nah está sentada sobre a linha do Meridiano. Tá vendo aquela bola vermelha? Ela fica no topo da Flamsteed House, principal sala do museu do Observatório. É um dos primeiros sinalizadores de tempo do mundo. Foi construída em 1833 para ajudar os comandantes dos navios que cruzavam o Tâmisa a se situarem. Ela também era fundamental para os londrinos, pois, na época, relógio era artigo de luxo. Diariamente, às 12h55 a bola se ergue até a metade do mastro. Às 12h58 chega ao topo e, exatamente às 13h, ela desce novemente. Dessa forma, os navegadores sabiam a hora exata. Isso se repete diariamente desde 1833. Curioso, não?

Pausa para filosofar: Estará em Greenwich a resposta para “o sentido da vida, do universo e tudo mais?”. Se você não leu O guia do mochileiro das galáxias, para tudo e vai atrás do livro. É ele que a Nah está lendo. Cenário perfeito, né?! Em tempo, Douglas Adams, autor do clássico e antigo membro do Monthy Phyton, hoje descansa neste lindo cemitério em Londres.  Um programa inusitado pra se fazer, mas super legal!

–> Importante: esse post é o segundo da série Roteiros a pé em Londres. O primeiro foi sobre London Bridge a Tower of London. 

Mapa de Greenwich com todas as dicas que vou apresentar na sequência

O mapa abaixo reúne todas as atrações que cito no post. Pouca coisa, não? =) Ele vai te ajudar a visualizar distâncias e traçar rotas. Use e abuse à vontade.

Muito além da linha do Meridiano

Há muito o que se ver e fazer em Greenwich. Por isso, vou reunir aqui uma sugestão de passeio para um dia todo, combinado?

Minha sugestão é que chegue de barco, via Thames Clippers. Nesse post explicamos todos os detalhes sobre esse fantástico modal do transporte público de Londres. Pra resumir: o Clippers é um barco que cruza a cidade toda pelo Tâmisa. Tem vários pontos ao longo do rio. Greenwich é um deles. Ou seja, você já chega em alto astral, porque o passeio é lindo! Ver Londres de dentro do rio é uma experiência que recomendo a todos.

bairros de londres - greenwich - thames clippers

Foto tirada de dentro do Clippers. No trajeto você passa por baixo da Tower Bridge, só pra citar uma das “atrações” do percurso

Museus diversos

Ao desembarcar, você vai dar de cara com o Cutty Sark, o veleiro que durante o século XVIII fazia a rota do chá entre a China e o Reino Unido. Desde 1954 está ancorado em Greenwich e, além de dar um charme incrível a região, abriga um museu top! Já contamos tudo sobre ele aqui.

cutty sark - museu londres

Ao fundo, o Cutty Sark, que contribui muito para tornar Greenwich um lugar tão especial

Se você é do time que curte museus, vale muito dizer além do Cutty Sark, Greenwich abriga mais três:

Royal Observatory Museum: É ao lado dele que fica a famosa linha do meridiano de Greenwich. Lá dentro você pode aprender sobre a história da astronomia, conhecer a casa e o “escritório” dos astrônomos que lá viviam e trabalhavam desde 1675, quando o observatório foi construído, ver exposições iradas de fotografia e, de quebra, visitar o fantástico planetário e viajar pelo espaço em um tour guiado. Rolam várias exibições durante o dia. Sugiro que visite o site para saber mais sobre o museu. Qualquer hora a gente escreve um post só sobre ele porque vale muito a pena. Uma ótima pedida pra levar crianças, aliás.

Parte do museu é grátis e parte é paga. Para pisar na linha do Meridiano, visitar a Câmara Obscura, ver a Bola do Tempo que citei na legenda da primeira foto e a exposição de fotos, por exemplo, você não paga. Mas para os shows do planetário e a Flamsteed House, que é o lindo prédio original do observatório, sim. Preços aqui. Ah, vale dizer que ele fica dentro do Greenwich Park e ao lado do mirante que oferece essa vista espetacular.

greenwich park - londres

Visual mágico de Canary Wharf (plano de fundo) a partir do Greenwich Park. O prédio no centro da foto, no primeiro plano, é o museu The Queen’s House. O National Maritime está logo à esquerda. Ao fundo, antes do rio é o lindo campus da Universidade de Greenwich

National Maritime Museum: o maior museu marítimo do mundo. Sendo a Inglaterra uma das maiores forças navais de todos os tempos, pode esperar muita história e curiosidades. Nunca visitamos, então não posso dar uma opinião mais apurada, mas não tenho dúvidas que é uma visita que vale a pena se você curte as grandes navegações.

