5 motivos para você não vir a Londres – e mais um de bônus!

Já sei, você leu esse título e pensou: “ixi, essa mulher endoidou”. Ou, pior, leu e chegou à conclusão que nossa temporada Londres 2013 está sendo péssima. Acertei? Pois é, mas quem errou foi você!

Nada disso tá acontecendo por aqui. Sim, eu realmente vou apresentar 5 motivos para você não vir a Londres, mas não os meus motivos (até porque eu não tenho nem um), mas os de quem vive pra tentar desmerecer nossa lovely city. E vou rebatê-los. Tudo pra deixar os haters bem quietinhos. Que tal? =D

Motivo #1 Bad weather

Chuva. Muita chuva.

E, bem, tivemos que fotografá-lo de vários ângulos. :)
Pois é, todo dia.

Céu cinza. TODO DIA.

Como ainda não tínhamos feito os roteiros turistóides basicones, resolvemos aproveitar a manhã linda que fez ontem para dar esse rolê. Começamos pela London Eye...
AHAM. Dia sim, dia também.

Vento de fazer uma menina magrinha voar rapidão pra Paris.

É isso que a gente ouve quando fala que vem a Londres. Mais: tem gente que quando você diz que vai a Londres em outubro (e pra ficar uma temporadinha que cobre o inverno) manda logo um: “mas você vai pra lá no inverno? Pra quê?” – JURO que eu ouvi essa.

Não vou dizer que não chove. Claro que chove. Mas já disse outras milhares de vezes que chove menos do que em Curitiba, por exemplo. E, mais, que a chuva costuma durar menos tempo do que estamos acostumados no Brasil sil sil. E, mais ainda, que temporais são bem menos comuns aqui do que “aí”.

Sobre o céu cinza, acho que estas fotos falam melhor do que qualquer palavra.

bandeira inglaterra
Isso aí e cinza pra você?
cores da primavera londrina
e isso?
Uma "cinzura" que nunca vi igual.
Uma “cinzura” que nunca vi igual.

Vento e frio? Tem mesmo. Mas tem aquecimento em todos os lugares fechados. E, gente, isso é uma bênção na terra pra quem, como nós, vem de uma cidade gelada e sem o costume de ter aquecimento em casas/restaurantes e afins. Olha só como sofria o pobre Piva na nossa casa curitibana:

Não tá fácil pra ninguém, amigo.
Não tá fácil pra ninguém, amigo.

Motivo #1 derrubado, né?

Se isso era problema, não é mais. Pode vir, mermão! #pápum

Motivo #2 – Comida ruim

Você já deve ter ouvido falar que britânico só come peixe com batata e que o resto não tem gosto de nada, certo?

Olha, esse povo que diz isso definitivamente não conhece essa cidade. Tem restaurante do mundo inteiro aqui, pow. Se você não gosta das comidas típicas britânicas, bora explorar outros sabores! Tem restaurante típico de um milhão de nacionalidade em cada esquina. E tem dos baratezas aos caríssimos, claro.

Aí tem uma outra reclamação comum: “ah, mas eu sinto tanta saudade da comida brasileira”.

Pó pará! A gente cozinha, diariamente, “comida brasileira” aqui em casa. O sabor é igual – às vezes até melhor, porque meu marido é bom nas panelas cof cof. Olha só o que já saiu desta cozinha:

Arroz, saladinha, frango frito, suflê de milho (uma das minhas comidas preferidas <3) e batata frita. Ah, e como o Coxa tinha ganhado de 4x0 do Grêmio, ESPN Brasil na tela. Há. Nosso landlord olhou e perguntou: "quantas pessoas vêm almoçar aqui?". hahaha. Brazilian culture, right? :)
Arroz, saladinha, frango frito, suflê de milho (uma das minhas comidas preferidas <3) e batata frita. Ah, e como o Coxa tinha ganhado de 4×0 do Grêmio, ESPN Brasil na tela. Há. Nosso landlord olhou e perguntou: “quantas pessoas vêm almoçar aqui?”. hahaha. Brazilian culture, right? :)

Como falei neste post, tem um monte de mercadinhos brasileiros por aqui. E se isso é mesmo um motivo pra fazer você desistir de vir basta desembolsar umas libras extras e se dispor a cozinhar que a comida não será mais um problema.

Motivo #2 pro LIXO! Nem vem com essa historinha pra cima de mim.

Motivo #3 – Saudade da família

Eu sinto saudade da minha família dia sim, dia também. E não só de pai, mãe e irmãos, não, mas de cachorros e gato também – e de vó, vô, tio, tia, primo, afilhado (<3), sogra, sobrinha, amigos-irmãos… de todo mundo.

Mas em tempos de bolsa internet só não fala com os amores brasileiros quem não quer. Sérião.

Ok, pode ser que no Brasil sua família não tenha internet, mas sempre tem um amigo/parente que pode quebrar um galho nessa história. E aí, meu caro, alguns minutos no Skype fazem a saudade não acabar, mas diminuir bastante…

Mãe, irmãos, pai e gato. TODO DIA a gente tem nosso momento via Skype. Claro que não acaba com a saudade, mas o papo tá sempre em dia. :)
Mãe, irmãos, pai e gato. TODO DIA a gente tem nosso momento via Skype. Claro que não acaba com a saudade, mas o papo tá sempre em dia. :)
Sogra e sobrinha. <3
Sogra e sobrinha. <3

Nessa pegada, sabe o que eu curto MUITO fazer? Andar por Londres carregando meus pais no Skype! =D

Isso mesmo: quando paro em um lugar legal (e a internet tá funcionando), ligo o Skype e chamo eles. Meu coração se enche de alegria ao ouvir minha mãe gritar falando “ai, que lindo”. :) #ficadica

E acalma minha saudade também saber que eles estão felizes por a gente estar curtindo nossa temporada aqui, sabe?

Pronto, motivo #3 derrubado. Já passamos metade do caminho! \o/

Motivo #4 – Cerveja quente

“Ui, tomei uma cerveja em um pub em Londres e ela estava quente.”

Ah não, genteeee. Sério mesmo que esse é um motivo pra não vir pra Londres? Os caras fabricam cervejas super tops e as servem na temperatura ideal – a gente é que consome água achando que é cerveja e aí tem que tomar ultra-mega-hiper gelada pra “descer redondo”.

Please, dá uma chance pras ales um pouco menos “estupidamente geladas”. Seu paladar (esse espertinho) logo vai entender que aquilo ali é que é o certo. ;)

London Pride: não dá pra vir a Londres e não experimentá-la na temperatura servida pelos pubs. Não dá MESMO. Sorte que hoje é sexta. =D
London Pride: não dá pra vir a Londres e não experimentá-la na temperatura servida pelos pubs. Não dá MESMO. Sorte que hoje é sexta. =D
Cerveja artesanal londrina. Comprada em loja de bebidas e saboreada em casa - na temperatura que você preferir (mas, pleaseee, nada de estupidamente gelada, tá?).
Cerveja artesanal londrina. Comprada em loja de bebidas e saboreada em casa – na temperatura que você preferir (mas, pleaseee, nada de estupidamente gelada, tá?).

Mas se não rolar MESMO vai nas mais comerciaizonas (Stella, Heineken e afins) que não vai ter problema!

Motivo #4 desceu redondo agora, né?

Motivo #5 – Moeda cara

Tá aí um motivo que infelizmente eu tenho que concordar. Dona libra estrelinha esterlina realmente anda bem cotada em relação às nossas preciosas dilmas – o que pode dificultar uma vinda a Londres. =/

Porém, contudo, entretanto, sempre dá pra economizar e fazer uma viagem incrível mesmo não sendo um Eike Batista da vida (poutz, se bem que o Eike anda na fossa, né, gente? #aham). A gente já tem acumuladas algumas boas dicas pra quem vem a Londres com essa ideia, mas os posts estão sendo preparados.

Enquanto isso, já adianto: tem boas redes de restaurantes com preços camaradas, o Oyster Card faz com que você salve umas Rainhas no transporte público, andar de ônibus sai mais barato do que andar de metrô, o 2 for 1 faz com que você compre dois ingressos para várias atrações bacanudas e pague apenas um (falamos sobre ele aqui!), etc. etc. etc.

No Wasabi e no concorrente dele Itsu você come comida japonesa booooa gastando pouco. Vamos falar sobre os dois logo mais!
No Wasabi e no concorrente dele Itsu você come comida japonesa booooa gastando pouco. Vamos falar sobre os dois logo mais!

Eu sei, #motivo 5 não foi TÃO derrubado, mas demos uma viradinha nele, né? :)

Na volta pro Brasil você volta a poupar. Combinado? ;)

Motivo extra: #6 – Londres vicia

Gostou dos meus argumentos, viu que os 5 motivos listados até aqui eram mais “intriga da oposição” do que reais motivos para não vir a Londres e se convenceu a aparecer por esses cantos do mundo logo mais?

Pois bem, saiba que o motivo extra desta lista, o de número 6, é o mais verdadeiro de todos: Londres vicia! Duvida? Leia o post “8 dicas para lidar com a depressão pós-Londres” até chegar nos comentários. Os doidões que passaram por essa terrinha recentemente comprovam essa minha teoria de que na verdade Londres é uma espécie de droga altamente viciante, e se você tem medo de coisas que podem viciar tá aí um motivo pra realmente não vir.

