EDITORIAS
Boas histórias de viagem por um casal de jornalistas
 

Windsor, Cheddar Gorge, Bournemouth e Durdle Door: let’s go get lost

O Pra Ver em Londres nos proporcionou muita coisa legal. Conhecemos pessoas incríveis, fizemos grandes amizades e guardamos memórias inesquecíveis das aventuras que vivemos com essa galera.

Conhecemos a Dy e o Rodrigo no encontro que promovemos num pub em Camden. E não demorou para marcamos uma road trip pelo UK com eles. Havia alguns lugares que queríamos muito ir e eles também estavam loucos para pegar um carro e se jogar na estrada. Então, combinamos a data com eles, alugamos um carro e viajamos por dois dias. O destino: Windsor, Cheddar Gorge, Bournemouth, Durdle Door, London.

Esse foi o nosso roteiro. Quase 600km de estrada!

Esse foi o nosso roteiro. Quase 600km de estrada!

A primeira parada foi Windsor, cidade em que dorme a rainha em seu imponente castelo construído no século XI e que hoje é o maior castelo habitado do mundo. A viagem é curta. São apenas 40 km a oeste de Londres.

Chegamos lá ainda de manhã, demos uma volta pela cidade, que é bem pequena por sinal, e logo seguimos viagem. Decidimos não conhecer o interior do castelo porque as filas estavam imensas e nossa viagem estava apenas começando, ainda tínhamos muita estrada pela frente. Seguramente dá pra dizer que um dia é suficiente pra curtir legal a cidade. Fica a dica para uma day trip.

Ah, na época não sabíamos, mas Windsor também abriga a Legoland, um parque construído inteirinho de Lego. Uma boa opção para levar os pequenos. Ou ainda, para os grandinhos que querem voltar a se sentir criança. Isso sempre vai bem. =)

Windsor Castle: Preços para visitação

  • Adultos: £16.50
  • Acima de 60 anos/Estudantes (com identificação): £15.00
  • Menores de 17 anos: £9.90
  • Menores de cinco anos: Grátis
  • Família (2 adultos e 3 menores de 17 anos): £43.50

Clique para mais infos.

Viajar sem rumo é bom demais

Quando saímos de Windsor ainda não sabíamos exatamente para onde íamos, então folheamos os guias em busca de algo que nos chamasse a atenção. Após alguns debates decidimos rumar em direção a  Cheddar Gorge (sim, foi lá que nasceu o famoso queijo).

Mas o motivo maior de escolhermos Cheddar como destino era a paisagem que vimos nas fotos. Uma estrada de 5 km percorre a base de um desfiladeiro.

A cidade é um pequeno vilarejo de pouco mais de cinco mil habitantes. Vale uma passada para percorrer a estrada que tem um visual bem diferente e comer um queijo excepcional nas lojinhas turísticas.

Há também umas cavernas que a gente pagou pra ver, mas se arrependeu. Numa escala de 0 a 10 a nota seria 6,5. Interessante, mas um tanto tedioso. Aqui você pode ver uma série de infos sobre Cheddar e umas fotos bem legais também.

Depois de Cheddar seguimos em direção a Bournemouth, uma simpática cidade litorânea que é destino de muitos estudantes do mundo todo. Foram aproximadamente 3h de viagem para percorrer cerca de 140 km.

No trajeto, passamos por estradas rurais e pequenos vilarejos de que mostravam uma Inglaterra que poucos imaginam existir. O que mais nos impressionou foi a condição das estradas. Todas impecáveis, mesmo as mais remotas.

Já em Bournemouth, o desafio foi encontrar um lugar para dormir. A cidade estava movimentada. Vários hostels e hotéis lotados. Após uma longa procura encontramos um bed&breakfast que tinha apenas um quarto com uma cama de casal disponível. Vimos com o gerente a possibilidade de ele jogar um colchão extra no mínusculo quarto. Ele topou. E melhor, não cobrou extra! Apenas £ 40 para dividir em quatro. =D

Do hotel, fomos dar uma volta pela cidade. Já era noite e estávamos com fome. O cheddar da tarde já não era suficiente. Acabamos num pub comendo um fish and chips 100% nojento que pingava óleo (é, faz parte) e tomando umas pints. Em seguida compramos uma cervejas e fomos beber na praia acompanhados por muito frio e uma lua cheia espetacular.