The Queen’s House: Esse é o museu com a pegada mais tradicional da região. Ao visitar “a casa da Rainha”, você vai poder ver como era uma moradia real no século XVII. Além disso, tem galerias com obras dedicadas a retratar as grandes viagens do capitão Cook (um dos maiores nomes da navegação inglesa, Cook foi, seguramente, um dos grandes viajantes que o mundo viu), outra que retrata a história das grandes guerras do século XX e por aí vai. Atualmente, de vez em quando rolam uns casamentos por lá. Que tal? A Nah já visitou as instalações e disse que é bem bacana! :)

Dica quente: se você se interessou em conhecer os três museus sugiro que veja os combos de ingressos aqui. Você pode conseguir um bom desconto.

Greenwich Market: um mercado de rua delicioso

De antiguidades a peças de design, passando por incontáveis delícias e achados. São quase 120 tendas que, juntas, oferecem um pouco de tudo. O mercado acontece, pasme, desde 1737. É claro que naqueles tempos a pegada era diferente. Se antes o foco era comercializar carnes e vegetais, hoje a diversidade impera.

Um dos grandes atrativos do Greenwich Market atualmente é que você pode ver muita coisa num espaço não muito grande, o que torna a missão de percorrê-lo relativamente fácil (lembre-se que sempre é super movimentado). Outro ponto positivo é que a cada dia da semana você verá um mercado diferente. Entenda:

  • Ter/Qui/Sex: antiguidades, objetos colecionáveis e comidinhas
  • Ter/Qua/Sáb/Dom: artesanatos, design e comidinhas

Se você curte tudo isso, o Greenwich Market é imperdível!

bairros de londres - greenwich - greenwich market

Greenwich Park 

Londres é a capital mundial dos parques! Ok, essa afirmação é minha, mas não seria injusta. O que não falta na cidade são espaços verdes. E o Greenwich Park é lindão! É lá que fica a linha do Meridiano, o Observatório e um dos lugares mais tops pra ver Londres do alto. O parque é imenso e cenário perfeito pra um picnic nos dias de verão. No inverno, apesar do frio, é um convite a fazer belas fotos. A paisagem fica linda. Essas fotos foram feitas no fim do outono.

bairros de londres - greenwich

bairros de londres - greenwich

Dica: pertinho do Cutty Sark, tem o supermercado Marks & Spencer, lugar perfeito para comprar delícias para o seu picnic. Ele está marcado em laranja no mapa.

Visite uma cervejaria artesanal: fábrica e restaurante

Em Greenwich fica a sede da Meantime Brewery, reconhecidíssima cerveja artesanal de Londres. Lá você pode fazer o tour e conhecer a cervejaria por dentro. Além do tour, a Meantime tem um bar/restaurante fodão que fica em outro lugar, também em Greenwich. Ambos estão sinalizados no mapa. Aliás, não é difícil encontrar as cervejas da marca em lojas especializadas no Brasil, viu? A Chocolate Stout deles é sensacional!

Você sabia que a gente organiza um tour de pubs em Londres? A gente guia pessoalmente. Saiba mais sobre "A rota da cerveja artesanal em Londres"

Você sabia que a gente organiza um tour de pubs em Londres? Nós dois guiamos pessoalmente. Saiba mais sobre “A rota da cerveja artesanal em Londres”

Pubs que recomendados na região

Dá pra fazer um belo pub crawl nessa região de Londres. Caminhando pelo Tâmisa a partir do Cutty Sark (o veleiro), você vai encontrar os seguintes pubs em sequência:

  • The Trafalgar
  • The Yacht
  • Cutty Sark

Todos são super aconchegantes, com ótimas vistas para o rio e boas cervejas. Os três estão bem sinalizados no mapa!