Mas, ó, deixando de vir você vai perder coisas assim…

piccadilly-circus-london stpauls-london tower-bridge-tower-of-london

Será mesmo que não vale a pena arriscar?

Eu acho que vale, hein? :)

E aí, o que achou do post? Acrescentaria algum motivo hater para não vir a Londres? Tiraria outro? Comenta deixando sua opinião, vai. Ela é super importante para nós.

E que tal aproveitar e antes de ir embora assinar nossa newsletter, para receber as novidades do blog sempre em primeira mão?

Basta preencher este formulário:

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter e receba novidades!

Digite seu nome e e-mail. Você receberá um pedido para efetivar o cadastro. =)







Beijobeijo e até o próximo post,

Nah.

 

Dê vida ao Pra Ver no Mundo. Comente!

Parceiros

Booking.com

Siga-nos

133 thoughts on “5 motivos para você não vir a Londres – e mais um de bônus!

  1. Legal, legAL, LEGAAAAL!
    Todas massa! A da cerveja foi demais (cerveja quente? mas what the…?)
    E simplesmente curti DEMAIS a história de chamar no Skype pelo celular e mandar tipo um “olha onde tô”!
    Se eu pudesse colocar mais um motivo seria… Não, esse não… Deixa ver… Esse outro não… É, realmente não consigo achar um. hehehehe

    No aeroporto deveria ter uma plaquinha: “o Ministério de Relações Exteriores adverte: Londres vicia”. #sóacho

    Abraços figuras! =)

    1. hahaha
      Que comentário bacana, Rafael. Adoramos. :)

      Que bom que curtiu o post e que concorda com nossos motivos. hehe

      Adorei essa plaquinha do Ministério das Relações Exteriores. PERFEITA!!

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Abração.

      1. Natasha,
        Será que pode me ajudar??
        Tenho 52 anos e gostaria de fazer um intercâmbio de 6 meses à 1 ano para estudar inglês, ou melhor, aprender…kkkk, mas tenho 2 cachorrinhas que amo e que gostaria de levar. Você acha que ha alguma possibilidade de encontrar um intercâmbio em Londres em que eu possa levá-las?
        Me desculpe, mas quero tanto fazer isso e a única coisa que está dificultando é o fato de não poder deixa-las.

        1. Oi, Denise. Tudo bem?

          Que legal que está planejando essa viagem. Tenho certeza que será incrível. :)
          Conte comigo para o que for preciso para tornar esse seu sonho realidade. ;)

          Há, sim, possibilidade. Mas o processo é caro e burocrático. Como é burocrático, tem um montão de coisas a serem feitas antes do embarque. Duas colegas blogueiras já fizeram posts sobre o assunto (apesar de falarem sobre gatos, e não sobre cachorros – mas as orientações básicas são as mesmas) e podem lhe ajudar:
          http://www.dondeandoporai.com.br/como-levar-seu-animal-para-inglaterra-um-passo-passo-mastigado/
          http://onewayeurope.blogspot.com.br/2013/11/eu-e-minha-gata-como-trazer-um-pet-pra.html

          Espero que seja útil. :)

          Boa sorte. Se precisar de mais alguma coisa que eu possa ajudar dá um grito.

          Beijão!

  2. Também acho muito que vale!
    Quando fui a Londres eu não vi UMA NUVEM NO CÉU! Tudo bem que pode ter sido sorte, mas em todos os dias lá, foram de céu mais que azul e lindo!
    Cidade encantadora, mesmo com tempo ruim tem coisas boas para ver.
    Parabéns pelo post.

    1. Que bom que gostou do post, Cris. Fico felizona em saber. :)

      Pois é, a maior mentira de todas é essa da chuva o tempo todo. GENTE, DAONDE? hehe.

      E é isso mesmo que você falou: além de não ser verdade, quando chove ou o tempo tá ruim, fazendo frio, tem tanto museu legal pra visitar e ficar no quentinho que definitivamente não dá pra reclamar.

      Obrigada pela visita e pelo comentário. ;)

      Beijos

  3. Naty, perfeito esse post. Ênfase para o Motivo #4 (superação total no “a gente é que consome água achando que é cerveja e aí tem que tomar ultra-mega-hiper gelada pra ´descer redondo´”) e para a foto que vem logo depois do “Mas, ó, deixando de vir você vai perder coisas assim…”. Pqp, tá cada dia mais difícil não comprar uma passagem na louca e partir pra aí (ainda mais depois do post de ontem com os preços promocionais de passagens). Show! =)

    1. Mááá, que bom que gostou! Fico tão feliz em saber… :) :) :)

      Não menti na parte da cerveja, né? hahahaha. Basta aprimorar o paladar cervejeiro pra assinar embaixo. ;)

      Veeeem. A gente te recebe de braços abertos e cheios de boas dicas. hehe

      Beeijo

      1. Oi, Parabéns pelos seus posts. Natsha
        sou louco pra morar, trabalhar em londrês
        tenho vários amigos …. morando trabalhando etc..
        vc pode me da umas dicas , me ajudar com esse meu sonho

        1. Oi, Anderson! Tudo bem?

          Obrigada pelo elogio ao blog. :)

          Fique à vontade para fazer suas perguntas por aqui ou por e-mail (contato@praveremlondres.com.br). Teremos o maior prazer em responder. Porém, não oferecemos “serviço” de atendimento por telefone. Por isso, editei seu comentário e deletei seu número, ok?

          Abraço.

          Natasha

  4. Olá Natasha,

    Parabéns pelos seus posts. Sim, pois este não é o primeiro que leio. Sempre interessantes e divertidos. Todos os que eu li são muito bacanas e viajo com eles.

    A melhor coisa que fiz foi assinar a newsletter. Acho que se não todos os dias, mas quase a semana toda tomo doses de sonho com você e o restante da galera que fazem acontecer.

    Please, continue nos dando mais e mais motivos para sonhar com este pedacinho especial do mundo! Novamente, parabéns!

    Um dia estarei aí. #meugrandeprojeto

    Abraços e sucesso! =)

    1. Renatooooooooooo,

      Ganhei minha sexta-feira cinza (é, hoje tá cinza, mas abafa o caso. haha) com seu comentário colorido. Amei, amei, amei.
      Muuuito obrigada. Comentários como o seu dão força pra gente seguir firme adiante (porque não tá fácil pra ninguém, amigo. hehe).

      Tenho certeza que logo você vai realizar seu grande projeto, e aí vai poder ver de perto tudo isso que a gente fala aqui e vai ter certeza que eu não minto nos textos. haha

      Obrigada MESMO pelos elogios. Espero que a gente continue agradando você com nossos posts – sérios ou bobos. haha

      Se seu projeto se realizar antes de março de 2014 avisa. A gente se encontra pra uma cerveja não muito gelada. ;)

      Abraços!

  5. Filha amada, esse post ficou o máximo, infelizmente eu tenho 1 motivo pra não ir para Londres: mas não conto para ninguém (hiper, super secreto), quem sabe te conto in off?
    Brincadeira à parte, o texto está ótimo (não achei nenhum palavrão!), as fotos ficaram excelentes (até nós estamos presentes). Parabéns, continue escrevendo muiiiiiiiiito, adoramos ler parece que estamos em Londres e viciados, tb, pela cidade, bjs

    1. A melhor parte do seu comentário foi: “não achei nenhum palavrão”. hahahaha
      Viu como eu consigo, mamadi? :)

      Fiquei MEGA curiosa pra saber qual o seu único motivo para não vir me visitar. Vou cobrar a resposta por Skype, hein? ;)

      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber. Sua opinião é muito importante pra mim. :)

      Continue comentando que eu me animo mais. hehe

      Beeeijo! <3

  6. Ta ok thanks…. So’ gostaria de saber se esse e’ seu trabalho. Se tu ganha algo em para propagar London? porque nunca vi nem um inglês ou outro britânico qualquer a fazer ou criar um site or Blog para fazer propaganda para atrair turistas para o Brasil.
    So. I don’t really get your point in doing this ( ???) Sorry!!
    Ate’ mesmo my partner que e’ britanica nao cosegue entender why u doing this.
    Anyway perhaps u should try to sell your fish to as I do. Eu moro aki ha 15anos mas nem por isso eu sou um vendido. Ate’ mesmo na minha pagina no face faço questão de fazer propagada de lugares bonitos do meu pais k com certeza ha tantos quanto aki.
    Cheers

    1. Oi, Cleber. Tudo bem?

      Não, esse não é meu trabalho, mas eu acho que nem tudo na vida precisa ser pago para ser feito, né? Faço por prazer, pois sei que ajudo muitas pessoas que planejam vir para cá também.
      Claaaaro que o Brasil tem um milhão de coisas boas pra falar, e da minha terra natal, minha amada Curitiba, já falamos várias vezes (como você pode ler aqui: http://praveremlondres.com/category/curitiblogando/).
      Mas no momento meu peixe é Londres. Estou aqui, vejo muita coisa legal e acho que devo mostrar isso para quem nos acompanha.
      Não falamos SÓ de Londres. Tem um post, por exemplo, que apresenta 10 motivos para você ir para Berna (Suíça) – aqui: http://praveremlondres.com/2013/08/14/berna-10-motivos-para-conhecer-a-capital-da-suica/
      Nosso objetivo é fazer as pessoas viajarem mais, melhor e gastando menos. Acreditamos que o mundo é muito grande para ficarmos apenas em um lugar a vida toda, e confesso que não vejo mal nenhum nisso.

