Noites num cottage em Pickering e os encantos do interior inglês

Mesmo que algumas histórias demorem um pouco mais do que deveriam para serem contadas, cedo ou tarde elas chegam ao fim.

Hoje é dia de contar o capítulo final da viagem que fizemos para a região de Yorkshire há pouco mais de um ano. Quer acompanhar a viagem do início?

Pickering entrou em nosso roteiro por um acaso feliz. Quando estávamos planejando a viagem, nossa primeira regra era a de que ficaríamos hospedados em um cottage, uma daquelas casinhas medievais, de pedra, características do Reino Unido.  Não sei vocês, mas eu sonho em um dia viver num cottage em um vilarejo qualquer no interior inglês.

pra ver em londres - pickering - north yorkshire  - cottage

Como sempre, em nossa página do Google Plus tem fotos que não estão aqui: https://plus.google.com/u/0/b/107311324167195467141/photos/+Praveremlondres/albums/6111072243975193425

Por que Pickering?

Não foi fácil chegar ao cottage que escolhemos em Pickering. Isso porque eu sou extremamente criterioso nos padrões de escolha de hospedagem. Ou chato, se preferir.  =)Por mais que o lugar em que dormimos numa viagem geralmente seja o que menos passamos tempo, é bom saber que você vai chegar num lugar que escolheu a dedo depois de um dia corrido. Ainda mais quando o plano era pegar um cottage. Mais do que uma cama, queríamos uma experiência tipicamente britânica.

Varri alguns sites de aluguel temporário de cottages (links no fim do post). Arrisco dizer que vi fotos de mais de 100 cottages em vilarejos próximos a York. Os que não estouravam nosso orçamento, ou estavam reservados ou não eram o que a gente imaginava.

pra ver em londres - pickering - north yorkshire - cottage

Aí veio esse…

Mas no fim deu certo. Quando chegamos ao Kingshaven Cottage (sim, ele tinha até nome) meu sonho ganhou um reforço. Vista de fora era uma simpática casinha de pedra. Por dentro, um pequeno castelo. Não pelo luxo, mas por tudo o que o envolvia.

Fomos recebidos com uma cesta com comidinhas. Tinha pão caseiro, geleia artesanal, leite e ovos da granja do John, o proprietário, que abriu a porta com um sorriso no rosto e já contando boas histórias. Falei um pouco sobre como ele vivia o sonho aqui nesse post. Relembrando: um dos programas preferidos dele e da esposa era pedalar pela região e degustar cervejas artesanais na Cropton Brewery, cervejaria da cidade.

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-13

os ovos, a geleia e a cesta

Mas voltando à casa, ela era perfeita. Veja o breve vídeo que editei com algumas imagens do interior do cottage.

Pontos pra lareira, salinha de tv aconchegante e cheia de dvds, pra cozinha superequipada e pro quarto com uma cama que parecia uma nuvem. Sério, se você tem um mínimo de loucura pela Bretanha como a gente, permita-se hospedar-se ficar em um cottage ao menos uma vez na vida.

O John nos contou que a estrutura da casa, toda de madeira, permanece original e intocada, mesmo após ele ter feito uma reforma geral. Isso porque há uma lei no UK que proíbe que você altere a estrutura de residências seculares. E o mais legal é que por dentro do cottage essa estrutura de madeira fica toda exposta. É praticamente parte da decoração.

Uma pausa: a preocupação dos britânicos em preservar a História e mantê-la sempre viva é admirável, não?

O que pesou a favor da escolha por esse cottage e por Pickering, lugar que nunca sequer havíamos ouvido falar, foi que além de estar dentro do nosso orçamento (pagamos £165 por três noites), a cidade estava exatamente no meio do caminho entre York e Whitby, duas cidades que já estavam em nossa rota prevista.

pra ver em londres - road trip - north yorkshire

Em algum lugar em North Yorkshire

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 2)

Você sabia que não existe frentista na Inglaterra?

Primeira parada: o pub local

Logo que chegamos, no fim de tarde de uma quinta-feira gelada e úmida de janeiro, largamos as coisas e fomos até o pub The Sun Inn, a 200 metros de casa. Sonho! Na vinda já havíamos visto uma placa divulgando as ales premiadas que serviam lá. Precisava mais? =)

A surpresa da noite, além das boas cervejas e atmosfera fantástica do pub, em boa parte tomado por casais com idade para serem nossos pais, alguns avôs e avós e várias famílias, foi que era dia de pub quiz, tradição linda desse povo que adora jogar e beber.

