EDITORIAS
Boas histórias de viagem por um casal de jornalistas
Tá vendo o quadro vermelho na parede? Tem a frase de Samuel Johnson. Ou seja, mesmo em Curitiba a gente não se cansava de pensar em, falar de, sonhar com... Londres. :)

Tá vendo o quadro vermelho na parede? Tem a frase de Samuel Johnson. Ou seja, mesmo em Curitiba a gente não se cansava de pensar em, falar de, sonhar com… Londres. :)

When a man is tired of London, he is tired of life; for there is in London all that life can afford

Quando um homem está cansado de Londres, ele está cansado da vida; porque há em Londres tudo o que a vida pode oferecer.

A clássica frase do escritor e pensador britânico Samuel Johnson, que está eternizada na parede da nossa casa (como você pode ver na foto ao lado), foi o que me motivou a escrever este post.

Há alguns dias, andando por Londres e curtindo demais TUDO, parei para pensar e concluí que se a gente, que já morou aqui no passado, está aqui novamente, tem outras vindas planejadas, já veio de passagem, ainda fica doidinho tentando dar conta de tudo, imagina quem vem pra passar cinco, dez dias.

É, meu bem, há em Londres tudo o que a vida pode oferecer. E eu, que curto a vida, essa louca, de montão, não consigo me cansar, não. Mas consigo me desesperar. COMO É QUE FAZ PARA DAR CONTA DE TUDO? =/

Well, não dá. Mas dá pra se esforçar para aproveitar cada minuto que se tem na cidade e, assim, marcar um OK bem grande em vários itens da sua lista de desejos do que ver, fazer na cidade. :)

Sabendo disso e pensando em ajudar você e também a mim (mereço, né? haha), preparei uma listinha de 8 dicas para aproveitar melhor Londres. Acho que é um bom começo…

1) Adquira um Oyster Card

O melhor amigo de quem vem a Londres é o Oyster card. Além de ajudá-lo a economizar umas librinhas no transporte público (passagem é mais barata para os usuários do cartão. Em 2016, por exemplo, quem tem Oyster Card paga £2,40 por uma passagem de metrô dentro da zona 1 da cidade. Quem não tem, paga salgados £4,90! A tabela de preços completa está aqui), ele dá desconto em meios de transporte alternativos – Emirates Air Line (bondinho) e Thames Clippers (o “ônibus” aquático) – e ainda por cima agiliza, e muito, sua vida aqui. Já pensou ter que comprar passagem toda vez que for andar de metrô/trem/DLR? Tá louco, é muita perda de tempo. :)

O Oyster custa 5 libras e pode ser adquirido nas estações de metrô, em algumas lojinhas autorizadas ou pela internet (aqui). A carinha dele é esta, ó:

Oyster Card - Londres

“Cadê meu Oyster?” é a primeira pergunta que eu me faço antes de sair de casa. :)

–> Aqui tem um post completinho sobre o metrô!

–> E aqui uma lista de aplicativos que podem ser muito úteis pra você aqui em Londres

2) Não se prenda demais aos roteiros

Ter um planejamento dos seus dias em Londres é essencial para aproveitar bem tudo que a cidade tem a oferecer. Porém, contudo, entretanto, você pode deixar de aproveitar surpresas encantadoras se SÓ fizer o que está no seu roteiro.

Por mais que você tenha pesquisado muito antes de vir e que tenha lido todos os excelentes blogs sobre Londres, tenha uma coisa em mente: é impossível conhecer TUDO sobre esta cidade, mas se você se soltar um pouquinho dos roteiros pode conhecer mais do que poderia sonhar, e ainda pode se surpreender…

Minha dica nesse sentido é: vai ver o Big Ben? Ok, mas não veja só ele “por ali”. Ah, e vá além do combo Big Ben + London Eye + Westminster Abbey, também. Ande pela região, mas ande mesmo; ande muito. Dê uma olhadinha em um mapa desses de rua (tem vários espalhados pelo centro!), escolha um lado e simplesmente vá andando para descobrir novas ruas, parques, igrejas… coisas bonitas. Vai valer a pena. Você vai ver!

Totens do Cycle Hire ou não, há muito mapas como este espalhados pelas ruas de Londres. Utilize-os para definir sua rota!