      Sobre não ter blogs gringos falando do Brasil você falou com desconhecimento de causa. Existem, sim, vários blogs que falam do nosso País convidando seus conterrâneos a visitar-nos. Olha só o que eu separei para mostrar pra você:
      http://www.nomadicmatt.com/travel-guides/brazil-travel-tips/
      http://www.braziltravelblog.com/

      E esses são apenas dois exemplos. Se você pesquisar com certeza vai encontrar muitos outros. Este mercado de blogs de turismo está crescendo muito, em alguns minutos na internet você vai ver que definitivamente não somos os únicos a falar mais sobre Londres (e não apenas sobre!) e que há milhares de outros blogueiros escrevendo sobre outros destinos e tentando fazer a galera viajar cada vez mais.

      Enfim, acho que cada um escreve sobre o que gosta e tenta ajudar da maneira que pode. É isso que fazemos aqui no Pra Ver em Londres.

      Abraços.

  7. Adorei o seu post. é mesmo assim … embora a parte da comida ainda custe um pouquinho ;) …mas em relação à chuva, tempestades e frio também em Portugal é bem pior, pois quando chove é dias a fio, e é tudo frio, o preço da electricidade não permite aquecer a casa todo o dia, logo as gripes e dores de garganta fazem parte do dia à dia, etc, etc…. mas eu crescentaria algo que nos vicia aqui para além de tudo o que já foi dito, e que é o CIVISMO. Até no trânsito, passear numa cidade como Londres sem ouvir buzinão, não é para todos não.

    1. É, não dá pra negar que realmente pra comer FORA a gente gasta uma boa graninha aqui mesmo. Mas dá pra comer bem em casa e gastando menos, né? :)

      VERDADE, Susana. Essa parte é impressionante. Parece coisa de outro planeta. A gente tá tão acostumado com buzinaços que acaba achando normal, mas é bem melhor o mundo um pouquinho menos barulhento nesse sentido.

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Beeijo

  8. ola bom dia! comprei um curso de ingles em londres com duração de um mês incluido hospedagem atraves de uma agencia. porem pretendo ficar lá uns 4 meses. Procurei saber da minha agencia de viagens e a mesma me disse o seguinte: não tem como renovar o seu curso de lá por mais tempo , você precisa voltar para o Brasil adquirir novo pacote para ir novamente pois o seu visto tem a duração do seu curso. issso procede pessoal? eu li em uns artigos que o visitor visa tem duração de 6 meses. porque o meu visto so tera a validade de 1 mes.me ajudem pois nao conheco ninguem que tenha morado em Londres. agradeço desde já atenção.

    1. Larissa,

      Questões de visto são bem complicadas. Na teoria você ganha 6 meses, mas eles carimbam seu passaporte e registram a data de fim do curso no sistema. Ou seja, apesar de te darem esse período, você tem que sair no fim do curso – por isso a agência disse que você tem só 1 mês, entende? =/

      Espero ter ajudado.

      Beijos e boa sorte. ;)

  9. Oi, casalllll!!!
    1º: Acho TÃO engraçado quando chega newsletter no meu email, porque vocês usam um esquema que fica aparecendo nosso nome várias vezes e a loka aqui sempre acha que recebeu um email escrito só pra ela. hahahahahaha Não importa quantas vezes cheguem newsletters, eu sempre sou enganada! :)

    2º: Tenho tantas fotos de sol a pino (porém do tipo que não esquenta, vamos deixar claro) de Londres e de TODAS as outras cidades que visitei na Inglaterra, que põe qualquer argumento chinfrim desses no chinelo. E o mais engraçado é que eu nunca acreditava na potência do sol, nunca levava óculos escuros e quando ia bater as fotos, saía fazendo careta em todas elas. Careta no olho (maldita fotofobia de quem tem olho claro!) e sorrisão na boca cheia de dentes!

    3º: Morria de medo de ter muita comida ruim em Londres porque ouvi só TODAS as piores histórias ever sobre a comida inglesa. No primeiro email que troquei com minha hostess, enquanto eu ainda estava no Brasil, ela logo perguntou das minhas preferências gastronômicas e senti aí um sinal de que tudo seria perfeito. Gente, na minha casa só tinha comida DI-VI-NA!! E eles são super envolvidos com comer coisas saudáveis, então pensa num mundo inteiro de delícias e fish & chips crocantes feitos no forno, sem aquele óleo escorrendo. Vou nem comentar das coisas maravilhosas que comi nas food markets, com vários coraçõezinhos pra feirinha de Cambridge aos domingos, onde descobri a oitava maravilha do mundo, também conhecida como pesto vermelho. Comida inglesa: <3 <3 <3 <3 <3 (5 corações pq não sei fazer estrelas!)

    4º: Vou pular logo pro #Londres vicia, pq meu comentário tá ficando maior que seu texto, Nah! rs Apenas que: LONDRES VICIA. Decorei meu quarto INTEIRO com motivos londrinos, tenho cartões postais pregados na porta do meu guarda-roupa, em frente à minha cama, só pra ter Londres como a primeira coisa que vejo todos os dias pela manhã. Meus amigos já não agOOOentam mais me ouvir falar de Londres, meu blog (http://marlarodrigues.blogspot.com – Olha a propagaaaaaaanda!!!) passou a falar apenas de Londres, minha vida é buscar outros blogs que falam de Londres pra eu poder matar um cadinzim só da saudade e não há nada que eu não faça nessa vida que não seja em função de poder voltar à única cidade do mundo que provoca em mim o sentimento de pertencimento.

    Convenci? :)
    Gente, vamo todo mundo pra Londres ser feliz!

    Beijos!

    1. O que eu fiz pra merecer uma leitora tão fofa como você, hein, Marla? hehehe

      Pow, levei essa história de e-mail só pra você a sério. Um dia, quando você menos esperar, vai ser verdade. hahaha

      Adorei saber mais um pouquinho da sua história aqui (que hostess linda, hein?) e, também, que você é louca que nem eu. hahahaha Nossa casa também é “temática”. ;)

      Beijoo!

  10. Ahh esse post é mto bom, aqui vai minha opinião sobre cada item!
    1. Adoro chuva, mantém o ar limpo. O céu cinza do inverno a gente acostuma.
    2. É só levantar a bunda gorda da cadeira e ir cozinhar, ou escolher bons lugares para comer.
    3. Todo mundo tem internet e telefone, principalmente em Londres, então a saudade fica de lado ahusuhashuas
    4. Não bebo bebida alcoólica.
    5. É só trabalhar duro e economizar :P
    6. Vicia mesmo hahahaha mas aí é só se mudar pra lá ahuasuhsahuashuas

    1. Adorei seu comentário, Carolina. Positividade sempre, né? ;)

      Obrigada pela visita e por registrar sua opinião. Sempre bom ter participações legais como a sua por aqui.

      Beijobeijo

  11. Viajei em agosto deste ano e realizei meu sonho. Fiquei por 15 dias com direito a visita a stonehenge, liverpool e reading ( festival de musuca) e lindres nao deveu nada to deprimida até pq tice que voltar. Moraria em londres fácil! Não pensaria duas vezes! Só arranjar empemprego e tudo certo! As dicas daqui ajudaram muito! ;)

    1. Oi, Paula. Tudo bem?
      Que legal saber que nossas dicas te ajudaram. Significa que estamos cumprindo nosso objetivo com o blog. E isso faz a gente feliz demais. :)
      Vamos ficar torcendo pra você conseguir realizar esse sonho de voltar pra cá logo, viu?
      Beijoo!

  12. To morando aqui em Londres há mais de 1 ano e realmente não entendo essa obsessão das pessoas acharem que aqui chove o tempo todo e que a comida é horrível. A culinária local realmente pra muita gente não é exatamente a comida do dia-a-dia, mas tem tanto restaurante de culinária do mundo inteiro que eu fico bem brava quando alguém fala que veio aqui e a única opção era comer fast food.
    O inverno pode ser meio deprimente mesmo, mas mesmo assim não tira o charme da cidade!
    Londres é prática, charmosa, jovial,clássica, multicultural e eu amo morar aqui =)

  13. Londres é apaixonante mesmo, mas eu não posso concordar com o vc sobre o item 1…
    O tempo aqui é MTO ruim, MESMO!
    Chover de verdade não chove mesmo, mas fica sempre nessa lenga-lenga de chove-nao-molha. Dias de sol e céu azul são super raros!
    Tivemos um verão fantástico esse ano, mas q durou apenas cerca de 1 mês… Nao dá pra comparar com nosso querido Brasil… =/
    Sem falar nas trevas q é aqui no inverno, neh? Noite às 5 da tarde? Me deixa deprimida! De verdade!
    To tentando me preparar psicologicamente pra esse inverno q tá vindo, mas tá dificil! haha
    Bjos!