bairros de londres - greenwich - pub crawl em greenwich

Esse é o segundo pub do seu pub crawl particular em Greenwich =)

bairros de londres - tour de pubs em greenwich

Essa ruazinha linda é a que você vai percorrer entre um pub e outro no seu tour de pubs particular em Greenwich

bairros de londres - greenwich - pub crawl em greenwich

No Cutty Sark, pub que leva o mesmo nome do veleiro museu, você poderá tomar uma cerveja com vista para o Thames e para  a O2 Arena

Além desses, um pouco distante dali fica o Greenwich Union, que é o melhor pub dedicado à cerveja artesanal na região.

bairros de londres - greenwich union - tour de pubs em greenwich

No Greenwich Union, a estrela da casa é a Meantime, claro. Mas você vai poder saborear uma infinidade de boas cervejas do mundo todo.

Onde comer em Greenwich

Minha primeira sugestão é que você coma no mercado de rua. Não faltam ótimas opções lá dentro. Mas vale dizer que em Greenwich tem uma unidade do Jamie’s Italian, restaurante italiano do chef pop star Jamie Oliver. Comida muito boa com preço justo. Anexo ao restaurante há uma deli com coisinhas gostosas e objetos de decoração assinados pelo Jamie pra você levar pra casa. Já escrevemos sobre ela aqui

Outra sugestão é o Goddard’s, uma casa especializada nas tradicionalíssimas pies (tortas) inglesas. Já escrevemos sobre ele aqui. Uma experiência que vale a pena se você curte provar tradições locais.

Goddards - traditional pie and mash

Por fim, num bequinho que fica nos arredores do mercado, tem o RedDoor, que é um café bem gostoso que serve bolos incríveis e tem uma atmosfera que vai te sugar por horas se você se permitir. Tem post aqui. 

A primeira loja do mundo fica em Greenwich

Essa é a tal da cultura inútil, mas que ao mesmo tempo é superlegal. A Nauticalia não é a loja mais antiga do mundo, mas é, literalmente, a primeira. Ficou confuso? Ela leva esse crédito simplesmente porque é a primeira loja depois da linha do Meridiano. Situada na longitude 00º00.4’ oeste, é dedicada a vender produtos náuticos. O que mais seria, não? Boa opção pra comprar um presente se você tem um aficionado pelos sete mares na família.

bairros de londres - nauticalia

Essa é, oficialmente, a primeira loja do planeta Terra

Uma loja que merece sua visita

Dentro do mercado fica a Arty Globe, loja de um artista local que vende camisetas, aventais, bonés, imãs de geladeira e por aí vai com ilustrações lindonas de Londres. Eu, que sempre penso 37 vezes antes de gastar dinheiro com essas coisinhas, não resisti e comprei um avental por lá. É difícil sair da loja sem levar nada.

bairros de londres - greenwich-9

A Arty Globe fica dentro Greenwich Market. Vale muito a visita. No site você pode conhecer mais sobre o trabalho de Hartwig Braun (www.artyglobe.com). Prestigie os artistas locais!

E o que mais fazer em Greenwich?

Olha, essas dicas que reuni aqui são suficientes pra você se perder em Greenwich por mais de um dia sem esforço. Sugiro que pense bem no que mais te interessa e organize um roteiro com calma. Se precisar de alguma ajuda conte com a gente.

A grande dica de Greenwich é esta: bata perna, explore todas as ruazinhas ao redor. Você vai se apaixonar – e encontrar boas livrarias, lugares legais para comer, lojas diversas, pubs e cafés aconchegantes e casinhas lindas com aquela arquitetura típica de Londres.

pra ver em londres - roteiro em greenwich

Bônus: saia de Greenwich em grande estilo

Pra fechar seu passeio com chave de ouro, sugiro que você pegue o DLR na estação Cutty Sark com destino a Canary Wharf (Jubilee Line), Bank (Central Line) ou Tower Hill (District e/ou Circle Line). Nesse trajeto você vai “sobrevoar” a região de Canary Wharf, que é linda, moderna e muito diferente da velha Londres de guerra. É mais um passeio turístico que você pode fazer quase de graça.

É isso. Seu dia acabou, mas as lembranças e histórias pra contar são eternas! Agradeça a Greenwich. Agora você já conhece o centro do planeta.

bairros de londres - canary wharf

O DLR passa pelo meio desses prédios, na região de Canary Wharf. Ali estão algumas das principais instituições financeiras do mumdo. É uma área supermoderna e diferente da tradicional Londres. Vale o passeio!