Totens do Cycle Hire ou não, há muito mapas como este espalhados pelas ruas de Londres. Utilize-os para definir sua rota!

Ah, outra coisa: também é bacana curtir a cidade em diferentes momentos do dia. Manhã, tarde e noite apresentam Londres completamente diferentes. Por isso, bata perna de cedinho até de noitão. Você vai ver como é incrível a diferença de “clima” em um mesmo lugar simplesmente com o cair do dia…

–> Já escrevemos três posts com sugestões de roteiro a pé pela cidade: Tower of London e arredores, Greenwich e Hampstead. Eles podem ser bem úteis nesse sentido! ;)

3) Varie o meio de transporte

Eu sei que ter uma estação de metrô na frente do hotel/hostel/casa do amigo que te hospeda pode parecer uma bênção quando se está passando uma temporadinha em Londres, e que isso facilita bastantão os dias por aqui.

Porém, meu caro, fazer disso uma desculpa para andar SÓ de metrô vai fazer sua viagem perder um pouco da experiência. Apesar de odiar dizer coisas como “você TEM que fazer isso”, porque acho que cada viajante tem um perfil e que não dá pra dizer que tudo o que eu gosto deva estar no seu roteiro, essa é uma sugestão que eu faço bem convicta: explore os meios de transporte de Londres, para explorar Londres!

Metrô, trem, ônibus, DLR, Overground, Thames Clippers, Emirates Air Line, Boris Bike, black cabs… todos eles possuem características particulares, mostram Londres de diferentes ângulos, fazem parte da cultura da cidade e merecem “ajudá-lo” em pelo menos um passeio. ;)

sun-London-Emirates-Air-Line

4) Determine sua agenda do dia com a ajuda de um mapa

Enquanto estamos planejando uma viagem, é normal que anotemos uma dica de uma atração aqui, outra ali, mais uma acolá e no fim “espalhemos” tudo entre os dias que temos para curtir aquele destino. Só que nessa, às vezes não nos damos conta de que pode ser que a atração “A”, que estava no blog “1” e que coube perfeitamente na programação do primeiro dia da viagem, na real está quase colaaaada com a atração “B”, que estava no blog “2”, tinha ficado para o segundo dia. E aí, acabamos perdendo tempo – e até mesmo a chance de explorar melhor uma região bem bacana da cidade. :(

O que eu quero dizer com isso é simples: tenha um mapa em mãos na hora de definir sua programação em Londres (e também na hora de rodar pela cidade). Você vai entender, por exemplo, que em um único dia dá para curtir Big Ben, London Eye, Westminster Abbey e ir a pé até Trafalgar Square, Leicester Square, Covent Garden, etc. etc. etc. – Isso se você estiver disposto a acordar cedo e bater perna o dia todo, claro. :)

Em outro dia, você pode curtir Tower of London, Tower Bridge, Saint Paul’s Cathedral, Shakespeare’s Globe, Museum of London, etc. Tudo isso sem gastar quase nada em transporte. Pois é, um mapa ajuda muito!

Quando além do mapa você tem um GPS (no celular ou no tablet) a vida fica ainda mais fácil. Você consegue elaborar uma rota bacaninha e programar seus passos antes de sair pra rua. :)

Mas, ó, nunca se esqueça da dica 2: não se prenda demais aos roteiros. Mesmo que esteja tudo planejadinho, vez ou outra fuja da rota, entre em uma rua que parece legal, aventure-se em um restaurantezinho que chamou sua atenção e curta Londres da SUA maneira. Aliás, essa é a dica 5…

5) Não faça o que os outros querem, faça o que VOCÊ quer

Odeia museus, mas todo mundo diz que teeeem que conhecer o British Museum enquanto estiver em Londres? Não vá. Você vai achar um porre e vai ter perdido um precioso tempo.

Tem pavor de roda gigante, mas todo mundo diz que a London Eye vale a pena, porque mostra uma vista linda da cidade? Não vá, você vai ficar irritado. Mas se quiser ver Londres do alto busque alternativas que tenham mais seu perfil. A gente já apresentou algumas opções bem legais aqui.