    1. Pow, Elisa, que pena que discordamos nisso. hehe
      Eu confesso pra você que eu ADORO esse lenga-lenga. Uma chuvinha de leve é tão bom – pra mim! haha

      Realmente escurecer cedão não é a coisa mais legal do mundo, mas faz parte da vida aqui, né? :)

      Força pra enfrentar os próximos meses, mujer. hehe

      Beeijo!

  14. Londres vicia mesmo! Vício é a palavra! Todos os motivos que vc listou não são capazes de fazer com que alguém tenha a coragem de deixar de conhecê-la. VC disse de Curitiba, mas tb acho que em SP chove mais do que em Londres e daquele jeito de chover o dia INTEIRO e forte. Peguei chuva nos dois dias que passei de férias aí, numa semana que a temperatura indicava chuva em quase todos os quinze dias que eu ia ficar e eu ando muito, o dia inteiro e peguei uma chuvinha que não passou de dez minutos. Tb acho que SP é tão ou mais cinza do que Londres! Cerveja quente? Isso é desculpa de quem não sabe beber e pensa que toda cerveja deve ser estupidamente gelada. Odeio esse termo, hahhaa. Comida ruim? Como vc disse, tem restaurantes de todas as culinárias do mundo se não quiser imergir na cultura britânica e arriscar a comer os pratos típicos. Quanto ao tempo, Londres é muito injustiçada. É sério! Por exemplo, aí não faz muito calor. Em julho até fez, pelo que eu acompanhei nos blogs, sites e jornais que noticiavam que a temperatura chegou aos 29, 30º. Em SP acontece isso no verão, às vezes, chega a 33, 34º, o que é demais pra mim, diferente do Nordeste, Rio, Porto Alegre, onde as temperaturas no verão chegam a 40º. Se pegar fora daqui, NY e Paris, 40º é normal tb e em Londres, isso não irá acontecer. Mas gostar de calor de 40º é coisa de louco pra mim, ainda mais morando num país onde essa temperatura é normal durante o ano em diversos lugares. Em relação às temperaturas mais baixas, NY/Paris e muitas outras cidades dos EUA e de outros países têm temperaturas de -10 -20, -40 até, enquanto Londres não alcança essas temperaturas. Falo isso pelo o que eu acompanho tb em jornais, blogs. Enfim, Londres não tem quase calor, o que adoro, mas o inverno tb não é desumano como em outros países. Pronto! Falei! E tb não é a Islândia onde as pessoas praticamente não vêem o sol durante o ano inteiro, pelo que dizem. Estou adorando os posts do dia a dia de vcs aí!

    1. Que bom que está gostando dos posts direto de Londres, Renata. Ficamos felizes em saber. :)

      E eu adorei seu comentário, viu? Obrigada por registrar sua opinião aqui. Assino embaixo. hehe

      Volte sempre. ;)

      Beijos

  15. Oi
    Estou indo para Paris tenho amigos lá e em Portugal também mas, meu maior motivo é London. Fui em 2011 a Brighton e achei duca.
    Queria saber como está de trampo ai?

    1. Oi, Walter! Tudo bem?

      Bom, a gente não trabalha aqui porque temos nossa empresa no Brasil e estamos trabalhando normalmente para ela.
      Porém, o que vemos no momento é a economia se recuperando e, nesse recuperação, empregos indo e vindo.
      Enfiiim, não podemos te ajudar com informações extremamente úteis porque essa não é nossa praia, mas eu tenho em mente que pra quem se dedica, sabe o que quer e é bom no que faz sempre tem espaço. ;)

      Abraço!

  16. I didn’t get you point too………. cleber !?
    Serio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! your partner is British? E dai? na me diga que esse e o peixe que ta vendendo.
    Parabens natasha pelo seu blog.

  17. Olá! muito obrigada pela sua resposta rápida! so pra esclarecer então após o termino do curso eu não vou poder comprar mais meses de curso? vou ter que voltar para o Brasil senão ficarei ilegal? aguardo contato

    1. Oi, Larissa.

      Isso, infelizmente é assim mesmo.
      Porém, como te disse, o seu visto tem duração de seis meses, sim, mas são seis meses relativos porque eles avaliam o período do seu curso.
      E, não, você não pode comprar outro estando na Inglaterra. Teria que voltar ao Brasil. =/

      Natasha.

  18. Nah e joão! simplesmente SENSACIONAL esse post de vocês!!!!!
    Caraaa, como podeee????? Vcs apavorammmmmm demais!!!!!

    Eu sou uma que nunca tive A PIRA de conhecer Londres, é aquela coisa, quero conhecer, mas tinham outros lugares pra ir antes, e sim, ACHAVA que era uma terra cinza e úmida! Como já tenho que “lidar” com isso em nossa terra natal (Curitiba), preferia viajar a outros lugares antes de rumar a Londres… mas é CLAROOOOOOOOO que já mudei de ideia!! Desde a primeira temporada do Pra ver em Londres (sim, eu sou uma leitora antiga e assídua do blog) eu já mudei de ideia!!!

    Vcs são sensacionais Nah e João, de verdade e de coração!!!!
    Vcs usam a tecnologia a favor de vcs, e de nós!!!!! Muito obrigada

    Amei amei e amei o post!!! top 5 com certezaaa!!!

    Beijos mil!!!!

    1. Ai, amiga, você é uma linda mesmo, né? :) :) :)

      Muito obrigada pelo comentário fofo. Ficamos felizes demais em saber que você curte o que a gente faz por aqui. Esse “reconhecimento” é importante para a nossa motivação. hahaha

      E, poutz, ganhei meu dia ao saber que você incluiu Londres na sua bucket list de viagens por causa da gente. Que honra!! :)

      Você também é sensacional, amada. Tenho muito orgulho de ser sua amiga.

      Muuuuitos beijos!

  19. Aham, tipo concordo com tudo. =)
    E tem o motivo que os ingleses são mal-educados. Gente, esse povo nunca foi pra Paris, né?
    “/

    Tb sou a favor das plaquinhas do Ministério de Relações Exteriores “Londres vicia”.
    o/

    Bjs e abs procês

  20. Olá… vai ser a minha primeira viagem a Europa, vou ficar um mês, e claro Londres esta no roteiro, porém um certo medinho, sozinha e com a moeda local… mas não sei se terei outra oportunidade, então vamos gastar rs.., vai dá tudo certo!!!

  21. Genteee! Eu decidi do nada conhecer Londres nesse ano e fui em outubro, fiz cair por terra a negatividade do povo que diz: “mas lá é frio, vai ter só chuva”, que nada peguei um dia de chuva e depois sol nos demais dias. Simplesmente apaixonada pela city e quero voltar ano que vem, por mim gostaria de levar toda a família pra conhecer Londres. =)

    1. Ebaaaa. Mais uma pro nosso time. hehe
      Com os comentários da galera tenho cada vez mais certeza de que não sou a louca dessa história. :)

      Obrigada pela visita e pelo comentário, Eliane.

      Beijos

  22. Tudo a ver seu post,, passei o reveillon 2011/12 ai e foi d+,,,, não pela festa; mas pela, cidade q. é incrivel. e as promoçoes a partir do dia 27/12, mesmo com a moeda cara vale a pena, volto em breve se Deus quiser……. Bjos.

      1. hahahaha
        Exatamente, Diana. E temos que trabalhar para ganhar mais, né? Assim o caro fica barato. ;)
        Adorei seus comentários. Volte sempre. ;)
        Beijos

  23. Nossaaaa terminei de ler este post e estava chorando!! Morei um ano em Londres, voltei no começo do ano passado e tem dias que a saudade é tamanha que não aguento, dói muito!! Eu concordo com absolutamente tudo o que você escreveu aqui, conto os dias para minha faculdade acabar para que eu possa comprar minha passagem e voltar para Londres em definitivo!! Amo demais esse lugar e tenho certeza absoluta que é o lugar no mundo ao qual pertenço!

    1. Ohn, querida, não chora, não!! :)
      Começa a planejar a próxima vinda, a sonhar com ela e faz a dor diminuir. :)

      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber. Espero que nossos posts ajudem na sua recuperação da depressão pós-Londres. hehe

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Beijos!

  24. Ai Natasha, até tentei me acostumar com a “cerveja quente”, mas não teve jeito mesmo.
    Entendo que é o certo e tal, porém não rolou pra mim, não consegui me acostumar.
    Mas é uma questão de gosto mesmo.
    Gostei de post ;)

    1. Ai, Mari, entendo você. Infelizmente ensinaram errado pra gente e depois de aprendido o errado fica difícil corrigir. hehe
      Mas você há de concordar comigo que cerveja quente não é motivo pra não vir pra cá, né? :)

      Que bom que gostou do post. Fico feliiiiz em saber. ;)

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      beijobeijo

  25. Muito bom, faltou falar muuuita coisa ai …rsrs
    preço das roupas, tenis, eletronicos, perfumes, qualidade de vida, segurança….

    e se for falar de política então………. #hastalavistabrazil

  26. Mesmo com esse motivos ainda quero muito conhecer Londres…aliás, o Reino Unido todo. Cada dia aumenta ainda mais de fazer uma “doideira”. Queria muito morar em Portugal (por causa do idioma) , trabalhar pra juntar dindim e aos poucos conhecer cada canto do Reino Unido. Única coisa que dificulta mesmo é a libra, caro demais. Mas também quero conhecer outros países como a França, Espanha, Suíça, Dinamarca, Irlanda, enfim…Esse é um dos motivos que queria morar na Europa. Só falta uma coisa: coragem. rsrsrs

    1. Eiei, dona Polyana, a vida é muito curta para não fazer o que se deseja por medo. #NatashaMotivacional hehe
      Eu entendo o que você diz, mas você não precisa fazer uma grande loucuuuuura pra realizar esses seus sonhos, não. Se planeja direitinho, define exatamente o que você quer e se joga! ;)
      Precisando de qualquer coisa griiiiita. Estamos aqui para tentar ajudar. SEMPRE.