Pena que a câmera que estávamos não era das melhores, mas como o que vale mesmo é a lembrança, impossível não sorrir ao lembrar dos bons momentos e das risadas que demos por la.

Ainda sobre as fotos, hum, a gente esqueceu de fotografar a cidade. Sorry.

Péssimas fotos, mas grandes lembranças. Cheers, lovely Bourne

No dia seguinte acordamos cedo e partimos em direção ao lugar mais esperado por todos: Durdle Door. Tínhamos visto fotos espetaculares de Durdle. Daí o desejo e a ansiedade em conhecer o lugar.

Uma bela praia, situada abaixo de um grande penhasco, com águas límpidas e uma curiosa formação rochosa em forma de arco poucos metros mar adentro.

O acesso é bem tranquilo, a entrada é grátis, mas paga-se estacionamento. Se não me engano, algo como £4 por duas horas.

Ventava muito. Muito mesmo. E o frio não era pouco. Mas a paisagem compensava. O lugar é realmente espetacular. As fotos falam por si só.

Passamos algumas horas lá, sentados na praia de pedrinhas e, depois, no alto do morro contemplando o visual do penhasco.

O caminho de volta para Londres era o trecho mais longo da viagem: 200km.

Chegamos e já era noite de domingo. Como íamos devolver o carro somente no dia seguinte, deixamos a Dy e o Rodrigo em casa e fomos para a nossa. Exaustos, mas felizes por termos feito uma viagem inesquecível e certos de que a Inglaterra é um país lindo e surpreendente.

 

PS: No dia 07/02/2013, quando atualizamos este post, rolou na internet um vídeo falando sobre o que Bournemouth tem a oferecer. Um vídeo bem “british humour” que a gente acha que você deve assistir… :)

Dê vida ao Pra Ver em Londres. Comente!

Share Post
Written by

Jornalista, 31 anos. Vivendo na Itália. Autor do Pra Ver no Mundo e sócio da London, agência de marketing de conteúdo. Vejo o home office e a vida de viajante como um estilo de vida.

Latest comments
  • Amei o post. Da próxima vez me levem junto!!

  • Oioiii ando passando mtas horas aqui no blog!!! E adorooo. ..
    Meu irmao ta vindo passar uns dias em Londres e queremos ir ate esse praia… aa fotos da rocha de calcario no mar impressionam…
    Vcs tem algum lugar que aluga carro pra indicar… e se vale msm a pena????
    Bjss brigadaaa ♥♥♥

    • Jaki, querida, você não sabe como seu comentário me deixou feliz. :) :) :)
      Antes de responder sua pergunta, faço outra: como chegou até nós?
      Aproveito, também, para dizer que torço pra que você continue nos acompanhando sempre, porque logo teremos novidades!

      Então, a gente ADOROU essa viagem toda. Durdle Door, onde tem a pedra, é incrível. Não lembro se fomos no final de setembro ou no começo de outubro, mas o friozinho era tenso. Se você for quando estiver mais quentinho deve ser ainda mais legal. :)
      No post não falamos da locadora de carros porque a gente não tinha uma fixa que sempre alugava. Cada vez que viajamos de carro alugamos em um lugar. hahaha
      Quando fomos pra Stonehenge alugamos neste site: http://www.carhire3000.com/
      Como já se passaram 3 anos, não queria que você fosse direto nela sem consultar outra. Na ocasião, ela era a mais barata e foi tudo tranquilo, mas hoje pode ser que as coisas tenham mudado, né?
      Sugiro, então, que você dê uma Googleada por locadoras de carro em Londres e faça sua própria pesquisa, para garantir sua tranquilidade, né?! :)

      Fora isso, se joga e aproveita. Vale muito a pena!

      Precisando de qualquer coisa conte conosco.

      Bjão!

  • Adorei e ja respondi por email! Bjinhus ♥♥♥

  • Road trip eh muito bom! Nao conheco Cheddar Gorge ainda mas amei Durddle Door. E fui no verao, um dia lindo, deu ate pra dar um mergulho nessa agua azulzinha. Mas era TAAAAAAOOO gelado que doeu. Deu saudades do mar quentinho do meu Ceara! <3

    • Nuuu, não consigo nem imaginar entrar nessa água. hahaha
      Deve ser muito gelada mesmo.
      Road trip é muito amor! Adoro ser surpreendida rodando sem rumo. :)
      Beijobeijo

LEAVE A COMMENT