Bandas que permanecem vivas na era do iPod mesmo após terem encerrado suas atividades há décadas merecem respeito. Sou muito fã de muitos e ótimos rockeiros, jazzeros, regueiros e clássicos que já pararam de tocar ou passaram dessa pra um outro plano ou galáxia.

Até porque muitos deles são mitos que parecem ser impossíveis de serem superados. Quem supera a magia do Pink Floyd, a energia do Bob Marley e a levada do Grateful Dead? Pra lembrar de alguns…

Dentro desse seleto grupo ainda estão os que até hoje são uma indústria milionária e fazem uma economia brutal girar.

Não tem como não pensar já de cara nos Beatles, que com sua simplicidade romântica e sonhadora já fizeram um terço dos EUA pararem para vê-los na TV quando apareceram no The Ed Sullivan Show, em 1964 – ocasião da primeira turnê que fizeram para aqueles lados. O vídeo mostra um pouco da loucura.

Os meninos malucos de Liverpool que até hoje vendem discos, camisetas e muito mais em todos os cantos do mundo, colocaram a pequena cidade inglesa no mapa dos viajantes e amantes do rock.

livpool

O que seria de Liverpool sem os Beatles?

Liverpool preserva alguns traços da arquitetura residencial de Londres, tem quase nenhum grande edifício e uma ótima estrutura comercial. É uma cidade limpa, que transmite segurança e parece oferecer um bom sistema de transporte público.

Seria uma Londres em menores proporções, menos pontos turísticos e melhor qualidade de vida? Talvez…

A questão é que não fossem os Beatles, essa simpática cidade de pouco mais de 400 mil habitantes situada ao norte da Inglaterra certamente teria pouco destaque nos guias de turismo.

tudo começou com ele

tudo começou com ele

Mas os Beatles existiram! E deixaram suas caras estampadas em todos os cantos da cidade, a começar pelo nome do aeroporto: John Lennon Airport. Mais do que isso, parecem ter feito com que todos ali sintam um orgulho imenso por nascer na terra dos talentosos besouros. A responsabilidade de receber bem os visitantes que vem do mundo todo é cumprida com louvor pela população.

Grande surpresa para os que insistem em pré-conceitos do tipo: ingleses são rudes, estúpidos e detestam estrangeiros.

Já havíamos sido “alertados” pela Hellen, uma ex-professora da Rose, que Liverpool era perfeita e que o povo era o mais amável e receptivo da Inglaterra. Natural de lá, ela nos disse, porém, que até se mudar – na adolescência – não dava muita bola para a sua terra.

Viveu em outras cidades na Inglaterra, em um vilarejo em Eritreia, quando trabalhou como voluntária, e hoje está em Londres. Foi só depois de morar em outros lugares e ser apenas visitante em Liverpool que passou a dar valor e admirar sua cidade. Quantos não são assim, hein?

Ela nos falava com tanta paixão da cidade, recomendando lugares e falando do quão legais eram as pessoas, que era impossível não ter ainda mais vontade de tomar uma pint no Cavern Club, bar onde os Beatles tocaram 292 vezes.

clássico

clássico

Fomos, enfim, para Liverpool no último fim de semana. Com o ônibus da National Express em promoção, pagamos £5 por cada trecho e uma diária de £15 no Everton Hostel. Falaremos em breve sobre ele.

Por fornecer comida e pints a preços consideralvemente inferiores aos de Londres, Liverpool foi uma viagem não só muito prazerosa, mas bastante econômica. A título de curiosidade: enquanto uma pint de Guinness custa entre £3,50 e £4,20 em Londres, em três pubs diferentes de Liverpool não pagamos mais do que £2,20. Isso na Mathew Street, endereço do Cavern e do início da história da banda.

Essa semana publicaremos uma série de textos sobre a cidade que todo amante do rock’n’roll deve conhecer! Nas palavras da minha mãe, Âque não é a maior roqueira do mundo, mas cresceu ouvindo: “é realmente um sonho! Estou tão feliz, pois sou uma grande fã e você está realizando um sonho que já existia antes de você existir.”

yeah yeah yeah

yeah yeah yeah

Até lá fique com esse vídeo espetacular que mostra 13.500 pessoas cantando Hey Jude em plena Trafalgar Square, no centro de Londres. Impossível não se arrepiar quando chega no beter, better, better, betteeeeeeeeeeeeeeeeer…

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH.

Dê vida ao Pra Ver no Mundo. Comente!

Written by

Jornalista, 31 anos. Vivendo na Itália. Autor do Pra Ver no Mundo e sócio da London, agência de marketing de conteúdo. Vejo o home office e a vida de viajante como um estilo de vida.

Latest comments
  • Pra começar tá bom, mas queremos mais!
    Tudo bem ‘Hey Jude’ é de arrepiar, mas sou mais Imagine, uma pintura do brother John.
    Tá chegando a hora de voltar, não demorem, gosto muito!!!!!!!

    • hahaha
      Vem mais por aí, dads! =)

      Imagine é mais forte, mas essa Hey Jude cantada por essa galera fica demais.

      Tá chegando!!! ;)

      Gostamos muito.

  • Parabéns JOão! ótimo o post.
    Simples e belo, como os Beatles.
    Quero ler mais… não parem de escrever. bjs aos dois

    ET: e o dads hem, comentou em primeiro lugar!

    • Vou começar a preparar o segundo post hoje à noite, mamadi! ;)

      Pois é, o pai não perde tempo! hehehe

      A vontade de escrever é sempre grande… O problema é o tempo – sempre pequeno! =/

      Beeijos

  • q coincidencia! esse fds eu passei justamente pra liverpool! hehe
    amei o post (pra variar) e fez eu reviver mais um pouquinho do q eu vivi lá.
    hj posso dizer I S2 Liverpool!

    • Sério que você tava lá, Josiiiii?
      Não creioooo! =(

      Precisamos combinar algo logo, né?

      Beeijo

  • Afff saudades dos posts de vcs hein!!!
    ótimo post!!!! adoreeei
    e esse vídeo? ahhh quanta energia!!

    bjosss

    • É, Má, a gente também morre de saudades de escrever… hehe

      Mas quando chegarmos aí prometo explicações. hehehe

      Saudadeeees!

      Beeeijo

  • Oiiiii…fui eu quem pedi anteriormente a dica de um pub bem ‘beatles’, mas admito que lendo esse posto fiquei com MAIS VONTADE ainda de voltar pra londres e passar por liverpool…adorei \o/
    e o hey jude na trafalgar square, foi dois dias depois q voltei pro brasiil :((((
    valeu as diiicas \o.
    beijo

  • Olá! Estou adorando o site e amei ver que vcs foram a liverpool. eu sou mega beatlemaníaca e tive a grande sorte de ir a Liverpool em 2009, até hj um dos dias mais felizes da minha vida =)
    bjs,

    • Que legal que curtiu o blog, Jackie!! :)
      Pois é, pra nós, Beatlemaníacos, Liverpool é parada obrigatória na Inglaterra, né?!
      Qualquer coisa grita.
      Beeijo

LEAVE A COMMENT