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Beijobeijo,
      Nah.

  27. Por isso que gosto deste blog. Vcs incentivam muuuuuuuuuuuuito a gente. Obrigada por responder meu email sobre a sugestão do blog ;)

    Mas relaxa…tudo dará certo e com certeza irei um dia visitá-los e tomar um chá hihihi

    Bjus

    1. Ohn. Delícia de comentário. :)
      A gente é que agradece por ter leitores tão queridos como você, Polyana. As sugestões que vocês nos dão ajudam a fazer do Pra Ver em Londres um blog cada vez mais legal.

      Opa, esperamos você por aqui. Posso colocar a água pra ferver? ;)

      Beijos!

  28. Então, se os 5 motivos sao destinados às pessoas que vem fazer turismo, nenhum motivo é motivo pra NAO vir a Londres. Vamos combinar que isso aqui transborda cultura, historia, entretenimento. Se for pras pessoas que vem passar uma temporada curta, os pros sao infinitamente maiores do que os contras – ate o lance da moeda nao chega a ser problema (o povo gasta mais numa viagem a Miami, porque quer comprar o mundo, mas precisa mesmo?). Agora, se a pessoa quer vir morar em Londres… A unica coisa que pesa no MEU caso, é o clima sim. Vindo do Rio (qualquer pessoa que venha de Estados acima do Rio e curtam verao, no caso) e morando há 8 anos aqui, nunca me acostumei à ausencia de verao. Foram 2 verões em 8 anos. Por isso, o “inverno” (outono ja se classifica como inverno no meu vocabulario) fica extremamente longo. Mas juro, é o UNICO motivo que me faz pensar em ir pra outro país. Só que nao é um motivo forte o suficiente, comparando com todas as outras qualidades. Entao a gente vai ficando, vai procriando… Hehehehe sim, sou dessas que fala muito mal do tempo, mas raramente reclama do transporte, da comida e do NHS!

    1. Figura! :)
      Entendo a parte do clima, realmente pra quem não curte frio deve ser fueda. Masné, eu amo (mesmo às vezes quase congelando e morrendo na rua #drama), então precisava incluir este item. hehe
      :*

    2. Estou para dar entrada no processo de dupla cidadania portuguesa e penso – quem sabe – no futuro morar em Londres, talvez minha trajetória de adaptação seria mais tranquila, uma vez que, meu inglês é fluente e estou um tanto acostumado com a parte cultural da cidade e o modo de vida dos ingleses – mantenho muitos contatos por aí – Sou do Rio de Janeiro também, porém, o calor sempre foi meu mais ardoroso inimigo hahahahaha, para mim não ter verão seria uma maravilha, adoro invernos e detesto verões, rsrs. Abraços!

  29. Seu blog é show!!! Logo logo irei para esse terrinha!!! Depois que obtive dupla nacionalidade, brasileiro/português, facilita bastante ir para aí, ou não??

    Sucessoo!!

    1. Que bom que gostou do blog, Cesar. :)
      Você quer vir pra ficar bastante tempo? Se sim, com certeza o passaporte europeu facilita muito as coisas. Mas se a ideia é vir como turista com o passaporte brasileiro não tem dificuldade, não. ;)
      Obrigada pelos votos de sucesso.
      Vamo que vamo!
      Abraços!

  30. Nossa. Eu ainda nem fui e ja estou com depressão pós Londres.. Lkklk e olha q só vou em junho. Bom parabéns, seu blog está me ajudando bastante pra me,preparar pra essa viagem.

    1. Que bom que gostou do blog, Karoline. :)
      Espero que nossas dicas sejam muuuito úteis para sua temporada por aqui. ;)
      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Beijos

  31. Olá Natasha!
    Adorei as informações do site e parabéns por ser um dos mais completos que vi até agora.

    Tenho duas perguntas:
    1° Sempre que falo que pretendo ir pra Londres no meu curso de inglês todo mundo faz cara de espanto e diz que os ingleses são muito rígidos quanto a forma deles falaram, e sempre ouço que terei que ser perfeita e falar como eles com sotaque. Isso realmente acontece? Pois já ouvi falar de algum preconceito do tipo e que eles não gostam do inglês americano.
    2° Li a página sobre custos e aluguéis em Londres e entrei em alguns sites que você indicou para testar e, na pesquisa me apareceu dois tipos de preço: PCM e PW – o que significa?

    Obrigada

    1. Oi, Ingrid. Tudo bem?

      Que bom que você curtiu o blog. A gente fica sempre muito feliz quando recebe um comentário como o seu. :)

      Vamos lá:

      1) iiiih, mó migué. haha
      Pode relaxar que ninguém vai ficar te cobrando – a não ser na escola, que realmente os professores se esforçarão para ajudá-la a aprender o liiiindo british accent. :)
      Mas nas ruas isso não acontece. Nunca vi ninguém olhar torto para uma pessoa só porque ela fala com sotaque americano. Juro!

      2) PCM – por mês. PW – por semana.
      Ou seja, se o preço for 140 por semana, em quatro semanas será 560. Mas tem também um lance de variação de acordo com a quantidade de semanas que o mês tem. Aí vc vê 140 por semana, acha que vai pagar 560 por mês, mas no reajuste dá um pouquinho a mais. Tem sempre que confirmar com o landlord ou com a agência para não ficar com dúvida, ok? ;)

      Qualquer coisa grita.

      Beijos

  32. Meu Deus! Concordo com TUDO!! Londres é MUITO VICIANTE, é linda a cidade e maravilhosa!!
    Eu acho que quem não vem só está a perder muito! Seja por estas razões ou não, nem que seja por pouco tempo dar só uma visita é sempre muito bom! Eu fui a Londres pela 1º vez á 2 anos e AMEI e VICIEI, fiquei a achar que é a minha cidade preferida é tipo uma cidade mágica que toda a gente sonha ir! Vou ir pela 2º vez este ano em fim de Abril e estou completamente excitada e ansiosa para o dia!! Vai ser tão MARAVILHOSO! Eu AMO a cidade, a sua lingua, tudo!! Eu AMAVA um dia em me aventurar e ir viver para Londres seria um sonho tornado realidade!!
    Eu acho isto tudo com 15 anos imagino quando for adulta! :)
    Para finalizar eu AMEI este post é muito bom, deita abaixo todas as ideias parvas para não vir visitar Londres, o seu blog é muito bom!

    1. Eba, que bom que concordou comigo, Diana. Assim vejo que não sou eu a louca, e sim os que inventam essas histórias. hehe
      Sonhe, planeje e faça essa sua vontade se tornar realidade. Tenho certeza que vai ser ótimo para você. :)
      E conte conosco se precisar de ajuda em algo que está a nosso alcance, viu? Estamos aqui pra isso.

      Obrigada pelo elogio ao blog. Feedbacks como o seu nos fortalecem. :)

      Beijo grande!

  33. Parabéns pelo blog!

    Acho que foi o melhor que achei no mundo de informações até o momento.

    Você escreve bem, de forma clara, e ainda divertida e muito otimista!

    1. Ohn, querida, obrigada pelos elogios. :)
      Espero que o blog seja sempre útil pra você.
      Precisando de qualquer coisa dá um grito.

      Beijos!

  34. Adorei ! Sei que a matéria e do ano passado mas só agora comecei a concretizar minha ideia de viajar pra terra da rainha! eu faço inglês a uns três anos esse cursinhos básicos minha escola já trabalha com o sotaque britânico e eu também sou apaixonada por ele!
    Você acha que vale a pena fazer um intercambio de um mês pra Londres mesmo? Me falaram que tem muito estrangeiro na cidade e que isso dificulta o aprendizado e que não vale a pena! mas sou apaixona peça cidade rs
    beijos
    obrigada

    1. Oi, Andressa. Tudo bem?
      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber. :)
      Claro que vale! É verdade que tem bastante estrangeiro, mas pra quem está disposto a se dedicar para aprender o idioma isso não é um problema, não.
      Se você quiser, podemos colocá-la em contato com um parceiro nosso que tem ótimas dicas de escolas com poucos brasileiros – o que pode te ajudar. ;)
      Eu já estudei em três escolas diferentes na cidade e te garanto que valeu a pena.
      Volte sempre!
      Beijos

  35. Natasha,

    bom dia.