<3 <3 <3 <3 O The Shard é uma dessas opções <3 <3 <3 <3

Detesta musicais desde o tempo que sua irmã mais velha assistia incansavelmente Alladin (cofcof)? Não gaste seu dindin com ingressos para esse tipo de atração. Você vai sair reclamando – e tem coisa mais chata do que gente reclamona? :)

Enfim, faça o roteiro de acordo com os SEUS gostos. Não se importe se depois alguém falar “credo, mas ele só ficou estirado em gramados de parques em Londres”, ou “nossa, ela foi pra Londres e só queria saber de rezar, que beata”. Se você fez isso e foi feliz aqui, pontos pra você, oras bolas. :)

Claroclaro que dar uma espiadinha no Big Ben (nem que seja por cinco segundos) e no Buckingham Palace é meio que obrigação, mas você não precisa pagar pra entrar se não quiser, então não será perda de tempo. Garanto.

Assim, sua temporada em Londres será muito mais prazerosa pra você (quem realmente importa) e ainda por cima a gente vai ter certeza que você não vai ser um dos chatos que vêm aqui dizer que não gostaram da cidade. ;)

6) Pedale com uma Boris Bike

bike-post1

Sei que já falei sobre variar meios de transporte na dica 3, mas achei que o pedal merecia um tópico extra…

Quem nos conhece sabe que o João é louco por uma bike e que eu adoro minha Caloi City para um rolê em um dia de sol em Curitiba (eu sei, pode rir da minha cara, Curitiba não tem sol, né? hehe). E aí que SEMPRE que pedalamos por Londres descobrimos algo novo e lindo. Os últimos rolês de bike, por exemplo, renderam fotos neste lugares…

canal_fb

O trajeto Canary Wharf - Tower Bridge de bike nos reservou várias boas surpresas. Entre elas, um passeio delicioso por St. Katherine's Docks.

O trajeto Canary Wharf – Tower Bridge de bike nos reservou várias boas surpresas. Entre elas, um passeio delicioso por St. Katherine’s Docks.

tower bridge by bike

Por incrível que pareça, nunca tínhamos explorado “o lado de lá” da Tower Bridge. Foi de bike, ao acaso, que depois de passarmos por St. Katherine’s Docks, chegamos aí. Que recompensa, né? :)

E acho que isso não é sorte, não, é coisa que naturalmente a bike proporciona. Por isso, sugiro que enquanto você estiver em Londres alugue uma “Boris Bike” e pedale!

Pagando uma taxa diária de 2 libras (ou 10 libras para sete dias) você pode pedalar de graça por até 30 minutos com cada bike que pegar. Por exemplo: você pega uma bike em Canary Wharf, pedala por meia horinha, devolve a bike perto da Tower Bridge e… não gasta nada além da taxa diária ou semanal! :)

Este vídeo super legal do Transport for London (TfL), em inglês, explica melhor o sistema:

Vá de bike! ;)

7) Acompanhe outros blogs sobre Londres – e assine nossa newsletter! :)

Essa dica já apareceu no post 8 dicas para lidar com a depressão pós-Londres, lembra?

Pois é, além de acalmar na volta ao Brasil, os blogs são excelentes fontes de informação para quem está planejando visitar a terrinha. E são muitos! E são muito bons! Além do Pra Ver em Londres :), a gente recomenda que você acompanhe:

Eles nos ajudam na nossa vida aqui e com certeza vão ajudá-lo na sua temporadeenha na cidade. ;)

Além disso, também vale a pena assinar nossa newsletter (é gratuita! :) e receber em primeira mão nossos novos posts. Para isso, basta preencher este formulário:

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter e receba novidades!

Digite seu nome e e-mail. Você receberá um pedido para efetivar o cadastro. =)







8) Experimente novos sabores. E brinde os momentos!

No post “5 motivos para você não vir a Londres”, falei que a história que contam pra você desde criancinha que em Londres não tem comida boa é mó migué, lembra?

Pois bem, e eu falei isso porque em Londres tem comida de todos os lugares do mundo, então tem realmente o que agrade gregos, troianos e brasileiros acostumados com as delícias da terrinha natal. :)

E aí que se você quer aproveitar BEM Londres precisa chegar aqui disposto a experimentar novos sabores. Até eu, que sou bem conservadora quando o assunto é “comida diferente” tenho me esforçado, por que você não se esforçaria também? Sério, essa simples abertura ao novo agrega muito valor à sua viagem.