Como chegar em Greenwich: além do Clipppers e do DLR

Como disse anteriormente, recomendo ir e vir de Greenwich usando o Thames Clippers ou o DLR. Mas existem várias outras opções! O trem de London Bridge, por exemplo, leva cerca de 10 minutos. Essa é uma ótima opção para quem tem pouco tempo. ;) Mas tem mais!

  • Trem: Você pode pegar o trem de Waterloo East, Cannon Street, London Bridge ou Dartford e descer na estação de Greenwich.
  • Underground: A estação mais próxima é a North Greenwich. De lá, é preciso pegar o ônibus 188 sentido Greenwich town centre. O trecho no ônibus dura menos de 15 minutos. Outra opção é descer do metrô em Canary Wharf, pegar o DLR e descer na estação Cutty Sark for Maritime Greenwich.
  • Ônibus: 129, 177, 180, 188, 199, 286 and 386 – sentido Greenwich town centre.

E aí, gostou do roteiro?

Aproveite Greenwich. Depois vem aqui e me conta o que achou, pode ser? =)

Aqui está o mapa novamente pra facilitar sua jornada:

Enjoy! :)

João

Quer receber novidades em primeira mão e conteúdo exclusivo? Assine nossa lista de e-mails. =)

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter e receba novidades!

Digite seu nome e e-mail. Você receberá um pedido para efetivar o cadastro. =)







Dê vida ao Pra Ver em Londres. Comente!

Written by

Jornalista, autor do Pra Ver Em Londres e empreendedor digital. Vejo o home office como um estilo de vida, faço parte da revolução da bicicleta e acredito que morar em países diferentes de tempos em tempos é fundamental.

Latest comments
  • Muito bom o roteiro, pena que quando fui não aproveitei desse tanto. Mas deu pra comer no mercado de rua, conhecer o park, o museu e linha do meridiano. Uma coisa que fizemos e que dá pra aproveitar é passear pelo Emirates Air Line que fica perto. Muito legal andar no bondinho, até porque é uma atração que não dá tanta gente.

  • João, menino! Vc tá dos mais “escrevedor” nesse blog, tô curtindo!

    Não sei se vcs sabem, mas a razão pela qual eu resolvi ir a Greenwich é uma só: Pra Ver em Londres. Eu tinha essa visão boba aí, de achar que era longe, que era contramão, que não tinha nada de demais.

    Pois bem, por conta daqueeeeeele post do bondinho das arábias (também conhecido como Emirates Air Line) resolvi dar uma chance à “tal” Greenwich. Desci por lá e fui andando mesmo até o mercado, passei pelo observatório e pelo Cutty Sark e no fim ainda fui andando até Blackheath pra assistir aos fogos do 5th of November. Pois é, amigos, foi um dia e tanto! Todas as minhas fotos daquele dia estão no instagram com a hashtag #praveremlondres pra confirmar! :) hahahaha

    Pra quem ainda está pensando se deve incluir esse passeio numa rápida visita a Londres, digo: siga a dica desse casal top aí! Assino embaixo de olho fechado!

    Beijão!

  • Simplesmemte maravilhoso! Da próxima vez que for a Londres, vou procurar vocês para um tour. Parabéns pelas excelentes dicas!

  • Adorei mais este mini roteiro á pé. Pelas imagens deve ser um local maravilhoso.
    Obrigado

  • Olá, João! Gostei muito deste roteiro! Destaco os meus preferidos: o mercado de rua, o parque e os pubs. Você me convenceu a conhecer Greenwich em uma próxima ida a Londres. Fico imaginando as fotos que vão sair desse passeio incrível, pois o cenário é demais! Abraços, José Júnior.

  • João…perfeita sua explicação sobre Greenwich ! como professora de GEOGRAFIA te parabenizo. Confesso que embora depois de ter ido várias vezes nesse local,que amo de paixão ,você contribuiu com algo interessante para mim, nunca tinha observado a BOLA do TEMPO e o porquê da movimentação da mesma, obrigada, você está me forçando a voltar …O Greenwich Market é mesmo um dos melhores de Londres.

LEAVE A COMMENT