    Vou morar em Londres ano que vem por uns três meses e estou mais perdida que bala em tiroteio. Nem sei por onde começar. Você pode me ajudar? Vou estudar inglês e pretendo gastar o mínimo possível, se é que é possível isso

  36. Olá, parabéns pelo blog!! Tenho 18 anos e um de meus grandes sonhos é conhecer Londres. Estou com um intercambio marcado para Janeiro e Fev de 2015 (provavelmente vou dia 31 de dezembro e volto 28 de fevereiro). Estou muito apreensiva com o frio mas não tenho possibilidade de ir a Londres em outra época. Você acha que vou conseguir aproveitar muito a viagem ou que não vale a pena? Espero que sim pois estou bem animada!!! O frio é insuportavel? Outra coisa, vou estudar na Bloomsbury international school que fica no bairro Bloomsbury. Você sabe se é uma boa escola? Ou conhece o bairro? É proximo das principais atrações? Vou me hospedar em casa de família na zona 2, é muito longe para ir ate la?
    Conto com sua ajuda!! Se tiver um contato em que pode me ajudar :) Adoro o blog. Muito obrigada!

    1. Obrigada pelos parabéns, Joana. Fazemos o blog para vocês que sonham em conhecer/morar em Londres, então cada elogio enche a gente de alegria. hehe

      Claaaro que vai conseguir aproveitar. Não tenho dúvidas disso.
      O frio não é insuportável, não.
      No ano passado o inverno foi bem fraquinho, aliás – a gente que é de Curitiba não sentiu frio quase nunca. hehe

      Mas se você é friorenta é só vestir tipo cebola – meia calça por baixo da calça, várias blusas, cachecol, protetor nas orelhas (adooooro!) – e curtir. Não tem erro, não! ;)

      Sobre a escola: não a conhecemos, mas a localização é ótima. Bem no centrão e com uma boa estação de metrô pertinho. Com isso, não tem o que se preocupar.

      Sobre a casa de família… a zona 2 é enooooorme. Faz um círculo em volta da zona 1 (onde está sua escola). Ou seja, a casa PODE ser perto da escola ou pode ser longe. Depende ONDE na zona 2 ela está. O que você pode fazer é pegar o endereço da casa e da escola, jogar no Google Maps e ver a distância. :)
      No Maps você vai conseguir ver também se tem metrô perto da casa ou não.

      Espero ter ajudado.

      Precisando de qualquer coisa dá um grito.

      Beeijo!

  37. Muito obrigada pela ajuda!!! Ainda não sei a família em que ficarei hospedada mas assim q eu tiver o endereço vou seguir sua dica e por no google maps :) Tenho apenas a informação de que será na “standart zone 2”. Se não houver metro perto como vou ter que fazer?? Aah, so mais uma coisinha, meu sonho é assistir ao royal ballet e encontrei 2 ballets no período em que estarei em londres, só isso ja valerá minha viagem pois ballet é minha vida hahaha sabe me informar se da pra ir a pé de bloomsbury a covent garden onde fica a royal opera house?? Obrigada pelo seu tempo :) beijos

    1. Imagina, Joana, não precisa agradecer. Estamos aqui pra isso. :)

      Se não tiver metrô você pode ir de trem/ônibus (dependendo do que tem por perto da casa, claro). É tudo bem tranquilinho. Você não terá dificuldade. Garanto. ;)
      Claro que os primeiros dias são de adaptação, mas depois que você estiver acostumada será bem de boa!

      Siiiiim, dá pra ir a pé!!
      Você vai levar uns 15 minutos, acho. ;)

      Se eu puder ajudar em mais alguma coisa me avisa. Será um prazer.

      Beeijo

  38. Estive em Londres em outubro de 2012 por 5 dias com meus pais. Durante nossa viagem o tempo estava muito cinza e todos os dias enfrentávamos uma chuvinha, o que acabou fazendo com que ficássemos doentes. Mesmo com o tempo estranho e adoentados passeamos bastante e conhecemos quase tudo o que queríamos.
    Voltei para casa dizendo que nunca mais voltaria a Londres, que já estava satisfeita. Reclamando das pessoas apressadas nas ruas e do tempo cinza e chuvoso. Apesar de ser mineira perdi o costume de cidades frias… moro numa cidade tranquila e quente do nordeste.
    O tempo passou… revendo as fotos da viagem percebi que tinha sido injusta com Londres. Apesar do tempo não ter sido uma maravilha, a cidade é linda e encantadora. Vicia com seus cheiros e cores! Volto em outubro desse ano para passar uma semana sozinha e redescobrir essa cidade com ou sem chuva!

    1. Que legal seu depoimento, Clarissa. Obrigada por compartilhá-lo conosco. :)

      Que pena que o tempo não colaborou na sua primeira temporada na cidade. Vou torcer muuuito para ser diferente este ano e, depois, vir você voltar aqui pra contar que amoooou tudo! hehe

      Espero que as nossas dicas sejam úteis no seu planejamento. Precisando de qualquer coisa dá um grito!

      Volte sempre. ;)

      Beijão

  39. Olá, Natasha. Parabéns. Gostei muito do seu blog. É incentivador. Estou pensando seriamente em conhecer Londres, mas confesso que estou meio temeroso em função do idioma. Sou muito ruím no inglês. Estou fazendo recém o nível básico 2. O que achas? Será que dá pra encarar uma imigração no aeroporto, sem um razoável conhecimento da língua? Pretendo viajar sozinho e ficar uns 10 dias. Desde já, agradeço tua atenção. E mais uma vez, parabéns pelas ótimas dicas.

    1. Oi, Antonio. Tudo bem?

      Que bom que gostou do Pra Ver em Londres. João e eu ficamos felizes em saber. :)

      Não precisa temer. Vai que vai que tudo cai dar certo. Para 10 dias você não vai precisar de inglês avançado. Na comunicação em hotel/restaurante/atrações/transporte esse nível que você tem com certeza é ok. E para a imigração também, pois as perguntas deles são básicas – quanto tempo vai ficar, o que vai fazer, onde vai ficar, quanto dinheiro está levando, etc.

      Não perca a oportunidade por medo do idioma. POde ter certeza que vai ser mais simples do que você imagina.

      Precisando de qualquer coisa grita.

      Abraço!

  40. Olá Natasha,

    Adorei seu blog e confesso que o encontrei na hora certa. Tenho viagem de lua mel marcada para janeiro/15. Comprei passagem de ida e volta de Paris, mas quero dar uma esticadinha em Londres para ficar ai em torno de 7 dias.

    Confesso que estou pensando em tirar Londres do roteiro, pq dizem que o inverno ai é extremamente rigoroso, além da garoa fina. Mas acho que vou perder uma ótima chance de conhecer um lugar que sempre tive vontade.

    Por favor, me ajude com dicas do clima e passeios nesta época do ano, se for realmente insuportável vou deixar para uma próxima oportunidade.

    Um grande bjo e parabéns pelo trabalho!!!!

    1. Oi, Hellen. Tudo bem?

      Que delícia de lua de mel, hein? :)
      Parabéns ao casal!

      Booooom, eu sou MEGA suspeita pra falar, mas é óbvio que acho que você deveria incluir Londres no roteiro. hehehe

      O frio de Paris é parecido com o de Londres. Ou seja, esse não deve ser um fator para vocês não incluírem Londres se Paris já está definido. Aliás, eu passei muuuito mais frio em Paris do que em Londres no invernão. Passei Natal e Ano Novo na cidade luz e, OHMYGOD, quase congelei. Em Londres, com minhas roupas estilo cebola (mil camadas) não tive grandes problemas. É só se agasalhar que não tem erro.

      A chuvinha realmente é uma parceira na cidade, mas não é CONSTANTE. Ela vai e vem. Dá pra fazer tudo de boa. ;)

      Espero ter ajudado.

      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre. :)

      Beijos

  41. Ola, sou estudante e gostaria de ir para Londres morar e cursar o superior, porem estou indo sozinha, pretendo ir daqui 4 anos, como posso realizar meu sonho de viver e estudar ai em Londres ???

    1. Oi, Sabrina. Tudo bem?

      Com 4 anos para planejar tenho certeza que você vai conseguir se organizar para realizar seu sonho. :)

      O ideal é que você já vá vendo quais faculdades/universidades te interessam e vá descobrindo o que precisa fazer para se candidatar a uma vaga nelas. Além disso, vai estudando inglês (porque você vai ter que ter um bom nível para conseguir a vaga) e começa a economizar. Esse é o caminho. ;)

      Boa sorte!

      Beijo

  42. Oi oi amores ^-^
    Eu estou acompanhando o blog de vocês e estou amaaando, tanto o blog como londres! Por mim ia hoje mesmo de mala e cuia. ahahah
    Eu e minha namorida estamos planejando uma viagem pra algum lugar fora do Brasil, onde agente seja mais aceitas sabe. Eu e ela fomos agredidas e depois disso resolvemos viajar e sair daqui. Eu ja tinha vontade. Mais agora esta bem mais forte dentro de nós.
    Ainda quero fazer faculdade aqui pra ir pra fora ja formada. Eu queria saber algumas profissões que sao bem vistas tipo…valorizadas, que da pra viver bem. Nao precisa ganhar um milhao, mais que agente consiga se sustentar. Eu penso em pisicologia. Mais ainda nao sei se fora é valorizada.
    meu email: Maryvalentinny13@gmail.com

    Se não for pedir demais, eu queria muito conversar com vocês pra saber detalhes e fazer mais perguntas. Se vocês puderem me passar o email ou rede social.
    muito obrigada gente, beijos :-*

    1. Oi, Mary. Tudo bem?

      Eeee, que bom que tá amando o blog. A gente ama fazê-lo. :) :)

      Nossa, que punk essa sua história, hein? :(
      O importante é não desanimar e encontrar um lugar pra viver feliiiiz para sempre! =D
      Eu acho que Londres pode ser esse lugar, viu? Lá com certeza o preconceito é bem menor!