E, por fim, brinde sua vinda pra cá. Nossa sugestão? Uma Ale clááássica, claro – ou uma BrewDog, porquené?, ou ainda uma dessas quatro que indicamos aqui. Mas se não curtir cerveja, brinde com vinho, champagne, água, coca, suco… mas brinde. Estar nessa cidade é motivo de alegria, e um brinde dentro de um verdadeiro pub britânico abre/continua/fecha com chave de ouro a sua viagem. ;)

Cheers!

Cheers!

E aí, gostou? Tem alguma dica pra acrescentar? Deixa um comentário com a sua opinião. A gente adora saber o que você pensa. :)

Que 2016 seja um ano de muuuita Londres pra todo mundo que nos acompanha, porque esse é o melhor desejo que eu posso oferecer a vocês. hehe

Beijobeijo e até o próximo post,

Nah

Dê vida ao Pra Ver em Londres. Comente!

Written by

Jornalista, autora do Pra Ver Em Londres e empreendedora digital. Sou completamente apaixonada por Londres e um dos meus maiores vícios é falar sobre a cidade com quem estiver interessado. Um dos meus objetivos de vida é ajudar as pessoas que querem viajar mais e melhor gastando menos reunindo aqui minhas dicas pessoais de viagem. Tenho sempre cinco livros na cabeceira da cama e milhões de destinos na cabeça. Sou sonhadora por natureza.

Latest comments
  • Ótimo post!!!! Obrigado pelas informações Natasha. Ajudam demais na hora do planejamento.

    Me deixou mais ansioso ainda =D…

    Viajo semana que vem pra Paris (6 dias) e depois vou pra Londres (8 dias) =]

    Não vejo a hora de chegar logo ai e ver se Londres é tudo que falam mesmo rsrsrrs

    Pena que pelas previsões acho que não vou pegar neve =´[

    Fazer o que né… Alegria de pobre dura pouco rsrsrsr…

    Abraço

  • Achei legal o post, mas, com todo respeito, o que mais gostei foi o Piva na foto .
    A propósito, o Alex mandou um recado para voces voltarem logo. Pai gosta.

  • Obrigada pela indicação do meu blog, gente ;)
    E de acordo com a minha “experiência”, nos últimos dois anos nevou no fim de Janeiro/primeira semana de Fevereiro. Talvez o rapaz de cima (Denis) consiga pegar um pouquinho de neve por aqui, mesmo que esse inverno esteja mais parecendo um verão de leve… :)

      • Olha… Que Deus ouça vocês rsrsrs

        Acho que minha namorada que dá azar.. Ela já foi pra Londres em Janeiro (2011) e ficou um mês e adivinha… Não caiu um floco sequer rsrsrs

        mas tudo bem, vou curtir de qualquer jeito e aposto que isso não estragará em nada a viagem =D

        obrigado gente abraços

  • Quero ir para Londres… nada mais para dizer a não ser AMEI o post!! bjs
    Obs.: o dads tah atento acredita que eu não tinha visto o meu neto… soh vi porque ele comentou… e eu que já conhecia esta foto… mas é que tava tão empolgada com a leitura que o Piva passou batido… publicamente peço excusas!

  • Estive em Londre no fim do ano e foi de grande ajuda o blog de vcs. Já estamos na depressão pós Londres.
    Vcs poderiam falar tb sobre algumas atrações como os castelos
    Próximos, fiquei encantada no Leeds Castle e fiz a programação de um dia com as crianças pequenas mesmo vcs nao gostando mto do aquarium elas amaram. Fizemos o roteiro aquarium + big ben + se
    Perder sem o mapa ate achar um e ver q estava andando pro lado errado + hamleys + loja da mms e a classica caminhada pelas oxford e regents.
    Utilizamos o voucher do site 2 get 1 no aquarium pois estavamos hospedados em Kent. E muito bom descobrir este 2 get 1. Pretendo voltar em Outubro e tentar de terminar de ver pela 3a vez mais de Londres!