O primeiro quiz foi sobre fatos históricos ocorridos no ano anterior, e a gente se deu bem, mas depois o jogo caminhou para temas mais “locais”, e acabamos ficando para trás. Não ganhamos o prêmio final, mas ganhamos uma experiência divertida e inesquecível.

  No dia seguinte, acordamos cedo pra pegar a estrada rumo a York e voltamos tarde da noite. Um pouco da estrada….

Já estamos na estrada de novo. Explorando no Norte véio de guerra da Inglaterra. :) #roadtrip #england #video Um vídeo publicado por Pra Ver Em Londres (@praveremlondres) em

De volta à Pickering, já bem tarde, só deu tempo de passar no mercado comprar um vinho, uns queijos e umas frutas pra curtir a lareira e conversar por horas sobre quanto as coisas mais simples da vida costumam ser as mais incríveis…

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-16

O trem que entrou pra lista de ‘fazer antes de morrer’

Somente no domingo, quando íamos embora, que dedicamos uma manhã para passear pela cidade. E foi aí que descobrimos o grande motivo que me garante que a gente voltará a visitar o vilarejo. É de Pickering que sai o trem que eu quase chorei de tristeza por estar fechado durante o inverno.

O North Yorkshire Moors Railway é um trem a vapor que faz uma viagem cenográfica por dentro do parque que leva seu nome. De Pickering, sua base, até Whitby, última parada, são 38 km percorridos em 1h30 de viagem por paisagens incríveis. Se algum leitor já fez essa viagem, por favor manda uma foto que eu faço questão de publicar aqui.

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-17

Chocado com o visual ;)

Ah, uma das paradas do trem é em Goathland, vilarejo que a Wikipedia nos diz ter 438 habitantes. Passaria despercebido na história se sua estação de trem não tivesse  sido retratada como a estação de Hogsmeade em Harry Potter e a pedra filosofal. Algum fã por aí?

Fica a dica para você fazer essa viagem de trem, que deve ser linda, e meu compromisso de voltar aqui ainda esse ano pra contar pra você como é, com muitas fotos e vídeo. =)

Esse cenário é um pouco do que você vai ver se viajar de trem

Bem como o trem, essa estrada também corta o North Yorkshire Moors National Park

O que fazer em Pickering

A gente teve pouco tempo para passear pela cidade, mas como se trata de um vilarejo de pouco mais de seis mil habitantes, não é difícil reunir boas sugestões pra você passar um belo dia por la.

Visite o castelo

O inverno não nos impediu apenas de viajar de maria fumaça, mas também de conhecer o Pickering Castle. Ele foi construído no século XIII e durante a Idade Média servia como casa de férias dos reis. Que tal?

Como não conseguimos entrar, vou ficar devendo os detalhes de como é por dentro. Mas no fim do post tem um link do English Heritage com mais informações. Pra não dizer que nossa visita não valeu a pena, eu fiz esta foto quase em frente a ele:

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-8

Fotogênica a cidade, não?

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-6

Pickering Castle visto do lado de fora

Conheça o museu do povo de Pickering

Mesmo sendo um vilarejo inóspito, Pickering tem um museu que se orgulha por mostrar um pouco da vida local e dos costumes de seu povo. O Beck Isle Museum foi fundado por cidadãos na década de 1960 com o objetivo de preservar e contar a história de sua gente. Acabamos não visitando, mas toma nota.

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-9

Tome cerveja artesanal direto da fonte

Como disse no começo do post, John, nosso anfitrião, comentou com a gente que um dos passeios preferidos dele e sua esposa era pedalar até a Cropton Brewery, cervejaria artesanal da cidade. A gente provou alguns rótulos no pub local e aprovamos.  Vale dizer que essa cervejaria tem o carimbo da Campaign for real ale (CAMRA), entidade que preserva e defende as verdadeiras ales inglesas. Ou seja, qualidade assegurada!