      Infelizmente não sei responder sua pergunta sobre profissões, pois a gente tem nossa própria empresa, então nunca tivemos que “ir para o mercado de trabalho” em Londres. Mas o que eu posso te dizer é que profissional bom, independente da área, é sempre valorizado. Então faz o que você gosta, se dedica e se joga! :)

      Opa, tô te mandando essa resposta por e-mail. Aí você pode fazer mais perguntas, ok?

      Volte sempre. ;)

      Beijos e boa sorte!

  43. Olá Natasha, tudo bem ? Primeiramente parabenizo você pelo blog, e por sua atenção com todos que comentam aqui.
    Tenho 25 anos, inglês básico, mais irei estudar bastante esse primeiro semestre de 2015, com a intenção de no segundo semestre de 2015 me mudar para Londres para ficar 6 meses.
    Tenho cidadania Espanhola. Com relação a empregos, gostaria de trabalhar em restaurantes, bares, pubs, como garçom ou auxiliar de cozinha. Você acha que nas minhas condições conseguirei trabalho nessas funções facilmente ? Se sim, o salário nessas funções é bom o suficiente para alugar um ape (simples) e viver no dia a dia da cidade ? E claro, pretendo conhecer alguns outros paises, já que as viagens não sao caras né ? O que você me diz ? Muito obrigado pela atenção.

  44. Meu nome é Lanna. sou casada, 3 filhos menores, tenho 33 anos. Nunca conheci Londres, mas sou facinada so pelo que vejo na tv, net e tal. Meu nome é sair desse Brasil e morar em Londres. Me sinto deprimida com essa insegurança e violencia daqui, Meus filhos sao criados presos e os bandidos vivem soltos. Tenho uma prima que mora ha dois anos em Londres e meu sonho é morar lá com minha familia. O que faço? Por onde começo?

    1. Oi, Lanna! Tudo bem?

      Você tem algum passaporte europeu?
      Se não, uma boa forma de ir para Londres inicialmente é matriculando todos vocês em um curso na cidade – pode ser de inglês ou de qualquer área de interesse. Um curso longo daria um visto longo a vocês.
      Outra boa forma é encontrando uma empresa disposta a contratá-la. Aí você já sairia do Brasil com visto de trabalho – coisa que o visto de cursos de inglês não permitem (já pós-graduações, mestrados e afins permitem!).

      Espero ter ajudado – e que você consiga realizar seu sonho logo.

      Abraço!

  45. Olá Natasha,
    Estive em Londres em 2011. Minha parada lá foi parte de uma viagem que fiz com a família para, além de Londres, Paris e Berlim. No geral, gostei de Londres, dei sorte com o tempo, choveu apenas 01 dia dos 06 que lá passei, mas não gostaria de voltar. Talvez seja pelas duas experiências ruins que tive no TGV Paris-Londres (saindo de Paris) e no Aeroporto de Heathrow (saindo para Berlim). Nas duas ocasiões fui atendido por dois cidadãos que me pareceram oriundos da Índia, e que não fizeram a menor força para que eu entendesse seu inglês falado entre os dentes. Em ambas situações fui salvo pelo meu filho, que tem boa fluência, sendo que no aeroporto, o cidadão me pegou pelo braço e foi carregando-me para o scan corporal.
    Devo dizer que tinha à época, 49 anos (ou seja, não tinha cara de aventureiro ou terrorista), estava com minha família, meu filho explicou tudo, mas não teve jeito. Não estou reclamando da rigidez com a segurança, mas um mínimo de educação e polidez deveria haver, principalmente em se tratando de um cidadão brasileiro, com a família e com toda documentaçãoem dia.
    Conheço mais algumas cidades da Europa, e Londres juntou-se à Madri como cidade que não pretendo voltar. Talvez eu tenha sido “premiado” com uma péssima recepção, mas a impressão que tive, foi que os inglêses não querem visitantes.
    Desculpe o comentário, sei que vc adora aquela cidade, mas infelizmente nem todos são bem acolhidos lá.

    1. Não precisa pedir desculpa, Cesar, experiências ruins são normais. Eu até acho que Londres é uma daquelas cidades “ame ou odeie”, não conheço ninguém “meio-termo” com relação a ela…

      De todas as vezes que estive na cidade, fui “mal tratada” uma única vez na imigração, justamente na minha primeira entrada na cidade (tinha 17 anos e acho que é normal eles acharem que jovens querem entrar pra ficar – o que não era meu objetivo. Estava na faculdade e só queria curtir minhas férias. hehe). Mas por sorte os dois meses que passei vivendo em Londres naquela ocasião foram incríveis. Eu definitivamente nem pensei em não voltar. hehe

      Claro que, como adoradora da cidade e até mesmo um pouco “embaixadora”, fico triste em saber que você não pensa em retornar. Mas espero que um dia nossos posts mostrem a você que dar uma segunda chance à terrinha pode ser uma boa ideia… :)

      Obrigada pela visita e por compartilhar sua história conosco.

      Abraço

  46. Bom dia Nah,

    Amei seu post, com certeza está ajudando muitas pessoas na hora de decidir ir a Londres.
    Eu moro em Santa Catarina e nunca viajei para fora do Brasil, eu sempre quis morar fora para aprender o Inglês, porem tenho uma filha de 8 anos e não fico longe dela, você acha que eu conseguiria ir para trabalhar e tentar um futuro melhor a ela por aí?
    Tenho dois primos que moram em Londres, mas nem cheguei a conversar a respeito com eles ainda..
    beijinhos ;) Fica com deus!

    1. Oi, Paula! Tudo bem?

      Que bom que gostou do post. Eu fico muito feliz em saber. :)

      Você por acaso tem cidadania europeia? Se não, conseguir um visto de trabalho não é muito simples. O ideal mesmo seria sair do Brasil já com uma empresa disposta a lhe contratar – aí você define todo o processo de contratação antes e já sai do país com o visto de trabalho. Vistos de pós/mestrado/MBA permitem algumas horas de trabalho na semana, então também podem ser uma boa opção – porque aí, até terminar o curso você com certeza já terá se firmado profissionalmente, né? ;)

      Espero ter ajudado.

      Qualquer coisa grita!

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Beijos!

  47. Eu acabei de voltar das minhas férias pela Europa e dos 30 dias que passei por lá, 7 foram em Londres. Ouvi realmente muuuuuitos argumentos para não passar por lá e ainda bem que não levei nenhum em consideração. Dos 7 dias de Londres, peguei um nublado e uma chuvinha de 5 minutos que logo logo foi substituída por um sol maravilhoso! As comidas que comi em Londres estão entre as melhores que experimentei na Europa!!! E com relação ao dinheiro… de fato é um problema, mas na minha opinião, apenas na hora da conversão. Em Londres meu dinheiro rendeu demais!!!! O pouco que levei, sobrou!!!
    Você tem muita razão! Londres vicia…e muito! Voltei pro Brasil falando só sobre Londres e pensando em mil maneiras de me mudar logo! rsrs…

    1. Oi, Silvia. Tudo bem?

      Obrigada por compartilhar sua história com a gente! :)
      Adorei saber que você foi pra Londres “contra tudo e contra todos” e que valeu a pena acreditar no seu instinto. hehe

      Espero que suas visitas aqui se tornem frequentes – e que a gente te ajude, mesmo que indiretamente, a realizar o sonho de passar mais tempo na terrinha.

      Hoje daremos uma palestra gratuita e online sobre a cidade. Se quiser assistir, as informações estão aqui: http://bit.ly/londres-cndv

      Precisando de qualquer coisa grita.

      Seja sempre bem-vinda. ;)

      Beijo

      1. Oi Natasha!!!
        Venho acompanhando o blog de vocês já tem um tempinho e vocês já me ajudaram bastante nesse pouco tempo que passei em Londres! Obrigada pela disponibilidade e pode ter certeza que precisando de qualquer coisa para a minha próxima visita à Londres (espero que seja em breve) eu dou um grito sim!
        Hoje a noite irei acompanhar a palestra sim, com certeza! :)
        Bjs!