  • Oi pessoal, façam um post sobre os mercados em Londres! Vale a pena ir no Spitalfields???
    Bjos

  • Nah, post lindo! E super útil. Fora o da bicicleta(porque sou inútil e não sei andar,hahaha) assim embaixo de tudo. Obrigada por citar o blog, sempre um prazer aparecer por aqui :) bjo bjo

  • Oi, Natasha. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  • Oi, Nah!!!!

    Viramos o ano, mas o amor por Londres continua intacto, né?
    Essas suas dicas estão todas espalhadas pelo site e eu assino embaixo: usei todas elas pra aproveitar muito minha curtíssima estadia (40 dias!). Tenho que concordar que simplesmente não dá pra ver tudo. Lá pela 3ª semana na cidade eu desencanei (gente, tem que desencanar!). Começa logo a planejar a próxima viagem e aproveita o que dá tempo de ver. Simples assim.

    Estou super ansiosa pelos posts das viagens no Reino Unido, em especial a linda York. *suspiros* Já babei com as fotos do instagram, magina grandona assim na tela do site? Ai, ai…

    Beijoca e feliz 2014!

  • Olá, Natasha. Adorei o site! Informações super úteis pra quem pretende ir à Londres. Vi apenas dois post’s, mas vou vasculhas o site todo. Já favoritei e tudo. Pretendo ir em Junho ou Julho à Londres e tô anotando cada dica de vocês. O mais difícil na pesquisa que estou fazendo é encontrar um lugar pra ficar e que seja baratinho, mas tô na pesquisa.

    Qualquer coisa, nos esbarramos por aí. kkkkkkkkk..

    Abraço

  • Ótimo post, tudo verdade! E com certeza vou mandar o povo que pergunta dicas vir dar uma olhadinha aqui!! Beijos

  • Como sempre, tudo perfeito. Fique de olho em suas andanças pois Willian Boner e Fátima Bernades estão passando férias aí em Londres :D

    Bjus ;)

  • Adorei as dicas! Eu amo ler o blog de vocês, com certeza vai ser muito útil para programar minha tão sonhada viagem a Londres, só que primeiro tenho que terminar a faculdade… Enquanto isso vou continuar lendo esse incrível blog! Parabéns!!! Tenham um maravilhoso ano novo, cheios de Bênçãos, saúde, alegrias e realizações!!! Grande abraço!

  • Olá, como vou pra Londres ano que vem, estou organizando TUDO e lendo TUDO para que nada dê errado, falta bastante tempo e ja estou com aquele frio na barriga. Londres é o meu maior sonho e estou lutando para realiza-lo.
    Salvei esse blog lindo nos meus favoritos pois vi que vai ser muito util pra mim.
    Obrigada desde já e continuem nos atualizando com essas belas matérias ;)

  • Olá fui para Londres com minha filha de 14 anos do dia 31/01 ao dia 09/02, fizemos coisas incríveis, conheci lugares maravilhosos, nos apaixonamos pela cidade, e acredite fizemos tudo a pé, pegamos o metrô apenas hotel-aeroporto-hotel, e para irmos a Nothing Hill primeiro dia. Conhecendo tudo de maneira diferente, seguindo dicas incríveis suas, amamos, muito mesmo, estamos com depressão pós Londres, é difícil voltar a realidade. Bjão adoro ler o blog de vocês.

  • Adorei!
    Estou me progamando para morar em Londres e o seu site me ajudou em muita coisa, realmente amo d+ o site! :3

    Bjsss :*

  • Demais o post, obrigado Natasha.
    Estarei em Londres para uma passagem relâmpago de quatro dias em agosto!
    Passeando mesmo. Mas, será só isso.
    Achei o blog e já estou devorando tudo pra poder agilizar o tempo e as coisas pra fazer.
    Estarei sempre por aqui!
    ;)

  • Onde é esse lugar da primeira foto do seu passeio de bicicleta (dica 6), com as margens arborizadas e calçadão com bancos? Bonita paisagem. Já adotei a sugestão do Saint Katherine’s Docks. Lugar interessante.

  • Olá, gostaria do contato de vcs!! Obrigada!!

  • Opa

    Curti o blog e vou começar a acompanha-lo, pois ficarei 1 mês em Londres e vou precisar de toda a dica possível hehe

    abs!

LEAVE A COMMENT