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-12

Flores do lúpulo e maltes com diferentes graus de torra: a magia da alquimia cervejeira

Dê chance para o inesperado

Quando comecei a escrever pensei que não teria muito dizer sobre Pickering, em razão do pouco tempo que passamos lá. Mas à medida que o texto fluía veio este pensamento: uma cidade cheia de gente boa e de sorriso fácil, que é a base para o que parece ser uma incrível aventura de trem, que conta com um castelo de férias de reis medievais e que tem sua própria cervejaria, tem motivos de sobra pra se orgulhar, render boas histórias e atrair visitantes.

A gente certamente vai voltar. E você, quer conhecer?

pra ver em londres - pickering - north yorkshire (1 de 1)-4

Quer mais fotos?

Visite nosso perfil no Google Plus. Tem uma pasta com fotos que não entraram aqui.

Referências e mais informações

Onde alugar um cottage

Dê vida ao Pra Ver no Mundo. Comente!

Written by

Jornalista, 31 anos. Vivendo na Itália. Autor do Pra Ver no Mundo e sócio da London, agência de marketing de conteúdo. Vejo o home office e a vida de viajante como um estilo de vida.

Latest comments
  • Todos os seus posts são extremamente maravilhosos, e aumentam cada vez mais meu desejo (que espero realizar muito breve) de ir pra esse lugar incrível que é a Inglaterra. Beijo pro casal mais fofo e muito sucesso pra vocês.

  • Sim, João, eu quero conhecer now !!!!!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkk Interior da Inglaterra, coisa mais do que linda para se ver e viver !!!! E a um preço super acessível, achei que fosse bem mais caro =) Como sempre, me teletransportei, fotos lindas e captam muito bem o clima do lugar, bjs !

  • Gosto muito de acompanhar suas viagens. Parabéns pelos posts.

  • Ah, Yorkshire…
    Cada vez que vou pro norte da Inglaterra, não paro de ser supreendida. Esse lugar é uma delícia, seja ao vivo e a cores ou via fotos e relatos do Pra Ver em Londres. Vou inserir esse destino na minha próxima visita à terrinha. Por falar em inserir coisas, lugares que conheci e que achei foda (e fofo): Durham, Richmond e Newcastle. Já foram? Se não, acho que já vale a volta, fica a uma horinha de York e duas horinhas de distância de Edinburgh.
    By the way, esse esquema do cottage vocês conseguiram via Airbnb ou o quê? Já achei massa e quero fazer também, pÔ! Ficou preço de hostel!

    Beijos!

  • Fiquei com muita vontade de fazer esta aventura e adoro as histórias dessas viagens lindas que vocês fazem!!!

  • Olá João! Mais uma vez, você nos apresenta um roteiro digno de ser acrescentado à lista dos lugares interessantes para se conhecer… a região parece ser muito charmosa, onde a tradição inglesa se revela em aspectos como a preservação da estrutura das casas e também na reunião de famílias no pub, participando do pub quiz, em um momento aconchegante e descontraído. Fiquei ainda com muita vontade de experimentar as fantásticas ales premiadas e as artesanais que você menciona (deu água na boca, rsrs). Parabéns por mais um ótimo post e abraços. José Júnior.

  • João , estamos planejando ir a reino unido conhecer o interior e amei esse post sobre pickering … Estamos ainda em fase de planejamento … Ir de carro ou trem ????? Sempre alugo carro nas minhas viagens mas dessa vez estamos pensando em utilizar trem … Será que dará certo ??? A idéia e ficar uns 10 dias em Londres indo e voltando para bufeiras em cidades próximas …. Depois ir até Escócia …pode nos dar dicas … Att , Tereza

  • Ei João!
    Gostei muito do seu post. Ficou a dica de visitar esses vilarejos com esse clima familiar e acolhedor, talvez ema sensação diferente da região central de Londres.
    Um cottage entrou nos meus planos para a nova viagem! Obrigada!! Abraço.
    .

  • A vontade de viajar para conhecer a Inglaterra/Reino Unido só aumenta com as matérias postadas por vocês, mas também dá uma tristeza saber que, para conhecer esses pequenos vilarejos e viver essas experiências incríveis, só morando aí mesmo. Nem uma viagem de 30 dias seria o suficiente, principalmente para não fazer tudo corrido.

    Aliás, agora sei o nome do estilo de casas que sempre sonhei em morar caso fosse para a Inglaterra. Cottage é sonho! haha
    Abraço a vocês ;)

LEAVE A COMMENT