  48. Ola, adorei seu blog.
    Olha estou pensando em ir junto com meu marido morar um tempo em londres, tenho dupla cidadania.
    Gostaria de dicas de como procurar emprego ai..sites e afins..
    obrigada
    Rebeca

    1. Olá, Rebeca. Tudo bem?
      Como a gente nunca procurou emprego em Londres, pois temos nossa própria empresa, infelizmente não temos dicas próprias sobre o assunto. Porém, acho que uma boa forma de começar a busca por emprego é dando uma olhada nos veículos de comunicação escritos para brasileiros em Londres, como a revista Leros e o jornal Brazilian News. Você consegue adquiri-los em estabelecimentos comerciais de brasileiros, como a Casa Brasil – http://www.casabrasillondres.co.uk/en/.
      Boa sorte!
      Abraço

  49. Concordo em tudo com você. Londres é perfeita. Só não consegue mudar uma cabeça dura, preconceituosa e resistente a mudanças. Isso só se elas permitirem alguns carimbos no passaporte. Fico bem feliz de ter me tornado uma pessoa que ama o mundo com todas as suas nuances e formas de viver.

    1. Que legal seu depoimento, Edileuza. É isso aí. Abrindo a cabeça para novas experiências os ganhos são evidentes. :)
      Obrigada pela visita e pelo comentário. Volte sempre. ;)
      Abraço!

  50. Olá, Natasha! Estou me programando P fazer um intercâmbio em Londres e gostaria de saber se é melhor ir no inverno ou no verão, levando em conta qual período irei aproveitar melhor a cidade e os outros países próximos. Obg.

    1. Oi, Camila! Tudo bem?

      No verão, os dias são beeeem mais longos e o clima favorece todo tipo de atividade.
      O inverno tem seu charme, mas muitas vezes dificulta alguns programas (até porque escurece cedo). Então, se você vai ficar pouco tempo, eu recomendaria ir na primavera/verão.

      ;)

      Natasha

  51. ola Natasha,

    sou brasileira e a 2 anos namoro um inglês que vive em Londres.
    com muita resistência para mudar de país, sinto que não tenho como continuarmos juntos se assim não fizer.
    sinto que não irei aguentar a saudade, questão de trabalho e me adaptar a um novo país.
    me ajude a resolver esse dilema, o que acha dessa decisão?
    abraço

    1. Oi, Flavia. Tudo bem?
      Olha, acho difícil opinar na sua situação, pois é uma decisão complicada e que deve levar em conta vários fatores.
      Eu seguiria meu coração, mas, claro, sem deixar de ser racional.
      Acho que é só isso que posso dizer. hehe
      Boa sorte!
      Abraço!

  52. Nah, adorei suas dicas e sua forma divertida de escrever, amei a Londres que vc descreveu e tenho ctz que deve ser assim mesmo, vc passa um otimismo maravilhoso! resumindo adorei!
    Tenho sonho de morar fora um tempo pra adquirir experiencia e ver um pouco mais do mundo, porem tenho medo de nao conseguir um trabalho na área de jornalismo, sei la! Mas isso tb só vendo né? Vou amadurecendo isso, mas antes farei uma visita com ctz!
    um bjão e parabéns pelo blog.

    1. Oi, Lalinha. Tudo bem?

      Obrigada pelo comentário superfofo. Adorei! :) :)
      Pois é, eu sou otimista mesmo. hehe

      Você já pensou em tentar seguir a carreira de forma independente, sendo freelancer (e depois abrindo sua empresa)?
      Foi o que a gente fez. E olha, não podemos reclamar. As coisas têm dado muito certo. :)
      Falamos um pouco sobre nosso trabalho neste post: http://praveremlondres.com.br/2013/09/19/como-o-home-office-esta-nos-levando-de-volta-pra-londres/

      Espero que ele te inspire a abrir a cabeça para novas possibilidades. Encontrar um trabalho “normal” na nossa área pode ser mais difícil do que viver feliz trabalhando de casa. ;)

      Se quiser trocar mais ideias sobre o assunto dá um grito.

      Sucesso! E bora realizar esse sonho, mulher!

      Volte sempre. ;)

      Beijão!

  53. Olá Natasha

    Eu tenho um filho que seu sonho está pra se realizar, que é morar no reino unido, por um tempo enviou CV’s para sites de emprego aí em UK e nesses últimos dias recebeu o retorno para contratação até mesmo com contrato para ser apreciado e assinado. Mas está preocupado porque parece tudo muito fácil e já encaminhado e eu gostaria de saber se há aluma forma de obter certezas para aceitar e atingir um sonho.
    Ahh ele gostaria de saber se é muito dificil a falta dos queridos no Brasil.
    Obrigado abraços e parabéns pelo seu blog,excelente trabalho

    1. Olá, Luiz Carlos. Tudo bem?

      Que legal que seu filho vai poder viver essa experiência e realizar esse sonho. Tenho certeza que será incrível para ele. :)

      Bom, eu acho que o melhor a fazer é uma boa pesquisa sobre a empresa que ofereceu o emprego. Visite o site deles, busque informações nas redes sociais, analise bem o contrato… enfim, recomendo que ele não feche nada sem ter certeza absoluta de que tudo está dentro da lei. Isso seria péssimo para todos, certo?

      Olha, a saudade tem dias que quase mata. hehe
      Eu sofro bastante por causa disso. Sou bastante apegada aos meus pais e irmãos. Mas o Skype, o FaceTime, o WhatsApp e as redes sociais ajudam a acalmar o coração. :)

      Obrigada pelo elogio ao blog. Ficamos felizes em saber que gostou. Espero que dê tudo certo para o seu filho e que possamos encontrá-los em Londres um dia.

      Abraço!

  54. Olá Natasha

    Fui para a Europa entre junho/julho de 2016. Infelizmente fiquei somente 3 dias em Londres. Neste período visitei vários lugares. A cidade transpira história e cultura. Como os londrinos são cordiais e educados com os turistas, muito diferentes dos parisienses e romanos. Pelo menos foi essa impressão que eu tive.
    A cidade é tudo de bom. Se há um outro lugar que eu gostaria de morar, esse lugar é Londres. Transporte público em relação ao Brasil é 1000 vezes melhor.
    Acho que não conheci nem 10% de Londres, mas já foi o suficiente para eu adorar a cidade.
    Peguei alguns dias de frio na parte de manhã, mas o sol predominava na maior parte do dia, o suficiente para andar de camiseta e bermuda. O clima estava bem agradável em comparação ao clima de Curitiba nesta época
    Quanto à comida e bebida, vai de cada um. Claro que a maioria dos brasileiros sentem falta de um arroz com feijão, mas não dá para morrer de fome em Londres. É uma questão de procurar os lugares certo. As vezes eu ia comer na estação Victoria que parece até um shopping center. Perto do hotel que estava hospedado havia um restaurante de comida brasileira, porém achei caro demais.
    Tomei uma cerveja num pub que era simplesmente magnífica. Nem se compara com a cerveja brasileira. Se pudesse, eu importava essa cerveja.
    Se pretendo voltar para Londres? Preciso responder rs….?
    Abraços

    1. Oi, Valdir. Tudo bem?

      Adorei seu comentário. Você resumiu tudo muito bem. :)

      Obrigada pela visita e por registrar sua opinião. Que você possa voltar a Londres em breve e curtir ainda mais essa cidade incrível.

      Abraço!

  55. Olá Natasha, amei seu post.
    Sou Angolana, filha de portugueses e a poucos dias recebi um convite de um sobrinho para ir de vez para Londres.
    Mas confesso que estou receosa. Aqui eu tinha uma cafeteria, mas com o dinheiro não conseguiria comprar sequer as xícaras lá rssss
    Estou apreensiva, mas acho que seria uma ótima oportunidade de sair de vez do Brasil.
    Porém tenho que pensar muito bem, pois tenho uma filha pequena de 10 anos.
    Eu e ela já temos noção do idioma, mas e o resto???? Ai que medo…
    Agradeço qualquer luz que possa me fornecer…
    Desde já agradeço a sua atenção.
    Bjus

    1. Olá, Telma. Tudo bem?
      Que bom que gostou do post. Fico feliz em saber. :)
      Sobre ou seu pedido de “luz”, preciso dizer que é muito difícil opinar em uma decisão de vida tão importante para você sem te conhecer e saber um pouco mais sobre a sua realidade…
      Vou falar pra você sobre algumas coisas que EU levaria em conta, pra tentar te ajudar de alguma forma, ok? :)
      1) Como é a vida do seu sobrinho? Ele consegue viver bem na cidade? Você se imagina levando uma vida parecida com a dele?
      2) Já há alguma perspectiva real de emprego para você? Se não, você teria recursos suficientes para se manter lá, sem trabalhar, por um tempo razoável (entre 6 meses e um ano)?
      3) Caso as coisas não corram como você imagina, você teria pra onde voltar e rapidamente retomar a vida “financeira”?
      Pelas suas origens, imagino que você tenha passaporte europeu, certo? Se sim, essa com certeza é uma preocupação a menos. :)
      Enfim, acho que ponderando coisas desse tipo, a hora que você tomar sua decisão, ela com certeza será boa para você e para a sua filha. ;)
      Espero ter ajudado. Desejo toda sorte do mundo – no Brasil, na Inglaterra ou em qualquer outro lugar.
      Obrigada pela visita.
      Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Recentes

NATASHA & JOÃO

Em 2010 fomos fazer um intercâmbio em Londres e lá nasceu o blog. De lá pra cá muita coisa mudou, menos a nossa vontade de explorar o mundo.

Assine nossa newsletter e receba dicas em primeira mão!